Posts com a tag ‘sessão da tarde’


Resenha: Procura-se um Marido

Eu adquiri Procura-se um Marido como encomenda que fiz pela Lany na Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Pois é, o livro chegou e ele acabou indo para a minha pilha de livros infindável!

Mas aí aproveitei duas coisas: Uma foi o Desafio realmente Desafiante 2014, promovido pela Clícia do blog Silêncio que eu to lendo. O item é o item 11. Ler um livro nacional. Outra foi a Maratona Brasuca, promovida pelo Por essas Páginas + blogs amigos.

Bem, não consegui atingir minha meta na Maratona, mas ela me incentivou a tirar esse livro da pilha e me ajudar na minha meta de leitura anual e com o desafio. O que eu achei do livro vocês vão ler agora.

Procura-se um maridoSinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha. Fonte

Continue lendo…




Resenha: A Lua de Mel

Não sei se já perceberam, mas eu AMO os livros da Sophie Kinsella. Não canso de ler e reler suas histórias, todas cheias de romantismo e comédia. Então eu meio que implorei para a Lany me passar o livro para ler e fiquei tão, tão feliz! *___*

A_LUA_DE_MELSinopse: Ao se dar conta de que o namorado nunca vai pedir sua mão em casamento, Lottie toma uma decisão. Termina o compromisso com ele e diz o tão sonhado sim a Ben, uma antiga paixão, com quem ela havia prometido se casar se ambos ainda estivessem solteiros aos 30 anos. Os dois então resolvem pular o namoro e ir direto para uma cerimônia simples e seguir para a lua de mel em Ikonos, a ilha grega onde eles se conheceram. Mas Fliss, a irmã mais velha da noiva, acha que Lottie enlouqueceu. Já Lorcan, que trabalha na empresa de Ben, teme que o casamento destrua a carreira do amigo. Fliss e Lorcan então elaboram um plano para sabotar a noite de núpcias do casal e impedir que os noivos cometam o maior erro de suas vidas. Fonte

Continue lendo…




Resenha: Anjos à mesa

Anjos à mesa“Shirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável — especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de fim de ano da Times Square. Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por “acidente”, Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não?”

Anjos à Mesa é um livro que se passa no Natal e é claro que seria legal ter lido nessa época, mas…  É para isso que serve a imaginação, certo? Eu o escolhi porque eu gosto muito de romances com esse tema. Tanto a Lucy quanto a Karen já haviam lido livros da Debbie Macomber (resenhas aqui) e por isso eu já sabia o que esperar e assim não me decepcionei tanto com ele.

Continue lendo…




Resenha: Eleanor & Park

Quando a Novo Século disponibilizou esse livro, eu imediatamente solicitei para leitura. Sim, muito motivada pela maravilhosa resenha que a Lany postou aqui e confesso que vai ser difícil falar de Eleanor & Park novamente sem soar repetitivo e redundante, porque realmente você cai de amores pela história. Mas, uma vez que o livro foi enviado e é a tradução oficial, acho mais do que justo postar aqui as minhas observações.

ELEANOR_E_PARKSinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo. Fonte

Continue lendo…




Resenha: A Bandeja

DESPERTAR“Aos 18 anos, Angelina está prestes a viver o maior desafio de sua vida: sair de Petrópolis para estudar no Rio de Janeiro, deixando para trás os cuidados e a proteção de seus pais. Assim que se instala na república de estudantes e começa a assistir às aulas, a jovem percebe que as dificuldades serão muitas. Ela divide um quarto com uma colega desorganizada, uma frequentadora assídua de festas e chopadas que vive cercada de más companhias. Além disso, as condições das instalações da faculdade são precárias e os professores não parecem comprometidos. Angelina já está desanimando de sua nova vida quando esbarra no lindo Alderico – ou Rico –, um cara capaz de fazer qualquer garota perder o fôlego. O que ela não poderia imaginar era que Rico é seu professor de linguística e se interessaria por ela também. Deslumbrada com a descoberta da paixão e certa de que Rico é seu grande amor, Angelina se joga de cabeça nessa relação, ignorando todos os conselhos que recebera dos pais a vida inteira. Ao mesmo tempo ela começa a ter sonhos que não consegue entender: homens lhe oferecem objetos numa bandeja e, logo depois que Angelina aceita seus presentes, eles se transformam em feras e desaparecem numa floresta.”

Logo quando a Editora Arqueiro anunciou o lançamento de A Bandeja, primeiro livro da série Despertar, da Lycia Barros, eu fiquei muito curiosa. A Karen já fez a resenha de um dos livros dela aqui e eu sempre quis conhecer essa escritora, exatamente por causa desse e de vários outros elogios que eu li. Inclusive esse foi um dos livros que eu escolhi para a Maratona Literária e foi um dos únicos que eu consegui terminar a leitura. Infelizmente eu encontrei vários problemas durante o caminho…

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...