Posts com a tag ‘fantasia’


Resenha Especial: Harry Potter e o Enigma do Príncipe

E hoje é quarta-feira… Mais uma vez, estamos aqui para falar de uma série que vai ser eternamente a nossa queridinha: Harry Potter! Para quem ainda não leu as outras resenhas, é só clicar aqui e acompanhar a nossa viagem junto com o “Menino que sobreviveu”! Depois de tantas resenhas lindas, eu fiquei com a responsabilidade de falar sobre “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, um dos livros favoritos de muitas pessoas!

HP4“Harry, que acabou de completar 16 anos, parte rumo ao sexto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, animado e, ao mesmo tempo, apreensivo com a perspectiva de ter aulas particulares com o professor Dumbledore, o diretor da escola e o bruxo mais respeitado em toda comunidade mágica. Harry, longe de ser aquele menino magricela que vivia no quarto debaixo da escada na casa dos tios trouxas, é um dos principais nomes entre aqueles que lutam contra Voldemort, e se vê cada vez mais isolado à medida em que os rumores de que ele é O Eleito, o único capaz de derrotar o Lorde das Trevas, se espalham pelo mundo bruxo”.

Eu cometo erros como todos os homens. Na verdade, sendo mais inteligente do que a maioria dos outros homens, meus erros tendem a ser proporcionalmente maiores…




Resenha especial: Harry Potter e a Ordem da Fênix

E mais uma vez temos a resenha de um desses livros mágicos que fizeram (e ainda fazem) a cabeça de crianças, adolescentes e adultos em todo mundo. Estou falando, é claro, da nossa série favorita aqui no Por Essas Páginas (e de muita gente!): Harry Potter. Após várias resenhas emocionantes do nosso especial – e já foram tantas que, assim como a J.K. Rowling desistiu de recapitular seus outros livros em A Ordem da Fênix, eu também vou me abster de recapitulá-las: apenas cliquem no link e leiam-nas! Hoje eu tenho a responsabilidade de falar do quinto volume da série, talvez um dos mais controversos, porém ainda assim muito querido e, certamente, um dos mais aguardados durante toda a nossa jornada ao lado de Harry. Vamos embarcar no Expresso de Hogwarts novamente?

“Diferente da maioria dos estudantes, Harry Potter jamais consegue se divertir nas férias de verão. Este ano, no entanto, tudo está muito pior do que de costume. Os Dursleys, naturalmente, estão tornando sua vida um calvário e, mesmo seus melhores amigos, Rony e Hermione, parecem ter esquecido dele. Harry não aguenta mais. Está começando a achar que precisa fazer alguma coisa – qualquer coisa – para mudar essa situação quando as férias chegam ao fim de maneira muito dramática.

O que o jovem bruxo está prestes a descobrir nesse seu quinto ano em Hogwarts vai virar seu mundo de cabeça para baixo…”

Agora, porque eu comecei a resenha dizendo que A Ordem da Fênix é um volume controverso, porém muito esperado? Vou começar pelo segundo item: apesar de saber que o último livro foi muito aguardado, o quinto volume da série foi o primeiro após um longo tempo de espera. Na realidade, foi o maior tempo de espera entre volumes da série (quase 3 anos), o que gerou uma série de teorias e discussões no fandom, isso sem contar as inúmeras fanfics que pipocaram nessa época, todas recriando o quinto ano de Harry em diante. Eu mesma fiz isso e li várias histórias na mesma linha, mas isso é papo para outro post. O que importa é que tudo isso demonstra o quanto A Ordem da Fênix foi um livro aguardado e todos nós sabemos o que acontece quando se espera demais por alguma coisa: criam-se altas expectativas. Para alguns, elas foram atingidas ou até mesmo superadas. Para outros, não. Devo dizer que ao menos as minhas expectativas foram atingidas superadas e, por tudo isso, Harry Potter e a Ordem da Fênix é um dos meus livros favoritos, apesar de eu sempre terminar de lê-lo/relê-lo com uma grande sensação de vazio na boca do estômago.

Está na hora de lhe dizer o que deveria ter-lhe dito há cinco anos, Harry. Sente-se, por favor. Vou lhe contar tudo.




Promoção: Clássicos Infantis em Inglês da Disal

banner_classicos_infantis

E aí, gente, prontos para mais uma promoção aqui no blog?

Hoje, em parceria com a Disal Livraria, Distribuidora e Editora, iniciamos mais um sorteio aqui no Por Essas Páginas. Já tivemos nossa seção nostalgia sobre livros infantis na Sexta do Sebo #8, então eu sei bem que vocês gostam bastante e sentem aquela saudade de livros infantis, certo? Quem não gosta de voltar no tempo e viajar novamente em aventuras fantásticas nesses livros que fizeram nossa infância? Foi pensando nisso que solicitamos para sorteio aqui no blog esses dois livros muito fofos da Disal: Peter Pan e Alice’s Adventures in Wonderland.




Em outras palavras especial: Pottermore

Em outras palavras de hoje é muitíssimo especial: a nossa amiga e parceira Melissa de Sá, do blog Livros de Fantasia, fez um post muito bacana para o nosso Especial Harry Potter  e o tema foi Pottermore! Deixo vocês com a fantástica contribuição da Mel para o especial da nossa série favorita de todos os tempos.

Dessa vez, o especial Harry Potter (uma iniciativa do blog Por Essas Páginas mas que conta com a contribuição do Livros de Fantasia) vai focar no Pottermore, a experiência online para os fãs da série criada pela própria J.K.Rowling! E quem vai falar sobre o assunto vai ser eu mesma, Melissa de Sá!

Eu já postei aqui no blog várias coisas sobre o Pottermore. Para quem ainda tem dúvidas sobre o que é e como funciona o site, eu sugiro que entrem nos links: O que é e como funciona Pottermore? e O que falta melhorar no Pottermore? além de outras informaçõse que vocês encontram aqui.

Nesse post eu vou discutir as minhas impressões de fã em relação ao Pottermore, como é viver essa experiência tendo sido uma pessoa doente por Harry Potter há, no mínimo, dez anos.

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: Expectativas para o livro Contos de Meigan

Vamos falar de um livro muito bem comentado na blogosfera e de uma autora super bacana? Eu já conhecia a Roberta Spindler através do twitter, ela foi um dos maravilhosos contatos que fiz como autora. Por coincidência, ela também conheceu nosso blog através da minha conta pessoal no twitter, onde divulgo os posts daqui, e foi assim que fechamos essa parceria.

A Roberta me enviou recentemente um exemplar do seu livrão (OMG!) Contos de Meigan, uma aventura fantástica que, sempre que peço recomendações, todos dizem ser uma ótima leitura. Vamos conhecer o livro?

Meigan é um mundo diferente do nosso, morada de seres especiais e poderosos que se denominam magis. Na aparência são exatamente como nós, mas as diferenças não podem ser ignoradas por muito tempo. Os magis tem uma relação especial com a natureza e seus elementos, moldando-os a sua vontade e apoderando-se de sua força. Esses elementos, chamados mantares, não se limitam apenas aos conhecidos fogo, terra, ar e água. Existem muitos outros, como as sombras, o tempo e até mesmo o controle sobre o próprio corpo. Ter a capacidade de decifrar, entender e interagir com a natureza é um dos principais requisitos para a evolução de um magi. Para tanto, deve-se, primeiramente, entender que tudo faz parte da mesma manifestação natural e que toda matéria e energia estão inseridas em um processo dinâmico e universal. Contos de Meigan – A Fúria dos Cártagos começa com Maya Muskaf preparando-se para voltar para casa. Depois de três anos vivendo na Terra, o momento de retornar a Meigan finalmente havia chegado. Estava preocupada, pois algo afetava seu controle sobre os mantares, talvez algum resquício da misteriosa doença que a debilitou durante a infância. Com medo de estar novamente doente e para conseguir respostas, decidiu deixar de lado as diferenças com sua mãe, a principal governante do mundo magi. Voltaria a Katur, capital de Meigan, e pediria perdão por todas as brigas passadas. Assim, abandonou sua vida terrena e entrou na primeira caravana que encontrou. Entretanto, seus planos acabaram tomando um rumo muito diferente daquele que imaginara. No caminho de volta, os soldados que a escoltavam acabaram encontrando destroços e um corpo no chão. Logo que avistou o homem morto, com os cabelos tão brancos quanto sua pele e os olhos inteiramente negros, Maya soube que se tratava de um dos cártagos – antigos magis que traíram seu povo e por isso foram banidos para uma dimensão paralela. As implicações para tal presença em território magi eram gravíssimas e não demorou muito para que a garota e seus companheiros descobrissem que os magis traidores estavam tomando o Solo Sagrado e derrubado seus portões de defesa. Agora, em meio ao caos de uma violenta batalha, Maya vai precisar lutar para sobreviver e conseguir responder as perguntas que tanto lhe afligem. Como os cártagos conseguiram acesso ao Solo Sagrado? Onde estavam os guardiões dos portões, os mais poderosos guerreiros de Meigan? E, a mais importante de todas, conseguiria chegar a Katur a tempo de encontrar sua mãe? Fonte

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 19 de 20« Primeira...10...1617181920