Posts com a tag ‘fantasia’


Resenha: Coraline

“A história de Coraline é de provocar calafrios. Ao mesmo tempo sutil e cruel, o autor gosta de desafiar as imagens simples dos livros infantis tradicionais. No livro, a jovem Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.” Fonte

Coraline foi minha iniciação na obra de Neil Gaiman. Podem me censurar por nunca ter lido nada dele, mas é um fato e eu escolhi esse livro para começar. E que começo!

Sempre que lia algo sobre essa história, minha curiosidade se aguçava. Em alguns lugares vi dizerem se tratar de literatura infantil, que de infantil, meus caros, não tem quase nada – talvez, exceto, a imaginação, que costuma ser algo abundante nas histórias para crianças e é algo que sempre me atrai. Esse livro na verdade é uma história de terror muitíssimo inteligente e criativa. Lembra um pouco sim Alice no País das Maravilhas, por ser tão alternativa, porém (apesar de Alice também ter alguns elementos assustadores) Coraline é bem mais aterrorizante.




Top Ten Tuesday – 10 Livros que Me Fizeram Chorar

Está bem, está bem. Esse não é o tema correto dessa semana. Na verdade eu deveria estar escrevendo sobre os 10 Blogs não literários que eu acompanho, mas se esse fosse o caso tudo o que vocês teriam aqui hoje seria um “cri cri cri”. Eu não acompanho blogs não relacionados à literatura. Às vezes é difícil até mesmo acompanhar nossos blogs parceiros, não por falta de vontade, mas sim por falta de tempo. Por isso eu tomei a liberdade de utilizar um dos temas já feitos no TTT, e o meu escolhido foi 10 Livros que Me Fizeram Chorar. Porque eu não sou chorona, mas alguns livros simplesmente me fazem perder a cabeça.

Lembrando que o Top Ten Tuesday é uma iniciativa do blog The Broke and the Bookish, e eu coloquei os livros na ordem que os li.

We need never be ashamed of our tears – Charles Dickens




Meu autor de cabeceira: Diana Wynne Jones

Esses dias estava observando a minha estante e me deparei com meu exemplar de O castelo animado, de Diana Wynne Jones e sua continuação, O castelo no ar – que ainda não li. Qual não foi minha surpresa ao pesquisar sobre ela para esta coluna e saber que esta autora faleceu ano passado?

Pois nada mais justo do que fazer uma homenagem à ela, a criadora de um dos personagens mais cativantes que já li.

Diana Wynne Jones nasceu em Londres em 1934 e morreu em Bristol, em 26 de março de 2011. Quando criança, ela foi levada para a casa dos avós, no País de Gales, em decorrência da Segunda Guerra Mundial, se mudando várias vezes a partir dali.

“I hope your bacon burn!” – Calcifer

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...