Posts com a tag ‘Vampiros’


Resenha dupla: The Fiery Heart, Richelle Mead

TFHATENÇÃO: Essa resenha contém spoilers de BloodlinesThe Golden Lily e The Indigo Spell.

Essa semana foi lançado o quarto livro da série Bloodlines, The Fiery Heart. E para fechar o nosso especial dessa série (que começou com o Read-Along dos livros anteriores), vamos fazer uma resenha dupla! Como sempre, meus comentários estarão em vermelho e os da Vania em roxo.

Tanto a Vania como eu estávamos muito ansiosas por esse lançamento. No dia anterior  nós ficamos entrando direto nas lojas digitais para saber se o livro já estava disponível (e não, não estava). Mas o dia 19 de Novembro finalmente chegou e nós começamos a ler. Por diferenças no fuso horário, novamente eu comecei a ler mais cedo do que a Vania, então acabei torturando ela um pouquinhos com as minhas mensagens. Mas tudo bem, porque nós duas só paramos de ler quando acabamos o livro no mesmo dia em que ele havia sido lançado. Pra vocês terem uma ideia, eu acordei às 4:30 da manhã com as mensagens abaixo. Mas tudo bem, porque mesmo que eu ainda tenha voltado a dormir por um tempo, logo eu estava completamente acordada novamente e pronta pra embarcar no capítulo seguinte das aventuras de Sydney e Adrian, mesmo sabendo que iria doer. 

Continue lendo…




Resenha: Metamorfose?

Atenção: Essa resenha contém spoilers do primeiro livro da série, Alma?!

metamorfose“Alexia Maccon, a esposa do Conde de Woolsey, é arrancada do sono cedo demais, no meio da tarde, porque o marido, que deveria estar dormindo como qualquer lobisomem normal, está aos berros. Dali a pouco, ele desaparece – deixando a cargo dela um regimento de soldados sobrenaturais acampados no jardim, vários fantasmas exorcizados e uma Rainha Vitória indignada. Mas Lady Maccon conta com sua fiel sombrinha, seus artigos da última moda e seu arsenal de respostas mordazes. Mesmo quando suas investigações a levam à Escócia, o cafundó do Judas onde abundam abomináveis coletes, ela está preparada e acaba provocando uma verdadeira reviravolta na dinâmica da alcateia, como só uma preternatural é capaz de fazer. Talvez até encontre tempo para procurar seu imprevisível marido. Mas apenas se… lhe der vontade.”

Quando a Editora Valentina disse que poderíamos pedir na parceria o livro “Metamorfose?” eu quase saí dançando pela casa, porque eu adorei Alma? e estava muito curiosa para saber como que seria a continuação das aventuras da Alexia. É claro que por causa de na maioria das séries o segundo livro ser o que eu menos gosto, eu fiquei com um pouco de medo… Mas Metamorfose? conseguiu manter o ritmo e ainda por cima superou Alma?!

Continue lendo…




Resenha: Ladrão de Almas

Ganhei esse livro no ano passado, em uma promoção, e por muito tempo me esqueci dele. Durante todo esse tempo, o blog se tornou parceiro da Novo Conceito e aí, recentemente, houve o lançamento do livro Refém da Obcessão, continuação da série, e aí voltei a olhar para Ladrão de Almas. Resolvi lê-lo sem esperar nada dele e tive como recompensa uma ótima leitura! ‘Bora lá saber como logo eu fui gostar tanto de um livro que trata de romance sobrenatural e… vampiros?!

“No turno da noite de um hospital no estado do Maine, o Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas, no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos. Lanny não é como as outras pessoas que Luke conheceu. E Luke fica, inexplicavelmente, atraído por ela… Mesmo sendo suspeita de assassinato; e conforme Lanny conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassam tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido. Seu relato apaixonado começa na virada do século 19 na mesma cidadezinha de St. Andrew, quando ainda era um templo puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny fará qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela tem de pagar é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação depende totalmente de seu passado. De um lado um romance histórico, de outro uma narrativa sobrenatural, Ladrão de Almas é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional, não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir. E revela como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.” Fonte

Ou talvez não houvesse necessidade de encontrar o demônio, de fazer o maldito contrato, de assinar meu nome com sangue. Talvez eu já tivesse feito isso.




Resenha: Alma?

ALMAAlexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta.
E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e lobisomem) para investigar o ocorrido.

Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e… será que vai ter torta de melado?

Alma? como já diz na capa é um romance sobre vampiros, lobisomens e sombrinhas. Vocês devem estar pensando “Ah não, criaturas sobrenaturais novamente!”. Mas eu posso garantir que Alma? é um livro muito diferente dos outros que tratam do mesmo tema. Na capa mesmo nós já temos o motivo disso: “A série de steampunk mais cultuada do mundo”. E eu fiquei me perguntando: Mas o que é steampunk? Então fui ao Google e descobri:

Ai ai ai os lobisomens…




Resenha: The Indigo Spell (Bloodlines #3)

indigo_spell_capaATENÇÃO: Além de spoilers de Bloodlines e The Golden Lily, os dois primeiros livros da série, essa resenha contém ALTOS NÍVEIS de fangirling.

Essa semana foi lançado o terceiro livro da série Bloodlines (Laços de Sangue, com lançamento previsto para Junho/13 pela Editora Seguinte). Esse é um título que tanto a Lany quanto eu esperamos ansiosamente desde Junho de 2012, quando o segundo volume da série saiu aqui nos Estados Unidos. É o tipo de livro pelo qual nós fazemos contagem regressiva, que nos deixa de ressaca literária por um bom tempo após sua leitura. É aquele livro que a gente compra o ebook pra podermos fazer o download dele à meia-noite e já começar a ler. Como o livro foi lançado terça-feira – e nada de Carnaval por aqui – eu tive aula normal na universidade e por isso fui torturada pela Lany (que terminou de ler bem antes de mim) pelo twitter. Chegando em casa, não pude ficar atrás, e embora eu tivesse dois artigos para escrever, deixei meu lado Sydney Sage de lado e embarquei logo nas páginas de The Indigo Spell.

what do you think, buttercup?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 3 de 512345