Posts com a tag ‘Romance’


Resenha: Poder

PODER“Acordar uma princesa pode ser letal. Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos! Quando um príncipe mimado é enviado pelo seu pai para tentar desvendar os mistérios de um reino perdido, ninguém imagina os perigos que ele encontrará pela frente! Acompanhado da figura sóbria e sagaz do Caçador e de Petra, uma jovem valente que possui uma ligação muito forte com a floresta, o príncipe acaba encontrando um reino adormecido por uma estranha magia. Todos os seres vivos foram cercados pela densa mata e estão dormindo, em um sono pesado demais, que só poderia vir da magia. Mas que tipo de bruxaria assolaria uma cidade inteira e seus habitantes? E, principalmente, quem faria mal a uma jovem rainha tão boa e tão bela? A não ser, claro, que os olhos não percebam o que um coração cruel pode esconder…” 

Se você acompanha o Por essas Páginas, mesmo há poucos dias, já sabe: eu AMO conto de fadas. Adoro histórias de princesas e leio todos os livros desse tipo que eu conseguir. E é claro que a Saga Encantadas não ficaria de fora. Gostei do primeiro livro, Veneno, AMEI Feitiço (principalmente por causa do final) e agora finalmente consegui ler Poder!

O rei (sim, sem nome) acreditava que ele e a esposa haviam estragado o príncipe. Ele precisava se tornar uma pessoa mais responsável já que no futuro ele comandaria aquele reino. A rainha tem uma grande ideia: o príncipe precisava de uma aventura! O rei, concordando com a esposa, dá uma missão para o filho. Aos pés do Monte Ermo havia uma cidade muito rica. Mas há cerca de um século, a cidade recebeu uma praga e a ela ficou isolada do restante do reino. Se alguém tentou chegar lá, ninguém havia conseguido, por causa da floresta que ficava em volta do lugar. O rumor era que tesouros ainda poderiam ser encontrados lá e, além disso, a cidade poderia ser um bom acréscimo ao reino. Esse, então, seria o desafio do jovem príncipe.

Porém ele não vai sozinho nessa aventura. O rei pede para que o melhor caçador acompanhe o filho até o Monte Ermo e o proteja. Mas ele não deve contar nada para o jovem, porque o rei quer que o filho acredite ser o herói da história. No meio do caminho, eles acabam salvando Petra e ela acaba seguindo os dois nesse desafio…

Continue lendo…




Resenha: No Limite da Ousadia

No limite da ousadia“No limite da ousadia conta a história de Beth Risk, a amiga durona de Noah, de No limite da atração. Este livro é um spin-off, passando-se no mesmo universo do primeiro, com participações especiais de Isaiah, Noah e Echo. Se você já é fã de No limite da atração ou está descobrindo este mundo agora, certamente vai se deixar envolver pela paixão perigosa e arrebatadora de Beth e Ryan. Beth é uma garota durona e tatuada que precisa cuidar da mãe drogada. Quando ela assume um crime para salvar a mãe, seu tio, um rico esportista aposentado, consegue a guarda da sobrinha e a leva para começar uma vida nova na cidadezinha do interior em que ele mora. E assim Beth se vê morando com uma tia que não a quer e frequentando uma escola onde ninguém a compreende. Exceto um único cara, que não poderia ser mais diferente dela…” 

Desde quando eu li No Limite da Atração, fiquei contando os dias para que a Editora Verus lançasse o segundo livro da série. Eu amei o primeiro livro e mesmo não sendo exatamente uma continuação (como diz na sinopse, ele é um spin-off), a escrita de Katie McGarry me cativou tanto que eu precisava ler No Limite da Ousadia. E mais uma vez… Preciso falar o que acontece quando a gente lê algo com muitas expectativas?

Ryan é jogador de basebol na sua escola e ele e seus amigos adoram fazer apostas que consistem de desafios que eles tem que cumprir. Em um belo dia, Chris o desafia a pegar o telefone de uma garota que tinha um visual totalmente skatista. Ele sabia que essas eram as mais difíceis e apesar de tentar, não consegue. Ryan odeia perder, mas o que ele poderia fazer? Bem, o destino realmente tinha outros planos, porque eles se encontram novamente. Scott Risk, um jogador de basebol famoso, pede para que Ryan ajude a sua sobrinha a se adaptar na nova escola. E ela era a menina da aposta: Beth.

Continue lendo…




Resenha: Anjos à mesa

Anjos à mesa“Shirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável — especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de fim de ano da Times Square. Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por “acidente”, Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não?”

Anjos à Mesa é um livro que se passa no Natal e é claro que seria legal ter lido nessa época, mas…  É para isso que serve a imaginação, certo? Eu o escolhi porque eu gosto muito de romances com esse tema. Tanto a Lucy quanto a Karen já haviam lido livros da Debbie Macomber (resenhas aqui) e por isso eu já sabia o que esperar e assim não me decepcionei tanto com ele.

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: A Máquina de Contar Histórias

Há muito tempo eu queria ler alguma obra do Maurício Gomyde. Antes desse livro, ele teve outras quatro publicações independentes, e admiravelmente foi galgando seu espaço até publicar A Máquina de Contar Histórias pela Novo Conceito. Foi nesse momento que pensei: bem, agora não tenho mais desculpas, vou conhecê-lo! E criei expectativas altíssimas. Pois é, vocês sabem muito bem o que acontece quando a gente cria expectativas…

“Na noite em que o escritor best-seller Vinícius Becker lançou A Máquina de Contar Histórias, o novo romance e livro mais aguardado do ano, sua esposa Viviana faleceu sozinha num quarto de hospital. Odiado em casa por tantas ausências para cuidar da carreira literária, ele vê o chão se abrir sob seus pés. Sem o grande amor da sua vida, sem o carinho das filhas, sem amigos… O lugar pelo qual ele tanto lutou revela-se aquele em que nunca desejou estar. Vinícius teve o mundo nas mãos, e agora, sozinho, precisa se reinventar para reconquistar o amor das filhas e seu espaço no coração da família V. Uma história emocionante, cheia de significados entrelaçados pela literatura, mostrando que o amor de um pai, por mais dura que seja a situação, nunca morre nem se perde.” Fonte

Escrever é muito mais do que uma profissão. É uma atitude de amor, de entrega ao que se quer contar.




Resenha: Eleanor & Park

Quando a Novo Século disponibilizou esse livro, eu imediatamente solicitei para leitura. Sim, muito motivada pela maravilhosa resenha que a Lany postou aqui e confesso que vai ser difícil falar de Eleanor & Park novamente sem soar repetitivo e redundante, porque realmente você cai de amores pela história. Mas, uma vez que o livro foi enviado e é a tradução oficial, acho mais do que justo postar aqui as minhas observações.

ELEANOR_E_PARKSinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo. Fonte

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...