Posts com a tag ‘nerd’


Resenha: Armada

Há algum tempo queria ler Armada, de Ernest Cline. O autor também escreveu o fantástico Jogador Nº 1 (resenha aqui), por isso tinha altas expectativas. É claro que a gente nunca pode esperar um livro igual, mas após uma ótima leitura, sempre esperamos ao menos um livro à altura do anterior. Foi isso que aconteceu? Não. Mas isso também não significa que Armada seja um livro ruim, ele só não é tão bom quanto Jogador Nº 1.

armada“Durante toda a sua vida, Zack Lightman quis que o mundo real fosse menos chato. Segundo ele, a realidade poderia ser mais parecida com o universo dos livros de ficção científica, filmes e videogames. Poderia acontecer algo fantástico para que sua vida deixasse de ser monótona, levando-o a uma aventura – e por que não uma aventura espacial? Apesar disso, Zack diz a si mesmo saber a diferença entre a fantasia e a realidade e que jogadores de videogames adolescentes e sem objetivos na vida não são os salvadores do universo.

Então, um dia, durante a aula de matemática, ele a vê pela janela: uma nave que se parece com o caça Glaive do videogame on-line de simulação de voo que ele joga todas as noites, Armada, que tem como objetivo proteger a Terra de uma invasão alienígena. Agora isso está realmente acontecendo. E suas habilidades, assim como as de milhões de jogadores no mundo, são necessárias para salvar o planeta da destruição.” Fonte

Eu sei que o futuro às vezes é apavorante, querido. Mas não há como escapar dele.




Resenha: Geek Love – O manual do amor nerd

Quando a Editora Gente anunciou esse lançamento, pensei que ele fosse a minha cara. Oras, eu sou uma nerd assumida: traça de livros, toque do Super Mario Bros. no celular, assisto Sailor Moon religiosamente aos sábados, faço piadinhas que as pessoas não entendem com Silent Hill e Doctor Who, limpo a casa fazendo “uón” quando levanto o aspirador de pó… em resumo, totalmente geek. Achei que seria um livro divertidíssimo, mas demorei cerca de quatro meses para lê-lo. Geek Love – O manual do amor nerd sofre de um problema que alguns nerds sofrem: não saber parar quando a piadinha geek já perdeu a graça.

“Eric Smith sabe mais do que ninguém que existem prazeres imensos na vida geek. Amigos incríveis, conversas até de madrugada sobre realidades alternativas ou até mesmo o simples prazer de ler aquele lançamento de quadrinhos. No entanto, chega um momento na vida de todo nerd em que o amor bate à porta e daí vem a hora de jogar o xadrez tridimensional que é o mundo dos solteiros. Não se desespere, jovem Padawan! Deixe Smith guiá-lo por esse caminho e descubra que amar é muito mais do que flores e bombons. Afinal, nada é normal na vida do nerd, e o amor não é senão o mais extraordinário dos fenômenos humanos.” Fonte

Não estrague suas chances insistindo em provas de legitimidade. Muitas meninas (interessantes!) amam as mesmas coisas nerds que você, mas não amam ser importunadas por causa delas.




A Cuca Recomenda: Piadas Nerds

“O livro é uma compilação das melhores piadas já postadas online pelo perfil de twitter @PiadasNerds. Abrange assuntos como séries de TV, matemática, ciências humanas, química, física, biologia, informática e cultura nerd. Trata-se de um livro de piadas diferente: antes de um livro de humor, é um livro NERD!” Fonte

Como uma boa nerd sigo o perfil @PiadasNerds já faz um bom tempo. Tem sempre aquela piada engraçadinha que, no meio da rotina tediosa, a gente lê e dá uma boa risada. Às vezes até passa pra frente.

Peguei esse livro para ler no final do ano passado por dois motivos: queria completar minha meta de leitura com um livro rápido e queria relaxar. Às vezes fazemos leituras tão densas que livros assim, despretensiosos, são a leitura ideal.

O melhor aluno da classe também sabe contar piada!




Resenha: O Guia do Mochileiro das Galáxias

mochileiro“Arthur Dent tem sua casa e seu planeta (sim, a Terra) destruídos em um mesmo dia, e parte pela galáxia com seu amigo Ford, que acaba de revelar que na verdade nasceu em um pequeno planeta perto de Betelgeuse.
Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da “alta cultura” e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.” Fonte

Não entre em pânico. E não crie expectativas altas demais.

Há muito tempo eu queria ler esse livro. Muito mesmo. É um ícone da cultura nerd e era algo que eu sentia que estava faltando na minha lista de leituras. Como assim, logo eu, profissional de informática, nerd desde o dedinho do pé até a raiz dos cabelos e leitora compulsiva que sou ainda não tinha lido O Guia do Mochileiro das Galáxias?

Pois é, aí eu fui ler cheia de expectativa. Achando que seria a oitava maravilha do universo. Meu conselho (se é que conselho é algo bom de se dar) é: não se encham de expectativa. A gente só se decepciona…

Por favor, fãs ou quem esteja lendo essa resenha: NÃO ENTREM EM PÂNICO (e principalmente não me odeiem)!

O guia recomenda que não entrem em pânico lendo essa resenha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 1 de 11