Posts com a tag ‘sessão da tarde’


Resenha dupla: O Pessegueiro

O Pessegueiro foi o nosso primeiro livro que recebemos de parceria com a Editora Planeta e também foi nossa primeira leitura da autora Sarah Addison Allen. Esse é um romance leve e agradável, porém não muito empolgante, que foca bastante nos relacionamentos dos personagens ao mesmo tempo que mistura uma trama de mistério com um toque sobrenatural. Vamos lá saber o que a Karen e a Lucy acharam do livro?

“Willa Jackson vem de uma antiga família que ficou arruinada gerações antes. A mansão Blue Ridge Madam, construída pelo bisavô de Willa durante a época área de Walls of Water, e outrora a mais grandiosa casa da cidade, foi durante anos um monumento solitário à infelicidade e ao escândalo. Mas Willa soube há pouco que uma antiga colega de escola – a elegante Paxton Osgood – da abastada família Osgood, restaurou a Blue Ridge Madam e a devolveu à sua antiga glória, tencionando transformá-la numa elegante pousada. Talvez, por fim, o passado possa ser deixado para trás enquanto algo novo e maravilhoso se ergue das suas cinzas. Mas o que se ergue, afinal, é um esqueleto, encontrado sob o solitário pessegueiro da propriedade, que com certeza irá fazer surgir coisas terríveis. Pois os ossos, pertencentes ao carismático vendedor ambulante Tucker Devlin, que exerceu os seus encantos sombrios em Walls of Water setenta e cinco anos antes, não são tudo o que está escondido longe da vista e do coração. Surgem igualmente segredos há muito guardados, aparentemente anunciados por uma súbita onda de estranhos acontecimentos em toda a cidade.” Fonte

Quando você é adolescente, seus amigos são sua vida. Quando você cresce, as amizades ficam cada vez mais distantes, até parecer um luxo, uma frivolidade, como um banho de espuma.




Resenha: Época de morangos

Época de morangos“Um dia, aos 13 anos, Jordana vê de longe um rapaz e tem a certeza que ele é seu Príncipe Encantado – um desconhecido que é o mais lindo e perfeito garoto do mundo. Um tempo depois, descobre que ele estuda na sua própria escola, porém é mais novo que ela, e nem sonha com namoradas ou amor. O tempo vai passando, e aos poucos os dois vão descobrindo as dores e as delícias da adolescência e juventude, e entre encontros e desencontros, buscam a felicidade ao lado do verdadeiro amor, que pode nascer à primeira vista, mas durar para sempre.”

 

Não, eu ainda não roubei a coluna da Cuca para mim, mas eu realmente sou uma ótima Cuquete. As minhas últimas resenhas só estão sendo de livros nacionais e a de hoje não vai ser diferente. Época de Morangos foi escrito pela pernambucana Rafaella Vieira e publicado pela Editora Gutemberg. Quando nós separamos os lançamentos e eu fiquei com esse livro, logo pensei “É, realmente estou na época de ler livros adolescentes!”.

Continue lendo…




Resenha: Até eu te encontrar

Até eu te encontrar“O quanto uma mudança de cidade pode afetar uma vida? Você acredita em alma gêmea? Como você se sentiria se não gostasse do grande amor da sua vida? É o que Flávia vai descobrir ao deixar Lavras, onde mora com os tios desde o acidente que matou seus pais, quando era criança. Aos dezoito anos, ela decide estudar Agronomia na Universidade Federal de Viçosa, trocando o sul de Minas pela Zona da Mata do mesmo Estado na esperança de uma “mudança de ares”. Em sua nova vida, ela conhece Sônia, amiga de infância de sua mãe e agora sua vizinha, que lhe conta a história de sua família materna, até então desconhecida para Flávia. Embora o passado não seja sua maior preocupação, Flávia reluta em aceitar seu destino e ainda precisa superar uma paixão não correspondida pelo seu melhor amigo. Para se ver livre dessa rejeição, ela tenta atrair sua alma gêmea para Viçosa e descobre que o grande amor de sua vida é uma pessoa que ela não suporta”.

Eu recebi o livro Até eu te encontrar através da parceria da Novo Conceito na Bienal do ano passado. Mas vocês  com certeza já conhecem o drama de ter mais livros do que nós conseguimos ler. Na Maratona Literária, resolvi finalmente retirá-lo da estante.

Continue lendo…




Resenha: Ah, o verão!

Ah o verão“Uhuuu! Enfim, férias! Camila (ou Mila para os íntimos) estava preparada para curtir com as amigas o verão carioca. Festinhas, clube, praia, noitadas, churrascos… ufa! E Mila também não queria perder a oportunidade de se aproximar e conhecer melhor Rafael, o menino com quem tanto sonhava. Mas como na vida nem tudo são flores, a mãe de Camila já havia bolado outra ideia para o mês de janeiro: viajar. O destino? Búzios. Além de não poder colocar em prática o plano arquitetado para conquistar o coração do Rafa, Mila também teria de conviver com Juliana, uma menina que era o oposto de todas as amigas do seu grupo. Arrasada, partiu para Búzios (fazer o quê?) acreditando que aquelas férias seriam as piores da sua vida. Ela só não imaginava que… Que onda aquele verão reservava para ela? Novas amizades, calor, praia, gargalhadas, micos homéricos e muitos, muitos frios na barriga e arrepios no pescoço. Quem nunca viveu um amor de verão descobrirá com a Camila como é passar por essa experiência que dá uma vontade danada de viver de férias para sempre. Quem sabe como é, com certeza terá um prazer enorme em relembrar aquele pôr-do-sol e as noites estreladas de um verão inesquecível. Três amigas, dois corações apaixonados e um romance inesquecível. Ah, o verão promete!”

Pois é, eu estou totalmente na fase de ler romances adolescentes. Quando a Editora Valentina falou sobre “Ah, o verão!”, o primeiro livro da série As Quatro Estações do Ano, da Fernanda Belém, eu fiquei muito curiosa. Afinal, esse ano eu já li mais livros de escritores brasileiros do que de outros países. Por que não adicionar mais uma na lista?

Ah, o verão! acompanha as férias de janeiro de Camila Garcia Campos, ou melhor, Mila. Ela já tinha vários planos para sair com os seus amigos no Rio do Janeiro, mas a sua mãe é categórica: ela tem que ir a Búzios com eles e ficar lá durante os 15 dias. Ela acha um absurdo ter que fazer essa viagem e considera essa oportunidade um castigo. Afinal, Mila tem 15 anos e todas as emoções com essa idade são bem maiores do que deveriam ser. Ainda mais porque ela está apaixonadinha pelo Rafael, um menino mais velho da escola, e ela acha que poderia conhecê-lo melhor nessa época… Mas Mila vai descobrir que essas férias podem ser mais do que perfeitas!

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: O Clube dos Herdeiros

Semana passada eu e a Cuquete resenhamos Aristocracia Perdida, o prólogo desse livro, que conta a história dos pais da geração retratada em O Clube dos Herdeiros, de Fabiana Madruga (curiosos? Leia a resenha aqui!). Nós demos uma discreta surtada naquela resenha e esperamos tê-los deixado bem curiosos para o livro! Porque, se eu e a Lany adoramos o conto, imagina o livro! Por isso, segurem-se em seus fusquinhas Porsches ou qualquer outro carrão, porque essa resenha vai ser ainda mais surtada! E como eu achei o livro fofo… bem, pode ser que um meteoro caia sobre nossas cabeças em breve. Corram para as colinas e leiam essa resenha! Vocês já leram em alguma resenha a Karen chamar algum livro de fofo? Não? Nem eu! Então realmente, preparem-se porque o mundo vai acabar. O fim está próximo, queridos. Aproveitem para pegar o próximo avião para Paris!

“Hoje deve ser seu dia de sorte. Sim, é com você que estou falando! Ao virar a próxima página, será como se tivesse ganhado um passe livre, uma tão cobiçada credencial, um passaporte com visto para um mundo que mal se vê pela fechadura. Você poderá conhecer cada um dos membros da nova aristocracia do Rio de Janeiro e saber o que realmente se passa na vida, na cabeça e no coração deles (e eu aposto como você jurou que isso nem existia!). Só me sinto na obrigação de te alertar a respeito do principal perigo que ameaça aqueles que se julgam sortudos por cruzar essa linha: você vai descobrir que as coisas podem não ser como você imaginava, e ter vontade de correr de volta para o seu mundo seguro, que antes pareci a tão medíocre. Mas não precisa correr tanto. No meio do caminho eu sei que você vai dar meia-volta e perceber que não vai mais a lugar nenhum. O Clube dos Herdeiros pode não ser nada parecido com um conto de fadas… mas não há como não se apaixonar perdidamente por ele! Pense bem antes de aceitar o convite: existem festas que duram a vida inteira…” Fonte

Leia, leia, leia!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 10 de 13« Primeira...89101112...Última »