Posts com a tag ‘França’


Resenha: A caderneta vermelha

a-caderneta-vermelhaCaminhando pelas ruas de Paris em uma manhã tranquila, o livreiro Laurent Letellier encontra uma bolsa feminina abandonada. Não há nada em seu interior que indique a quem ela pertence — nenhum documento, endereço, celular ou informações de contato. A bolsa contém, no entanto, uma série de outros objetos. Entre eles, uma curiosa caderneta vermelha repleta de anotações, ideias e pensamentos que revelam a Laurent uma pessoa que ele certamente adoraria conhecer. Decidido a encontrar a dona da bolsa, mas tendo à sua disposição pouquíssimas pistas que possam ajudá-lo, Laurent se vê diante de um dilema: como encontrar uma mulher, cujo nome ele desconhece, em uma cidade de milhões de habitantes?

Eu resolvi ler o livro “A caderneta vermelha” por dois simples motivos: é um romance e se passa em Paris (provavelmente os livros com Torre Eiffel na capa só perdem para livros com vestidos na minha estante). O autor, Antoine Laurain, é francês e isso me deixou ainda mais curiosa…

Continue lendo…




Resenha: Aconteceu em Paris

aconteceu em ParisEvie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris.Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos… E seu tutor, Rob, é bonito demais!

O primeiro romance de Molly Hopkins é um livro que todo mundo gostaria de ler. É verdade que você pode se incomodar com o comportamento de Evie quando ela descobre que Rob é muito rico, e pode até ser que você ache que Rob é exageradamente controlador. Mas nada é maior que as gargalhadas que você dará quanto mais conhecer a garota descomedida, apaixonada e com um imenso coração que é Evie. Uma moça como muitas que conhecemos.

 

Eu nem sei por onde começar essa resenha. Sério.

Eu poderia começar dizendo que quando saíram os lançamentos da Novo Conceito a Karen disso “AHA já sei que a Lany vai ficar com esse porque é em Paris”. E sim, eu estava muito animada para ler esse livro. E talvez esse foi  o meu problemas: as minhas expectativas eram altas demais.

Conheça Evie Dexter…




Resenha: The Loveliest Chocolate Shop In Paris

É muito difícil eu escolher um livro sem nunca ter ouvido falar nele. Mas foi exatamente isso que aconteceu quando eu resolvi ler meu primeiro livro da autora britânica Jenny Colgan. Eu estava passeando na livraria quando a capa rosa e o título “Meet me at the Cupcake Café” me chamaram atenção. Quando eu percebi que na capa tinha também uma recomendação da Sophie Kinsella, eu não tive nenhuma dúvida: eu tinha que ler aquele livro! E não me arrependi nem um pouco!

Mas, como hoje é Páscoa (aliás, Feliz Páscoa para todos vocês, queridos leitores do PEP!) resolvi fazer a resenha do último lançamento da autora: The Loveliest Chocolate Shop in Paris. Como a própria autora diz na dedicatória do livro, se você ama chocolate e ama Paris, esse livro foi escrito justamente para você!

chocolate shop“Quando o amanhecer surge na Pont Neuf, e as ruas de paralelepípedos de Paris ganham vida, Anna Trent já está acordada e no trabalho, misturando e mexendo o melhor, mais suave e mais rico chocolate. Feito inteiramente à mão, ele é vendido para as grandes senhoras de Paris. É uma grande mudança quando comparado com a fábrica de chocolate que ela trabalhou em sua casa no norte da Inglaterra. Mas quando um acidente muda tudo, Anna é colocada em contato com a sua professora de francês, Claire, que a ofereceu a chance de sua vida – trabalhar em Paris com o seu  antigo “queridinho”, Thierry, um mestre chocolatier. Com antigas feridas a serem descobertas e cicatrizadas, Anna vai descobrir mais sobre o verdadeiro chocolate – e ela mesma – do que ela poderia sonhar.” (Tradução livre da sinopse do livro)

You’re the first girl he’s ever brought here…




Meu Autor de Cabeceira: Stephanie Perkins

2011 foi um ano bastante produtivo para mim no quesito leitura, e uma das coisas mais especiais pra mim foi poder descobrir o trabalho de novos autores e adicioná-los à minha coleção de “autores para ficar sempre de olho.” E depois de John Green, Stephanie Perkins certamente foi a minha descoberta de 2011.

Stephanie Perkins nasceu na Carolina do Sul, já morou no Arizona, em San Francisco e em Atlanta, e atualmente mora na Carolina do Norte, com seu marido, melhor amigo e wizard rocker Jarrod. Seu primeiro livro – Anna e o Beijo Francês – foi lançado em 2010 pela Dutton Books, e conta a história de Anna Oliphant, que vai estudar seu último ano do Ensino Médio em Paris a contragosto, e acaba se apaixonando pela cidade-luz e pelo encantador americano-britânico-parisiense Étienne St. Clair.

“Boys turns girls into such idiots.”




Resenha: Anna e o Beijo Francês

“Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?”- Fonte

Anna e o Beijo Francês é um daqueles livros pelos quais você não dá nada ao vê-lo na livraria. Diversas vezes passei por ele  e o ignorei solenemente, pensando que fosse mais um daqueles livros bobinhos – e talvez ele seja, para muitas pessoas. Até que John Green o recomendou em um de seus vídeos, dizendo que leu muito rápido e que era muito bom. Meus preconceitos com relação ao título e à capa do livro desapareceram, porque se você não pode confiar em John Green para indicação de bons livros YA, você não pode confiar em ninguém.  Então foi sabendo que apesar de meus receios, Anna e o Beijo Francês seria uma leitura agradável, que eu finalmente o peguei na livraria e comecei a ler.

Effing St. Clair.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 1 de 11