Posts com a tag ‘New Adult’


Resenha: Como num filme

Ficha técnica:

Nome: Como num Filme

Autor: Lauren Layne

Tradutor: Lígia Azevedo

Páginas: 224

Editora: Paralela

Compre aqui

Sinopse: 

As regras são claras… até o momento em que são quebradas. Neste livro da série Recomeços, conheça a história de Ethan.

As únicas coisas que o mauricinho Ethan e a rebelde Stephanie têm em comum são o curso de cinema na Universidade de Nova York e o roteiro que precisam desenvolver juntos. Mas, quando a proposta de recriar clássicos de Hollywood se confunde com a realidade, eles acabam se tornando os protagonistas de uma história de amor digna de Oscar! Ela quer um quarto confortável em uma boa casa. Ele quer ficar longe de sua ex. Eles precisam de uma boa nota. Convencidos a ajudar um ao outro, os dois entram em um acordo: Stephanie será a namorada de mentirinha de Ethan enquanto ele a deixa morar em seu apartamento. Para isso, ela deverá fingir ser uma perfeita lady: discreta, arrumadinha e, claro, completamente apaixonada… igualzinha à personagem do filme que estão criando. Contudo, à medida que os dois se aproximam, Ethan se vê completamente apaixonado pela garota cheia de mistérios e contradições ao seu lado.

Agora, ele vai ter que decidir: será que seus sentimentos são pela Stephanie de verdade? Ou apenas pela versão que ele criou?

Fazia muito tempo que eu pegava um livro com um romance tão gostoso de ser lido! Sabe aquela leitura maravilhosa para uma tarde que você não quer fazer mais nada? “Como num filme”, livro da série Recomeços da Lauren Layne é exatamente perfeito para isso!

Continue lendo…




Resenha: Em pedaços

Ficha técnica:

 Nome: Em pedaços

 Autora: Lauren Layne

 Tradução: Lígia Azevedo

 Páginas: 247

 Editora: Paralela

Compre aqui

 

Nessa recontagem moderna de a Bela e a Fera, Lauren Layne nos traz uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor.
Aos 22 anos, Olivia Middleton tem Nova York aos seus pés. Por fora, ela é a garota perfeita — linda, inteligente e caridosa. Mas por dentro ela guarda um segredo terrível: um erro que a afastou das duas únicas pessoas que realmente importavam na sua vida. Determinada a esquecer o passado, ela deixa Manhattan e vai trabalhar como cuidadora de um soldado recém chegado da guerra. Mas o que ela não esperava era que seu paciente fosse um jovem enigmático de 24 anos tão amargurado quanto cativante.
Paul Landon está furioso — com o mundo, com a vida, com o seu pai e, acima de tudo, consigo mesmo. Depois de sofrer na pele os horrores da guerra do Afeganistão, a última coisa que ele quer é a companhia de uma princesa novaiorquina linda, mimada e irritante. A presença de Olivia parece tóxica para Paul, mas ele não consegue afastá-la, mesmo tentando muito. Por mais que lutem contra uma atração intoxicante, Paul e Olivia não conseguem se manter distantes.
Agora, precisam decidir: eles vão ajudar um ao outro a curar as feridas do passado ou vão se manter, para sempre, em pedaços?

Em pedaços é o primeiro livro da série Recomeços de Lauren Layne. Cada livro vai recontar um conto, neste caso o de A Bela e a Fera. Não, ele não é um livro que tenta passar todos os acontecimentos da história original para o mundo moderno. Ao contrário, ele se baseia apenas na ideia geral do livro. Paul Landon é a “fera” – depois de sofrer os horrores da guerra do Afeganistão, que deixaram marcas físicas e psicológicas, ele vive recluso na sua mansão. O seu pai, com medo de que ele fique sozinho, tenta contratar um cuidador, mas todos eles são assustados por Paul e nenhum dura muito tempo. Por isso, ele dá um ultimato: ou Paul fica por 3 meses com a nova cuidadora ou ele não receberá mais nenhum dinheiro. E essa cuidadora é Olivia Middleton a “bela” nessa versão – a garota perfeita de Nova York que quer a todo custo fugir de algo que aconteceu no seu passado. E ela vai fazer tudo o que seja necessário, nem que seja ir para o meio do nada cuidar de um sobrevivente de guerra mesmo tendo zero experiência nisso.

Continue lendo…




Resenha: Para sempre minha

Para Sempre MinhaAlguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria. Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar. No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la.

Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal
para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão. Fonte

Continue lendo…




Resenha: O acordo, Elle Kennedy

“Tocante, profundo, engraçado, sexy… ”O Acordo” é um romance que vai te encantar e surpreender a cada página.
Hannah Wells finalmente encontrou alguém que a interessasse. Mas, embora seja autoconfiante em vários outros aspectos da vida, carrega nas costas uma bagagem e tanto quando o assunto é sexo e sedução. Não vai ter jeito: ela vai ter que sair da zona de conforto mesmo que isso signifique dar aulas particulares para o infantil, irritante e convencido capitão do time de hóquei, em troca de um encontro de mentirinha.
Tudo o que Garrett Graham quer é se formar para poder jogar hóquei profissional. Mas suas notas cada vez mais baixas estão ameaçando arruinar tudo aquilo pelo qual tanto se dedicou. Se ajudar uma garota linda e sarcástica a fazer ciúmes em outro cara puder garantir sua vaga no time, ele topa. Mas o que era apenas uma troca de favores entre dois opostos acaba se tornando uma amizade inesperada. Até que um beijo faz com que Hannah e Garret precisem repensar os termos de seu acordo.”

Nós ganhamos da parceria com a Editora Companhia das Letras o segundo livro da série “Amores Improváveis”. Apesar de essa ser uma daqueles séries em que os livros são completamente independentes entre si, ou seja os protagonistas são diferentes, eu não quis pular a ordem porque eu gosto de analisar também como um autor cresce (ou não) na sua escrita. Eu li a sinopse de “O acordo” e logo me deparei com um dos clichés que eu ADORO: duas pessoas que não se gostam fazem um acordo e acabam se apaixonando. O livro é bem o que eu esperava: um romance leve e que, se a pessoa tiver tempo, consegue ler em um dia só.

Continue lendo…




Resenha: O Cisne e o Chacal

A série Na Companhia de Assassinos foge um pouco da minha zona de conforto literária, é verdade, mas os dois primeiros livros (A Morte de Sarai O Retorno de Izabel) foram leituras empolgantes, que possuíam romance e sensualidade na dose certa e muito suspense e ação, o que realmente me interessava. A combinação era ótima e eu esperava que J. A. Redmerski continuasse mantendo a receita que parecia funcionar tão bem. Na verdade fiquei bem feliz quando li o aviso da autora no início de O Cisne e o Chacal, no qual ela diz que se você quer ler um romance, leia outro dos seus livros (como Entre o Agora e o Nunca), porque essa série não é sobre romance. “Oba!”, é o que eu penso. O aviso, porém, cabe direitinho quando o assunto são os dois primeiros livros. Quanto a esse, bem, ele é um romance sim, e infelizmente não é um romance bom.

o-cisne-e-o-chacal“Fredrik Gustavsson nunca considerou a possibilidade de se apaixonar certamente nenhuma mulher entenderia seu estilo de vida sombrio e sangrento. Até que encontra Seraphina, uma mulher tão perversa e sedenta de sangue quanto ele. Eles passam dois anos juntos, em uma relação obscura e cheia de luxúria. Então Seraphina desaparece. Seis anos depois, Fredrik ainda tenta descobrir onde está a mulher que virou seu mundo de cabeça para baixo. Quando está próximo de descobrir seu paradeiro, ele conhece Cassia, a única pessoa capaz de lhe dar a informação que tanto deseja. Mas Cassia está ferida após escapar de um incêndio, e não se lembra de nada. Fredrik não tem escolha a não ser manter a mulher por perto, porém, depois de um ano convivendo com seu jeito delicado e piedoso, ele se descobre em uma batalha interna entre o que sente por Seraphina e o que sente por Cassia. Porque ele sabe que, para manter o amor de uma, a outra deve morrer.” Fonte

Então você não é quem eu pensava que fosse.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...