Posts com a tag ‘Romance’


Resenha: O Último Ponto

Olha eu aqui de novo! Segue mais uma resenha pra vocês.

O_LTIMO_PONTO_1387586857PSinopse: UMA SÁBIA COMPETIÇÃO, MUITO ALÉM DAS CARTAS Orquestras, bailes, danças, jogos. Este ciclo já faz parte da incrível jornada do brasileiro Juan Carlo, e da do argentino Jean Lucka. Ainda mais quando os dois, após terem ganhado um bom dinheiro em um cassino de Buenos Aires, acabam parando em um transatlântico que parte da capital portenha em direção à Barcelona. Porém, durante esta tumultuada viagem, que parece ter surgido por força do destino, acabam descobrindo que amam a mesma mulher. É o que faltava para protagonizarem um duelo entre razão (Jean) e a emoção (Juan)! E eis que essas duas naturezas opostas resolvem travar uma disputa inteligente, que poderá marcar a vida deles para sempre. Quem sairá vencedor deste triângulo amoroso? E a quem Katharine entregará seu legítimo amor?  Fonte

Continue lendo…




Resenha: Desde o primeiro instante

Como vocês devem estar acompanhando pelas minhas últimas resenhas, eu não estou nada contente com a parte romântica de vários livros que eu li. Eu estava precisando acreditar que livros em que os personagens se apaixonam lentamente ainda existem e por isso, fui ler novamente as sinopses dos livros que eu tinha. “Desde o primeiro instante”, apesar do título, me passou a impressão de que ele era exatamente o que eu necessitava. E eu estava totalmente certa!

desde o primeiro instante“Rachel acabou de romper um noivado e está decidindo o que vai fazer da vida. Quando ela se encontra casualmente com Ben, um amigo dos tempos da faculdade, seu coração balança. Na época não rolou, mas agora ele parece tão mais interessante… O problema é que Ben está casado, “fora do mercado”, como se costuma dizer. Ok, hora de partir para outra. Rachel não é nenhuma mocinha ingênua, dessas que se deixam levar pela emoção. O fato de Ben ser lindo, educado, engraçado, nobre e fiel não é suficiente para tirar Rachel do seu eixo. Claro que não. Na verdade, ele é O Companheiro Perfeito. Pena que seja tão fiel! Apaixonar-se pelo melhor amigo é o sentimento mais gostoso do mundo, mas também é assustador.”

Em primeiro lugar: esse livro é lindo! E eu me apaixonei por ele desde o primeiro instante, porque a protagonista é muito interessante. E ela é muito humana: ela comete vários erros durante o livro, mas você não consegue ficar com raiva dela, porque é tudo muito plausível. Então nada de romances utópicos e declarações de amor no segundo capítulo. Essa história poderia acontecer com qualquer pessoa (e eu tenho certeza que muitos vão realmente se identificar com ela).

Bom, mas comecei fazendo essa resenha ao contrário, então vamos para o enredo do livro (é que eu precisava realmente convencer vocês a lerem esse texto até o final!). Rachel estava noiva e arrumando os últimos preparativos para o casamento. Mas, em uma discussão com o noivo sobre qual seria a atração musical da festa, ela percebeu que… Bem, apesar de tanto tempo de relacionamento, talvez o casamento não fosse uma boa ideia. Será que eles não estavam juntos só pela conveniência da relação? Por isso ela resolve cancelar tudo – e depois de muito tempo, volta ao grupo das solteiras.

Continue lendo…




Resenha: Verão Cruel

Verão cruel“Colby Cavendish, uma ex-nerd, decide mudar radicalmente sua própria imagem. Está ansiosa por participar de festas descoladas com a turma da praia e, se tudo der certo, ficar com o cara mais gostoso da escola, Levi Bonham. Mas seus planos vão por água abaixo quando seus pais a mandam passar férias forçadas na Grécia com sua tia. Presa em uma ilha sem shoppings e sem sinal de celular, ela teme ser rapidamente esquecida por seus amigos. Mas eis que conhece Yanni, um deus grego, e tudo muda. Colby acaba confusa e tudo indica que aquele sentimento será mais que uma simples paixonite de verão.”

Verão Cruel nos apresenta Colby Cavendish, uma adolescente que acaba de ficar amiga de uma das garotas mais populares do seu colégio. Ela tem vários planos para o verão com os seus novos amigos mas todos eles são destruídos pelos seus pais. Eles estão em processo de separação e por isso mandam a filha passar as férias na Grécia com a sua tia. Se você está pensando que ela foi a Atenas, HÁ, você está muito enganado! Ela viaja para Tinos, um dos lugares mais importantes do país para peregrinos religiosos e uma das ilhas com o menor número de comércios. E para piorar a situação, os seus tios não tem internet… Preciso dizer que ela não queria ir para lá? Mas tudo muda quando ela resolve deixar os Estados Unidos um pouco de lado e realmente aproveitar as suas férias de verão.

“E COMO, exatamente, devo sobreviver, durante UM VERÃO INTEIRO, sem carro, sem celular, sem jogos, sem lojas de roupas bacanas, sem festas, sem amigos e sem acesso à internet???” – página 17

Continue lendo…




Resenha: Jardim de Escuridão

Jardim de escuridão capa“Todo dom pode ser uma bênção ou uma maldição…” Quando Faith Connor recebe uma carta deixada por sua avó, após a morte da mesma, contendo um último pedido, ela não esperava que sua vida ganharia um rumo inesperado. Detentora de um dom especial de compreender as flores, cujos significados lhe fornecem visões de acontecimentos futuros, ela atende o pedido da avó, levando uma flor especial a seu túmulo e acaba conhecendo Rowan Allers, um homem atormentado pela morte da irmã, assassinada por um serial killer. Sentindo uma estranha conexão com aquela história, Faith o ajuda a investigar, sem nem saber que seus destinos estavam ligados de forma perigosa e até fatal.”

Bom, todo mundo aqui já deve saber que eu amo romances sobrenaturais. Eu sei que várias pessoas já cansaram desse tipo de história, mas eu sempre continuo procurando novos livros desse estilo para ler. Jardim de Escuridão me chamou atenção exatamente por tratar de uma habilidade sobrenatural que eu ainda não tinha lido. Faith Connor, protagonista desse livro, possui o dom de compreender as flores. Mais do que conhecer os seus significados, ela consegue presentear a pessoa com a flor que a pessoa realmente necessita naquele momento. E, por causa disso, ela consegue também prever acontecimentos futuros – tendo até sonhos que podem se tornar bem reais.

Depois da morte da avó, Faith recebe uma carta escrita por ela com um pedido: que ela depositasse um buquê de Amarantos na sepultura dela no dia vinte e cinco de junho. Lá, ela deveria pensar nas flores, nos significados e mentalizar que tudo na vida é passageiro, até mesmo a dor. Na verdade, essa não foi a única morte dolorosa que Faith teve que enfrentar. Há sete meses atrás, Faith dormiu enquanto dirigia e por isso sofreu um acidente de carro junto com o seu marido. O carro caiu numa ribanceira indo direto para o mar e o marido de Faith foi dado como morto, já que ninguém conseguiu encontrar o corpo. Além disso ela estava grávida e acabou perdendo o bebê.

Faith segue o pedido da avó e no cemitério acaba conhecendo Rowan Allers. Ele estava no túmulo da irmã, que havia sido assassinada por um serial killer, ainda não identificado. Sentindo uma conexão com Rowan e com a história, ela acaba o ajudando na investigação desse estranho crime…

Continue lendo…




Resenha: Paredes Vivas

paredes vivas“Paredes Vivas conta a história de Mauren, uma jovem de dezoito anos que, após uma tragédia familiar ocorrida na infância, vê sua vida desmoronar aos poucos com a perda e o afastamento das pessoas que ama. Acreditando ser a responsável pela morte do pai e aflita pela doença da mãe, ao completar quinze anos passa a conviver com um espírito, escondido nos desvãos das paredes da casa onde mora. Entre o medo de contar a sua mãe sobre seu amigo invisível e o desejo de se livrar da maldição que ela mesma provocou numa brincadeira no cemitério, Mauren apega-se ao fantasma das paredes criando com ele um vínculo incompreensível que a afasta cada vez mais de uma realidade saudável. Seu apego pela mãe e o desespero em tentar protegê-la, seus temores, suas angústias e manias, sua felicidade ao descobrir o amor e sua difícil relação com os tios são os focos desta história, que termina com uma revelação surpreendente.”

Quando a autora Rosa Mattos entrou em contato para fazermos uma parceria e eu li a sinopse do livro, fiquei muito curiosa. Eu adoro romances, principalmente sobrenaturais, e por isso pedi para ficar com ele. E não me arrependi nem um pouco, porque o livro foi muito envolvente!

Paredes Vivas conta a história de Mauren, passando desde a infância até a idade adulta. O livro começa com a protagonista com 8 anos, após uma tragédia que acaba levando a morte do seu pai. Ela se sente culpada pelo o que aconteceu e começa a sofrer em silêncio. Inclusive ela tem pesadelos bem fortes para a idade, mas mesmo assim, ela levanta a cabeça e continua com as suas tarefas diárias. Na escola, a professora de redação pede para que eles escrevam em apenas uma frase quem eles eram.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 30 de 49« Primeira...1020...2829303132...40...Última »