Posts com a tag ‘guilty pleasure literário’


Resenha: Play

PLAYEle precisava de uma namorada de mentira. Ela precisava de ajuda financeira. Mas será que eles vão conseguir não misturar os sentimentos com os negócios? Mal Ericson, o baterista da mundialmente famosa banda de rock Stage Dive, precisa melhorar sua imagem, e rápido. Ter uma boa garota ao seu lado parece ser o suficiente. Mal não planejara que este artifício temporário se tornasse permanente; no entanto, ele não esperava encontrar o amor de sua vida. Anne Rollings jamais pensou que conheceria o rockstar que inundava as paredes de seu quarto na adolescência – especialmente não naquelas circunstâncias. Anne está com problemas financeiros, e dos grandes. Porém, ser paga para ser a namorada de mentira de um selvagem e festeiro baterista não poderia terminar bem, não importa se ele é muito gostoso. Será que um final feliz é possível nesse caso? Fonte

 

Continue lendo…




Resenha: Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar

NOVE_REGRAS_A_IGNORAR_ANTES_DE_SE_APAIXONAR“A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.” Fonte

Continue lendo…




Resenha: Era uma vez no Outono

Nossa, será que gosto de romances de época, ainda mais da Lisa Kleypas? É claro que sim!!! E estava roendo as unhas de tanto esperar pelo lançamento do segundo livro da série As Quatro Estações do Amor (ou The Wallflowers, como preferirem rs). Principalmente porque esse segundo livro trata de uma das mais indomáveis Flores Secas do grupo, Lillian!

ERA_UMA_VEZ_NO_OUTONOA jovem e obstinada Lillian Bowman sai dos Estados Unidos em busca de um marido da aristocracia londrina. Contudo nenhum homem parece capaz de fazê-la perder a cabeça. Exceto, talvez, Marcus Marsden, o arrogante lorde Westcliff, que ela despreza mais do que a qualquer outra pessoa.

Marcus é o típico britânico reservado e controlado. Mas algo na audaciosa Lillian faz com que ele saia de si. Os dois simplesmente não conseguem parar de brigar.

Então, numa tarde de outono, um encontro inesperado faz Lillian perceber que, sob a fachada de austeridade, há o homem apaixonado com que sempre sonhou. Mas será que um conde vai desafiar as convenções sociais a ponto de propor casamento a uma moça tão inapropriada? Fonte

Continue lendo…




Resenha: Uma Noite para se Entregar

UMA_NOITE_PARA_SE_ENTREGARSpindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos. O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável. Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável. Fonte

Continue lendo…




Top Ten Tuesday: Dez livros aprovados por Killgrave

ttt2013

Todo mundo aqui já assistiu Jessica Jones no Netflix? Não? Então vai assistir! Pra quem não sabe, Jessica Jones é uma heroína da Marvel que ganhou série própria no streaming (e ela é uma heroína f*da mesmo). O vilão da série é Killgrave, também conhecido como Homem Púrpura, um cara que tem o poder de controlar mentes (ou seja, tudo o que ele diz pra você fazer, você faz) – e o plus, ele é interpretado por David Tennant. A série não é apenas sobre super-heróis; ela toca em assuntos profundos e importantíssimos como abuso e estupro. Killgrave é obcecado por Jessica e, por um tempo, controla sua mente, seu corpo e suas ações em um relacionamento abusivo.

Relacionamentos abusivos existem aos montes por aí, nem precisa da metáfora de um super vilão que controla mentes; certos homens tratam mulheres (e o contrário também existe) como lixo e abusam sexual e psicologicamente delas, e o que mais impressiona: esse tipo de relacionamento muitas vezes é tratado de maneira romântica, seja em filmes, novelas, séries e, até mesmo, livros.

Certo dia, eu e Melissa de Sá (escritora e blogueira lá no Livros de Fantasia) estávamos conversando sobre isso e chegamos à pergunta: quais livros tratam de relacionamentos abusivos e seriam exatamente o tipo aprovado por Killgrave? Aproveitando o Top Ten Tuesday Freebie, listarei abaixo dez livros que tratam desse tema, seja de maneira responsável e séria, seja de maneira perturbadora e aterrorizante, seja daquele jeito romântico e muitas vezes irresponsável que algumas obras fazem. A intenção desse post não é dizer se um livro é bom ou ruim, literariamente falando ou em termos de diversão, mas sim parar para pensar se aquele casal, à primeira vista, bonitinho, se aquela relação, à primeira vista, romântica, ou se aquele personagem, à primeira vista, perfeito, são realmente saudáveis. A ideia não é parar de ler, mas sim ler com visão crítica. Será que estamos prestando mesmo atenção nisso? Será que não estamos projetando relações românticas literárias em nossas próprias vidas? Será que isso é bom pra gente?

Se tem o selo Killgrave, talvez não.

O Top Ten Tuesday é uma criação de The Broke and the Bookish.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...