Posts com a tag ‘terror’


Resenha: O Príncipe da Névoa

O que você faz quando está de ressaca literária? Bem, eu passei por uma terrível esse mês e a solução que encontrei foi: apanhar um livro de um dos meus autores favoritos na estante, esquecer por uns dias a pilha de leituras e mergulhar em um universo que eu tinha certeza que me emocionaria. E o resultado? Claro que emocionou, claro que o livro foi perfeito! Como não poderia ser, quando estamos falando de uma obra – e não qualquer uma, mas a primeira! – do magnífico Carlos Ruiz Zafón?

“A nova casa dos Carver é cercada por mistério. Ela ainda respira o espírito de Jacob, filho dos ex-proprietários, que se afogou. As estranhas circunstâncias de sua morte só começam a se esclarecer com o aparecimento de um personagem do mal – o Príncipe da Névoa, capaz de conceder qualquer desejo de uma pessoa, a um alto preço.” Fonte

Para mim Zafón é sinônimo de uma boa leitura. O Príncipe da Névoa foi o terceiro livro que li de sua autoria e, a exemplo dos outros livros dele que li, Zafón novamente não me decepcionou e, melhor ainda, conseguiu novamente me encantar e surpreender.

Ele não vai voltar.




Resultado: Sorteio Relâmpago do Dia das Bruxas

promoção_diadasbruxas

Aproveitaram o Dia das Bruxas, gente? E que tal saber quem ganhou o livro Caminhos do Medo – Volume II, da Editora Andross + marcadores e brindes surpresa? Clica e descobre, quem sabe foi você!

Continue lendo…




Promoção: Sorteio Relâmpago de Dia das Bruxas

promoção_diadasbruxas

Gente! Quem quer ganhar um livro de terror hoje nesse Dia das Bruxas? A Cuca aqui providencia pra vocês! Que tal ganhar Caminhos do Medo – Volume II, da Editora Andross + marcadores e brindes surpresa? Então clica e participa, mas fica de olho, a promoção vale só hoje, dia 31 de outubro!

Continue lendo…




Resenha: Maratona Brasuca

Olá caros leitores, tudo bem? Estou aqui dessa vez para fazer um resumão da semana brasuca, a qual, infelizmente, não teve um saldo positivo e nenhum livro digno de merecer resenha individual. Então desculpem, mas vou afogar vocês em nada menos que três resenhas de um gole só.

“Então vamos descer essa pinga amarga.




A Cuca Recomenda: Todo dia é dois de novembro

“Brasil. Dias atuais. Um vírus de origem desconhecida se alastrou, fugindo do controle das autoridades. Aqueles que antes estavam mortos agora caminham sobre a terra. Aqueles que ainda estão vivos lutam para não serem devorados e se metamorfosearem em monstros. Dois contos, duas histórias; não sobre mortos-vivos, mas sobre sobrevivência. O que você faria se todo o dia fosse o dia dos mortos?” Fonte

Todo dia é dois de novembro foi o último livro que li na Maratona Brasuca. Ele me atraiu primeiro pela capa, que achei muito bem feita, visto que é um livro independente, segundo por serem zumbis (eu nem gosto desses caras né?) e terceiro porque um dos autores é o Samuel Cardeal (citei-o nesse Top Ten Tuesday), e eu já estava há um tempinho querendo ler algo dele. Mas e aí, será que A Cuca Recomenda?

Todo dia é dia dos mortos.