Posts com a tag ‘infanto-juvenil’


Resenha: Uma história incomum sobre livros e magia

Algo na sinopse de Uma história incomum sobre livros e magia me interessou. Talvez por falar de um livro mágico, no qual duas garotas que não se conhecem começam a escrever uma história e são respondidas pelo próprio livro. Como ser uma apaixonada por leitura e não achar algo assim interessante? O livro chegou pela nossa parceria com a Editora Arqueiro e, assim que comecei a ler, percebi que não me arrependeria. Com uma linguagem fácil, uma trama curiosa e personagens cativantes, essa é uma história que certamente irá diverti-lo.

historiaincomum“Duas meninas encontram um livro mágico e cada uma se vê envolvida numa história que parece ser contada sozinha.
Kai chega ao Texas para visitar sua tia-avó Lavinia – uma senhora extravagante, durona e fã de hip-hop. Do outro lado do mundo, no Paquistão, Leila deseja ser tratada como uma princesa pela família de seu pai e viver fortes emoções.
Elas só não fazem ideia de que seus mundos completamente diferentes estão prestes a se chocar graças a um enigmático livro em branco.
Quando Kai escreve no livro, suas palavras magicamente aparecem no exemplar de Leila. As meninas então percebem que O cadáver excêntrico reage a cada frase acrescentada – não importa se foi inspirada pelo ataque de um chihuahua ou por um mal-entendido com uma cabra – com um trecho da história de amor vivida por Ralph Flabbergast e Edwina Pickle mais de cinquenta anos antes.
Uma história incomum sobre livros e magia entrelaça essas três perspectivas – de Kai, Leila e Ralph – de uma forma divertida e emocionante. É uma narrativa mágica sobre o destino e os laços invisíveis que nos ligam uns aos outros.” Fonte

Que comece a magia!




Resenha: O Palácio da Meia-Noite

Ultimamente ando meio travada nas minhas leituras, tanto que tenho aparecido pouco aqui no blog. No meio de duas outras leituras que não estavam progredindo, resolvi resgatar O Palácio da Meia-Noite da minha estante. Afinal, se Zafón não conseguisse me animar, quem poderia? Mas eis que, pela primeira vez, um livro dele me desapontou. Não é um livro ruim, mas já li outras obras infinitamente melhores dele. O que fazer quando um dos seus autores favoritos decepciona? Bem, ninguém é perfeito.

Capa O palacio da meia-noite.indd“Ben e Sheere são irmãos gêmeos cujos caminhos se separaram logo após o nascimento: ele passou a infância num orfanato, enquanto ela seguiu uma vida errante junto à avó, Aryami Bosé. Os dois se reencontram quando estão prestes a completar 16 anos.
Junto com o grupo Chowbar Society, formado por Ben e outros seis órfãos e que se reúnem no Palácio da Meia-Noite, Ben e Sheere embarcam numa arriscada investigação para solucionar o mistério de sua trágica história.
Uma idosa lhes fala do passado: um terrível acidente numa estação ferroviária, um pássaro de fogo e a maldição que ameaça destruí-los. Os meninos acabam chegando até as ruínas da velha estação ferroviária de Jheeters Gate, onde enfrentam o temível pássaro.
Cada um deles será marcado pela maior aventura de sua vida. Publicado originalmente em 1994, O Palácio da Meia-Noite segundo romance do fenômeno espanhol Carlos Ruiz Zafón traz uma narrativa repleta de fantasia e mistério sobre coragem e amizade.” Fonte

Maturidade nada mais é que o processo de descobrir que tudo aquilo em que você acreditava quando era jovem é falso, e que, por outro lado, tudo o que rejeitava na juventude é verdadeiro.




A Cuca Recomenda: Kamaleon

Pense em um mundo onde as cores mudam o tempo todo: você olha pra uma menininha, num instante ela está rosa, no instante seguinte está azul, amarela, todas as cores, as mais vivas delas! E isso acontece com tudo: casas, árvores, flores, o que você puder imaginar! Pensou? Então você imaginou o mundo de Kamaleon, romance da Camila B. Monteiro. Leve e divertido, você vai ter vontade de sair colorindo seu mundo ao ler esse livro (ou, no mínimo, vai pegar o primeiro livro de colorir que vir pela frente! <3).

“Kamaleon é um reino encantado onde vivem seres chamados Lampys. Toda energia destas criaturas vem das cores e por esse motivo, tudo em Kamaleon parece do avesso aos nossos olhos, mas significa a mais incrível harmonia para eles.
Lilly Prans, que acabou de atingir idade suficiente para se tornar uma Escolhida, trabalhará diretamente com os poderosos Conselheiros Cinza do reino, mas também vai viver a maior aventura de sua vida quando, seu mundo cruza com o de Devox um Lampy banido há várias gerações.
Ser responsável por colorir todo seu reino e ainda por cima entender quem é o temido Devox verdadeiramente é só o começo da era mais famosa da história de Kamaleon.” Fonte

Ele é todo o mal que poderia existir em um Lampy. Já você, é puro brilho. É vida em cada tom que usou naquele ritual.




Resenha: Jack, o Estripador em Nova York

Há algumas semanas a Editora Vestígio anunciou que estava reformulando o selo e enviou um convite maravilhoso para os parceiros: a leitura de um dos seus dois lançamentos, Jack, o Estripador em Nova York ou Sherlock Holmes no Japão. Como eu adoro uma história mais sanguinária e sinistra e digamos que Holmes está bem longe de ser meu detetive favorito (presunçoso demais para meu gosto), escolhi Jack, o Estripador em Nova York, afinal o título e a bela capa me deixaram imensamente interessada. Quer dizer… é Jack, o Estripador! E minha escolha foi completamente acertada: adorei a leitura. Envolvente, divertido, inteligente, essa é uma obra repleta de personagens cativantes que certamente irá conquistá-lo.

“Carver Young sonha ser um detetive, apesar de ter crescido num orfanato, tendo apenas romances policiais e a habilidade de abrir fechaduras para estimulá-lo. Entretanto, ao ser adotado pelo detetive Hawking, da mundialmente famosa Agência Pinkerton, Carver não só tem a chance de encontrar seu pai biológico como também se vê bem no meio de uma investigação de verdade, no encalço do cruel serial killer que estava deixando Nova York em pânico total. Mas quando o caso começa a ser desvendado, a situação fica pior do que ele poderia imaginar, e sua relação com o senhor Hawking e com os detetives da Nova Pinkerton entra em risco. À medida que mais corpos aparecem e a investigação ganha contornos inquietantes, Carver precisa decidir: de que lado realmente está? Com diálogos brilhantes, engenhocas retrofuturistas e a participação de Teddy Roosevelt, comissário da polícia de Nova York que viria a ser presidente dos Estados Unidos, Jack, o Estripador em Nova York desafiará tudo o que você pensava saber sobre o assassino mais famoso do mundo. E o deixará sem fôlego!” Fonte

O cérebro é como um camundongo correndo numa roda na gaiola. Sem escapatória e sem nem mesmo saber disso.




Divulgação: Cada Um na Sua Casa

Não sei vocês, mas eu adoro livros infantis. Eles são fofos e divertidos e coloridos, ou seja, tudo de bom! E é tão gostoso voltar a ser criança, pelo menos por algumas páginas. Mas livros infantis que viram animações no cinema?! Peraí: isso já O MÁXIMO!

Vamos conhecer Cada Um na Sua Casa, mais novo lançamento da Editora Gutenberg?

“É véspera de Natal quando a mãe de Gratuity Tucci, ou Tip, de 12 anos, é abduzida, e ela fica sozinha com seu gato, Porquinho, na Pensilvânia. A seguir, uma enorme e bizarra nave especial pousa na Terra. Dela saem uns alienígenas baixinhos chamados Booves, que declararam que este planeta seria sua nova casa, e que os terráqueos dali deveriam ir todos para a Flórida, porque eles iriam ocupar o resto do país.

Tip precisa ir por conta própria ao lugar destinado aos humanos. Amarra latas embaixo dos sapatos, apanha seu gato e parte dirigindo o carro da família. No caminho, conhece um Boov renegado e trapalhão chamado Ó, que acaba ficando seu amigo, transforma o automóvel em um veículo voador e os dois partem em busca da mãe dela. Na aventura, Ó provoca outra invasão extraterrestre e os dois precisam se unir para resolver toda a confusão criada e tentar salvar o único lugar que resta a ambos para morar: a Terra.” Fonte

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 1 de 41234