Posts com a tag ‘sick-lit’


Resenha: Eu, Você e a Garota que vai Morrer

EUN_VOCE_E_A_GAROTA_QUE_VAI_MORRERLivro que deu origem ao filme vencedor do Festival Sundance 2015, nas categorias Público e Crítica, com estreia marcada para 12 de junho nos EUA, Eu, você e a garota que vai morrer é uma mistura perfeita entre drama e humor e um retrato preciso da adolescência em face do amadurecimento. Na trama, Greg tem apenas um amigo, Earl, com quem passa o tempo livre jogando videogame e (re)criando versões bastante pessoais de clássicos do cinema, até a sua mãe decidir que ele deve se aproximar de Raquel, colega de turma que sofre de leucemia. Contrariando todas as expectativas, os três se tornam amigos e vivem experiências ao mesmo tempo tocantes e hilárias, narradas com incrível talento e sensibilidade. Crossover com enorme potencial no segmento young adult, o romance é perfeito para fãs de livros e filmes como A culpa é das estrelas e As vantagens de ser invisível. Fonte

Continue lendo…




Resenha: A Mais Pura Verdade

Recebemos da Novo Conceito uma pequena prova do livro – uma amostra – e depois o livro completo. Eu queria ter lido já antes a provinha, mas por falta de tempo, acabei pegando o livro já finalizado para ler. A Mais Pura Verdade é o tipo de livro que eu adoro: um drama, uma doença, amor e amizade, enfim, um sick-lit. Não tem jeito, sempre sou atraída para esses livros, eles (quase sempre) me emocionam profundamente. E era essa sensação que eu esperava com esse livro. Um menino doente e confuso, um cachorro amigo e fiel. Encontrei emoção? Encontrei. Mas talvez não como esperava.

“Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.
Mas, em certo sentido um sentido muito importante, Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier. Nem que seja a última coisa que ele faça.
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.” Fonte

Viver com medo não é jeito de se viver.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 1 de 11