Posts com a tag ‘mangás’


Top Ten Tuesday: Dez HQ’s e mangás que recomendo

ttt2013

O Top Ten Thursday Tuesday demorou, mas chegou!

Ultimamente estou numa onda de ler HQ’s e mangás. Estou até meio atrasada na leitura dos livros porque, né, novo vício na área (sem contar o fato de que teve nova temporada de Orange is the New Black e tals). Por isso, como o tema do Top Ten Tuesday dessa semana era freebie, resolvi falar das Dez HQs e mangás que eu recomendo. Vamos lá? ;)

O Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish.

Continue lendo…




Outras páginas: Battle Royale (Mangá)

Distopia, jovens duelando, muito sangue, intriga, traições, alianças e claro, gente morrendo. Parece familiar? Eu sei oque você pensou, mas não, não estou falando de Jogos Vorazes e sim de Battle Royale (BR). Um dos precursores da idéia “jovens se matando”, será que Battle Royale realmente está com essa bola toda? Confira comigo no replay.

“No futuro, classes de escolas fundamentais são escolhidas aleatoriamente para competir em uma jogo chamado Battle Royale. As regras: apenas um estudante deve sobreviver após três dias em uma ilha ou então todos morrerão. Armas são distribuídas e cada estudante é enviado para o campo sozinhos e despreparados para o terror que os aguarda. Os alunos se viram uns contra os outros em uma batalha por sobrevivência, alianças são feitas e quebradas, e antigos amigos tornam-se inimigos enquanto a contagem regressiva continua. No meio de traições e contagem crescente de corpos, dois colegas confessam seu amor um pelo outro e juram sobreviver esse jogo mortal juntos.” – Fonte: Traduzido de Tokyopop

Continue lendo…




Outras páginas: Hideout

Adquirido na Bienal 2014 de São Paulo, Hideout chamou atenção tanto pela capa macabra quanto ao folhear as primeiras páginas. Com um traço lindíssimo e uma história de gelar os ossos será que Hideout vai fazer você se esconder debaixo da cama?

HIDEOUT_1346365489BÉ uma noite muito escura, sobe uma forte chuva, um determinado homem prepara-se para eliminar sua vítima aterrorizada. A decisão de Kirishima Seiichi é clara: Hoje à noite, ele vai matar sua esposa.

Um ano atrás, ele era um homem feliz, um escritor de sucesso, um marido contente, e pai de um menino.. naquela época, tudo parecia ir bem para ele.

Mas essa felicidade tinha que acabar. O dia em que seu editor de pôr fim à sua colaboração, as trevas se infiltrou em sua vida mais rápido que uma bala. Uma descida aterrorizante ao inferno começa, página por página do que parece ser o seu último romance… Fonte: Skoob

Continue lendo…




A Cuca Recomenda em Outras Páginas: Apagão Extra e Quack

Hoje a Cuca traz uma pequena recomendação de quadrinhos! Uma HQ e um mangá brasileiríssimos, baratinhos e que valem super a pena. E, de quebra, um site com quadrinhos gratuitos para ler semanalmente. Vamos lá conhecê-los?

capa-apagaoextra-colorido-72“São Paulo, século XXI.
Não há luz. Não há lei.

Mandrill é o líder da gangue Macacos Urbanos, um grupo de sobreviventes que tem que lidar com um inexplicável blecaute em todo o mundo. Com o caos ditando as novas regras da sociedade, as ruas são organizadas por apenas uma lei: a violência. Diversas gangues disputam territórios e os poucos recursos que restam em uma batalha sem fim.

Quando as baterias dos aparelhos que mantêm Mestre Apoema começam a falhar, Mandrill se vê obrigado a atravessar a terrível cidade para salvar o homem que lhe ensinou tudo o que sabe. Será ele capaz de enfrentar essa verdadeira selva de pedra?

Apagão Extra: Ligação Direta, escrita por Raphael Fernandes e desenhada por Camaleão, é a primeira de uma série de histórias que iluminam o escuro e cruel universo de Apagão, projeto financiado coletivamente que envolve várias mídias como quadrinhos, RPG, música e muito mais. Totalmente colorida, a HQ é um retrato pulsante de uma sociedade dissolvida depois de ter sua tomada arrancada. Quando não há luz, a vida continua pelas trevas das almas que persistem.não informado.” Fonte

Continue lendo…




Outras páginas: Mangá Cavaleiros do Zodíaco

cavaleiros do zodiaco

Embora Cavaleiros do Zodíaco não seja a minha saga de mangás preferida, ela foi a primeira que li, então nada mais justo do que colocá-la nessa coluna.

Então, com licença, vou contar um pouco como conheci essa saga.

Em 1994,  a extinta (e saudosa) TV Manchete começou a exibir alguns animes, dentre eles Os cavaleiros do zodíaco. No começo eu me rachava de rir com aquela abertura e a música brega (sim, eu achava porque não admitia que GOSTAVA – ainda acho um pouco brega, mas penso nela com carinho hoje) e que de tão chiclete acabei decorando, mas que chamou minha atenção e assim acabei me acostumando e me afeiçoando à série. Depois de alguns anos é que veio a conclusão do anime, que passou por três sagas. Na época, eu lia a revista Herói (da editora Conrad), que mostrava as prévias de alguns capítulos e depois mostrou/contou como foi a última saga do mangá, que não foi adaptada para animação (isso mudou por volta de 2005).

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 1 de 212