Posts com a tag ‘leitura delicinha’


Resenha: Tentação ao Pôr do Sol

Mais um livro da série Os Hathaways! Eu li os primeiros quatro livros ano passado, e vira e mexe ainda folheio todos eles. Hoje vamos falar da doce e cativante Poppy!

TENTACAO_AO_POR_DO_SOLSinopse: Poppy Hathaway está em Londres para sua terceira temporada de eventos sociais. Como nos dois anos anteriores, ela se hospedou com a família no hotel Rutledge. E, como nos dois anos anteriores, tudo indica que retornará a Hampshire sem ter encontrado um pretendente com quem se casar.
Apesar de ser extremamente bonita e gentil, Poppy tem duas grandes desvantagens em relação às outras moças: sua inteligência deixa muitos homens acuados e o fato de vir de uma família tão pouco convencional faz com que os melhores partidos nem sequer a abordem.
Mas o destino a coloca no caminho de Harry Rutledge, um homem de passado triste, que venceu na vida por conta própria e aprendeu a encarar tudo como um negócio. O dono do hotel não ama ninguém, confia em poucos e manipula todos. Porém, mesmo sendo tudo o que Poppy nunca almejou, ela não pode negar o fascínio que sente por ele.
Quando Harry conhece Poppy, é tomado pelo desejo. Ele imediatamente tem a certeza de que a jovem será sua – e, para o bem ou para o mal, não mede esforços para que isso aconteça.
Mas fascínio e desejo não serão suficientes para construir sua história, sobretudo quando uma traição põe em jogo as bases do relacionamento. Agora, é entre quatro paredes que eles tentarão resolver problemas e anular diferenças, num romance sensual em que seu futuro juntos pode mudar a cada toque, cada encontro, cada descoberta. Fonte

No conto de fadas que mencionou ontem à noite, eu provavelmente seria o vilão. Mas é possível que o vilão a trate melhor do que o príncipe teria tratado.




Resenha: As Listas de Casamento de Becky Bloom

Faz um tempão que eu resenhei por aqui Os Delírios de Consumo de Becky Bloom e Becky Bloom – Delírios de Consumo na Quinta Avenida. Há pouco tempo, Sophie Kinsella lançou um conto sobre a lua de mel de Becky em seu site e me deu vontade de reler a série (eu mais folheio do que releio). Por isso quis voltar para as resenhas dela. E aí eu fiquei sabendo que A SOPHIE KINSELLA VEM PARA A BIENAL! Então, podem esperar várias resenhas da série, já que na Bienal (diz a lenda) pode ter o lançamento do mais novo livro da nossa shopaholic favorita.

Essa resenha contém spoilers dos dois primeiros livros e não há como fugir deles. Porém, encarem que um chick-lit geralmente é previsível, então não faz muita diferença. Mas enfim, sempre é bom avisar.

A_LISTA_DE_CASAMENTO_DE_BECKY_BLOOMPela primeira vez a vida de Becky parece estar nos trilhos. Ela conseguiu um emprego de consutora de compras, no qual gasta o dinheiro de outras pessoas, e ainda é paga por isso. Mora num ótimo apartamento em Manhattan com Luke, o homem de sua vida, com quem abriu até mesmo conta conjunta! Então Luke a pede em casamento. E a confusão se instala na vida do casal. A mãe dela quer um casamento na Inglaterra. A sogra, uma festa de cinema em Nova York. Becky precisa escolher onde vai se casar, mas não consegue, perdida na preparação de listas de presentes, provas de vestidos e escolha de bufê. O tempo vai passando. E ela, de repente, percebe que está em grandes apuros. Como conciliar duas cerimônias no mesmo dia, na mesma hora e em dois continentes diferentes? Tudo bem, o noivo é o mesmo. Mas será que ele vai resistir a tamanha confusão? As listas de casamento de Becky Bloom é mais um romance muito divertido de Sophie Kinsella sobre uma mulher que não tem o menor controle sobre o seu cartão de crédito. Fonte

Continue lendo…




Resenha: Sedução ao Amanhecer

SEDUCAO_AO_AMANHECERSinopse: O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à França, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca… e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida? Fonte

Esta resenha contém spoilers de Desejo à meia-noite, mas nada que possa atrapalhar a leitura, já que são histórias diferentes, embora sequenciais.

Todos os fogos do inferno poderiam arder por mil anos e não se igualariam ao ardor do que sinto por você em um minuto do dia.




Resenha: O Trono das Sombras

Como eu amei essa série e como odiei que ela fosse tão curta! Mas foi uma das séries mais delicinhas de se ler. E não, ela não é um romance, nem chick-lit, nem nada. É que a leitura fluía tão rapidamente que depois que acabou eu ainda peguei os três livros e fui lendo as melhores partes… Pois é, ressaca literária de fim de série é isso.

E por falar nisso, esse livro faz parte do Desafio Realmente Desafiante 2014 elaborado pela Clícia do blog Silêncio que eu to lendo. Item 9. O último livro de uma série. Foi um dos últimos livros de 2014, mas não deu tempo de resenhar antes…

A resenha pode conter spoilers, mas acho que boa parte deles está na sinopse, então pode ler sem culpa.

O_TRONO_DAS_SOMBRASSinopse: Uma guerra. Várias batalhas mortais. Pode um rei salvar seu reino, quando sua própria sobrevivência é improvável? A guerra chegou a Carthya. Ela bate em cada porta e janela. E quando Jaron descobre que o Rei Vargan de Avenia rapta Imogen em um plano para colocar Carthya de joelhos, Jaron sabe que deve embarcar em uma ousada missão de resgate. Mas tudo que poderia sair mal acontece. Seus amigos são afastados e estão por toda Carthya e reinos vizinhos. Em um último esforço para evitar o que aparenta ser a perda devastadora de um reino, Jaron empreende sua última jornada para salvar tudo e a todos que ama. Mas mesmo com sua sagacidade rápida como um raio, Jaron não pode evitar o terrível perigo que mira ele e seu país. Ao longo do caminho, ele vai perder o que mais importa? E no final, quem se sentará no trono de Carthya? Fonte

Continue lendo…




Resenha: Desejo à Meia-Noite

Esse ano eu vi a Editora Arqueiro publicar vários romances de época e confesso que sou fã desse tipo de romance, mas não são todos chamam a minha atenção. Quando eu vi as capas desses livros, realmente não dei muita bola. Mas aí saiu a sinopse de Manhã de Núpcias (o quarto livro da série) e eu fiquei interessada, achei que valia a pena pesquisar mais sobre a série. No fim das contas, eu achei uma tradução de fãs para fãs do primeiro livro e… simplesmente devorei! Acabei adquirindo a edição oficial não só do primeiro, mas dos quatro livros já lançados e em uma forte crise de ressaca literária, eu li todos de uma vez só (e de vez em quando ainda “folheio” os e-books aqui e ali).

Ah, esse livro faz parte do Desafio realmente desafiante 2014, promovido pela Clícia do blog Silêncio que eu to lendo. Esse livro é do item 14: Um livro com um personagem tatuado.

DESEJO_A_MEIANOITESinopse: Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos – uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida. Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina. Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos.

Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera. E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos.

Será que Rohan, um cigano que preza sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar à maior instituição de todos os tempos: o casamento? Fonte

– Os rons acreditam que se deve seguir o chamado da estrada e nunca voltar atrás. Pois nunca se sabe das aventuras que estão por vir. (…) Então vamos seguir esta estrada e ver aonde ela nos levará.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 2 de 3123