Posts com a tag ‘Suspense’


Em outras palavras: Conte-me seus sonhos

A coluna Em outras palavras dessa vez volta com a resenha da Amanda Soares (superamorinha). Ela entrou em contato conosco via e-mail, mostrou-nos seu blog e expressou seu desejo de escrever uma resenha para o Por Essas Páginas. Nessa coluna o espaço é aberto para quem quiser resenhar seus livros favoritos! Quem estiver interessado deve apenas mandar um e-mail para a gente via contato@poressaspaginas.com. Aproveitem a resenha da Amanda!

conte me seus sonhos“Uma trama magnética que envolve o leitor do início ao fim. Ao investigar uma série de assassinatos brutais que vêm acontecendo em diversas partes do mundo, a polícia descobre ligações entre os crimes e as belas Ashley, Tony e Alette, que passam a ser suspeitas dos assassinatos. A investigação se baseia em provas irrefutáveis, mas o advogado David Singer está disposto a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para defender suas jovens clientes, que juram inocência. Para isso, lança mão de provas médicas pouco usuais, relacionadas a questões psicológicas. Um livro com muitas reviravoltas e com todos os elementos que fizeram das obras de Sidney Sheldon um sucesso mundial: suspense, ação, sensualidade e temas polêmicos.” Fonte

Foi difícil escolher qual resenha fazer, por vários motivos, por exemplo, todos os livros que eu listei como possível opção já se fazia muito tempo que eu havia lido, então somente alguns flashes da história conseguia recordar, mas dentre todos eles á um que eu nunca vou me esquecer, foi o meu primeiro livro adulto e também o primeiro que me ajudou a amadurecer muito, tanto em conhecimento como no meu senso crítico.

Prepare-se para muito suspense e temas polêmicos.




Resenha: Tarântula

“Um cirurgião plástico renomado e a bela mulher prisioneira de suas vontades, a adolescente que se automutila em um hospício, o jovem acorrentado no porão obscuro depois de uma perseguição implacável, o assaltante fugitivo, condenado pelo próprio rosto. Um erro fatal do passado reunirá Richard Lafargue, Ève, Viviane, Vincent Moreau e Alex Barny na mesma teia. Neste thriller vertiginoso do francês Thierry Jonquet, não há limites para o horror e o desejo, construindo um romance que captura e envolve como uma aranha à sua presa.” Fonte

Essa é uma daquelas situações em que você vê um filme muito bom e no final descobre que ele na verdade é um livro – também muito, muito bom, talvez até muito melhor. Mas, nesse caso, posso dizer que ambos me satisfizeram: filme e livro, os dois são igualmente fantásticos, assustadores, perturbadores… apesar de algumas diferenças entre as duas obras.

Continue lendo…