Posts com a tag ‘humor’


A Cuca Recomenda: Minhas tudo

E então, no começo desse mês, viajei para Florianópolis e, nas minhas andanças por sebos de lá, com o quê me deparo? Dois livros do meu querido Pratinha, que pra quem não sabe, adotou Floripa como cidade para viver (e sempre que vou para aquelas bandas tenho essa mesma vontade). Aliás, sua série policial também se passa na capital de Santa Catarina (e eu também comprei um livro dela por lá, logo, logo sai resenha por aqui!). Mas na resenha de hoje vamos falar de mais um livro de crônicas desse autor brasuca sensacional, o meu preferido, top top de todos. Em Minhas tudo – incluindo sexo, drogas e rock and roll. E umas mulheres peladas. (tive que colocar o subtítulo aqui porque já gostei do livro só de olhar para ele), Mario Prata delicia novamente o leitor com suas crônicas divertidíssimas e deliciosas. ‘Bora saber um pouquinho mais delas.

“Sabe aquelas coisas simples, aquelas que fazem parte do seu dia a dia, dos seus bons e péssimos momentos, e quando você percebe já te acompanham há anos, por uma vida mesmo? Pois é. Com seu já característico estilo bem-humorado, certas vezes irônico, Mario Prata cede o lugar principal de seus textos a eles: a carteira, o guarda-chuva, o carimbo, o joelho, o ladrão, a fila… Mas mais do que um inventário pessoal, o autor apresenta ao leitor crônicas de um cotidiano muito mais próximo de cada um de nós do que se pode imaginar. Afinal, vai dizer que você nunca ficou um bom tempo para regular a temperatura do chuveiro, ou parou para descobrir as besteiras que até hoje guarda na carteira e não sabe por que, ou ainda ficou tentando, igual bobo, mil técnicas para fazer o soluço passar?” Fonte

Já leu Mario Prata? / Ler, não. Conheço de ouvido. Fumei a orelha dele!




A Cuca Recomenda: Piadas Nerds

“O livro é uma compilação das melhores piadas já postadas online pelo perfil de twitter @PiadasNerds. Abrange assuntos como séries de TV, matemática, ciências humanas, química, física, biologia, informática e cultura nerd. Trata-se de um livro de piadas diferente: antes de um livro de humor, é um livro NERD!” Fonte

Como uma boa nerd sigo o perfil @PiadasNerds já faz um bom tempo. Tem sempre aquela piada engraçadinha que, no meio da rotina tediosa, a gente lê e dá uma boa risada. Às vezes até passa pra frente.

Peguei esse livro para ler no final do ano passado por dois motivos: queria completar minha meta de leitura com um livro rápido e queria relaxar. Às vezes fazemos leituras tão densas que livros assim, despretensiosos, são a leitura ideal.

O melhor aluno da classe também sabe contar piada!




Resenha: Orgulho & Preconceito & Zumbis

“É uma verdade universalmente conhecida que um zumbi, uma vez na posse de um cérebro, necessita de mais cérebros.”

pride_and_prejudice_and_zombies_book_cover_01

E é assim entramos no mundo de Orgulho & Preconceito & Zumbis, um dos livros pioneiros do gênero mash up,detestado por grande parte dos fãs de Austen, Durante essa semana, quando comemoramos o aniversário de 200 anos de Orgulho & Preconceito, ele não poderia ser deixado para trás, e coube a mim a não tão honrada façanha de tentar fazer uma resenha de tão engenhosa obra aqui no Por Essas Páginas.
É provável que um leitor mais atento tenha percebido a similaridade desse meu primeiro parágrafo com o primeiro parágrafo da bela resenha feita pela Vânia sobre Orgulho & Preconceito. Foi minha infantil tentativa de criar um mash up entre a minha resenha e a dela. Até que não ficou de todo mau, mas melhor partir para o que interessa.

Continue lendo…




Resenha: O Guia do Mochileiro das Galáxias

mochileiro“Arthur Dent tem sua casa e seu planeta (sim, a Terra) destruídos em um mesmo dia, e parte pela galáxia com seu amigo Ford, que acaba de revelar que na verdade nasceu em um pequeno planeta perto de Betelgeuse.
Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da “alta cultura” e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.” Fonte

Não entre em pânico. E não crie expectativas altas demais.

Há muito tempo eu queria ler esse livro. Muito mesmo. É um ícone da cultura nerd e era algo que eu sentia que estava faltando na minha lista de leituras. Como assim, logo eu, profissional de informática, nerd desde o dedinho do pé até a raiz dos cabelos e leitora compulsiva que sou ainda não tinha lido O Guia do Mochileiro das Galáxias?

Pois é, aí eu fui ler cheia de expectativa. Achando que seria a oitava maravilha do universo. Meu conselho (se é que conselho é algo bom de se dar) é: não se encham de expectativa. A gente só se decepciona…

Por favor, fãs ou quem esteja lendo essa resenha: NÃO ENTREM EM PÂNICO (e principalmente não me odeiem)!

O guia recomenda que não entrem em pânico lendo essa resenha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...