Posts com a tag ‘sessão da tarde’


Resenha: Não é errado ser feliz

Ficha técnica:

Nome: Não é errado ser feliz

Autor: Linda Holmes

Páginas: 304

Editora: Intrínseca

Em uma cidadezinha costeira do estado americano do Maine, Evvie Drake raramente sai de sua casa enorme e vazia, mesmo um ano após a morte do marido. Todos na cidade, inclusive Andy, seu melhor amigo, acreditam que ela fica trancada ali porque ainda está em processo de luto — e Evvie certamente não faz nada para mudar essa impressão. Já em Nova York, Dean, ex-arremessador profissional e amigo de infância de Andy, vive o pior pesadelo de um atleta em sua posição: não consegue mais arremessar e, o pior de tudo, não faz ideia do motivo. Enquanto a imprensa trata de cobrir seu fracasso com uma insistência voraz, o convite de Andy para que passe um tempo no Maine parece a oportunidade perfeita para recomeçar.

Quando Dean se muda para o apartamento anexo à casa de Evvie, os dois fazem um acordo: ele não fará perguntas sobre o ex-marido dela, e ela não vai perguntar sobre a carreira dele no beisebol. Mas na vida, como no esporte, tudo pode mudar, até o último segundo. E assim tem início uma inesperada amizade… com potencial de se tornar algo mais. Continue lendo…




Resenha: Confissões de uma Terapeuta

Confissões de uma TerapeutaFicha técnica:

Nome: Confissões de uma terapeuta

Autor: Renata Lustosa

Páginas: 306

Editora: Lura Editorial

Melissa Belinque é uma garota planejada. Muito planejada. Apaixonada por seu melhor amigo e formada em Psicologia, ela é uma terapeuta especializada em relacionamentos, mas que nunca esteve em um.

O que fazer quando, numa reviravolta do destino, Melissa descobre que uma de suas pacientes está apaixonada pelo mesmo homem que ela?

Ela terá que correr atrás do prejuízo e impedir que o grande amor de sua vida e seus planos para o futuro sejam mandados para as cucuias.

Um chick lit divertido sobre uma protagonista com problemas de ansiedade, um pouquinho acima do peso, lutando contra as armadilhas da própria mente. Fonte

Olá! Hoje eu quero contar pra vocês o que achei dessa leitura. Não é novidade que eu adoro chick-lits – até demais! rs E tive a oportunidade de ler essa belezinha já tem um tempinho, então agora vamos ao que interessa!

Continue lendo…




Resenha: Teto para dois

Ficha técnica

Título: Teto para dois

Autora: Beth O’Leary

Tradutora: Carolina Selvatici

Páginas: 400

Editora: Intrínseca

Compre aqui

Sinopse: Três meses após o término do seu relacionamento, Tiffy finalmente sai do apartamento do ex-namorado. Agora ela precisa para ontem de um lugar barato para morar. Contrariando os amigos, ela topa um acordo bastante inusitado.

Leon está enrolado com questões financeiras e tem uma ideia pouco convencional para arranjar dinheiro rápido: sublocar seu apartamento, onde fica apenas no período da manhã e da tarde nos dias úteis, já que passa os finais de semana com a namorada e trabalha como enfermeiro no turno da noite. Só que tem um detalhe importante: o lugar tem apenas uma cama.

Sem nunca terem se encontrado pessoalmente, Leon e Tiffy fecham um contrato de seis meses e passam a resolver as trivialidades do dia a dia por Post-its espalhados pela casa. Mas será que essa solução aparentemente perfeita resiste a um ex-namorado obsessivo, uma namorada ciumenta, um irmão encrencado, dois empregos exigentes e alguns amigos superprotetores?

Teto para dois tem toda aquela sinopse de um bom romance afinal… Como assim dividir uma cama sem nunca terem se conhecido? Foi nessa situação inusitada que Leon e Tiffy se encontraram. Leon estava com problemas financeiros e como ele é enfermeiro, resolve sublocar o apartamento no período da noite e nos finais de semana. Já Tiffy se separou do seu ex-namorado e resolve sair do apartamento dele só que ela também não tem muito dinheiro disponível para um aluguel. Parece uma união perfeita, se não fosse um detalhe: o lugar tem apenas uma cama e a namorada de Leon é muito ciumenta e faz com que o acordo seja fechado, porém sem os dois se encontrarem “ao vivo”…

~ Dica: acompanhe nosso Instagram e fique por dentro das resenhas e indicações em primeira mão! ~

Continue lendo…




Resenha: Lendo de cabeça para baixo

Ficha Técnica:

Título: Lendo de cabeça para baixo

Autor: Jo Platt

Tradutor: Angela Pessôa

Páginas: 288

Editora: Fábrica231

A felicidade parecia estar batendo à porta de Rosalind Shaw naquele que deveria ser o dia mais feliz da vida dela. Abandonada no altar, sem qualquer explicação ou justificativa, a jovem mergulha numa depressão sem fim, daquelas de passar dias e dias largada à frente da TV, sem força para sair do sofá. Até que um dia seu amigo Tom propõe que ela se torne coproprietária de uma loja de livros antigos, numa cidade do interior. Ro aceita a proposta e se torna sócia de Andrew, o reservado amigo de Tom, e conhece novos amigos, capazes de mudar a vida dela para sempre. Uma história leve e divertida sobre sentimentos feridos e mal-entendidos, equívocos e perdões. Fonte

Às vezes eu leio uma indicação de leitura e fico imaginando se ela não foi feita diretamente para mim. Esse foi o caso com Lendo de Cabeça para baixo. Eu li a resenha dele e achei que era a minha cara, fui lá logo após ler e comprei (sou dessas). Também sou dessas que compra e deixa o livro (no caso, e-book), de molho por algum tempo até pegar pra ler.

Continue lendo…




Resenha: O caso da mansão Deboën

Ficha técnica:

Nome: O Caso da mansão Deboën

Autor: Edgar Cantero

Tradutor: Giu Alonso

Páginas: 352

Editora: Intrínseca

Compre aqui

Eles se conheceram na infância, nas férias em Blyton Hills – a cidade debruçada no lago mais enigmático que uma criança poderia imaginar. Anos depois, Andy é uma mulher extremamente solitária e sente que não se encaixa em lugar algum; Kerri busca consolo para seus medos e complexos na bebida; Nate se interna voluntariamente em hospitais psiquiátricos e tem a constante companhia do fantasma de Peter, o amigo que se tornara um astro de Hollywood mas morreu de overdose. Nenhum dos quatro podia imaginar que seu futuro seria fadado ao fracasso por conta de uma aventura adolescente envolvendo a Mansão Deboën.

Mais de uma década antes, em 1977, eles eram apenas quatro jovens inquietos, acompanhados de um simpático cachorro, quando foram até o lago da cidade de Blyton Hills para desvendar um mistério. Em vez de monstros assustadores e espíritos vingativos, o Clube dos Detetives de Blyton, como eles se intitulavam, descobriu que tudo não passava da tramoia de um criminoso fantasiado. Mas o que eles viram e ouviram naquele dia jamais deixa de aterrorizá-los.

Com a vida estagnada e imersa em um caos insuportável, Andy se convence de que é preciso enfrentar o passado que não os permite seguir em frente. O grupo então se reúne para tentar entender o que realmente aconteceu naquele fatídico verão e, desta vez, terão certeza de que a resposta é muito mais macabra e perigosa do que imaginavam.

Uma narrativa que celebra a nostalgia dos anos 1990, a amizade e os fantasmas (reais ou não) que precisamos enfrentar para superar maldições e maus agouros, O Caso da Mansão Deboën une doses do terror consagrado por H.P. Lovecraft ao humor sagaz das clássicas histórias de detetives juvenis, popularizadas por produções como Scooby-Doo.

Continue lendo…