Posts com a tag ‘Young Adult’


Resenha: Lobo por Lobo

Conheci Ryan Graudin com o brilhante A Cidade Murada, que li ano passado (resenha aqui). Quando vi Lobo por Lobo, não dei muito por ele, mas ao perceber o nome da autora na capa, quis lê-lo sem pensar duas vezes (sem nem ler direito a sinopse, aliás). Foi a melhor coisa que fiz. Ryan Graudin é daquelas autoras que você deve ler obrigatoriamente, sem piscar, até mesmo sua lista de compras no supermercado. E Lobo por Lobo, por sua vez, é um livro empolgante, que traz à tona questionamentos complexos, sobretudo a pergunta: “E se?”

(Aliás, eu adoro tanto essa pergunta que também a exploro em meus próprios livros. E aqui, nesse livro, ela é ainda mais aterrorizante.)

lobo-por-lobo“O Eixo ganhou a Segunda Guerra Mundial, e a Alemanha e o Japão estão no comando. Para comemorar a Grande Vitória, todo ano eles organizam o Tour do Eixo: uma corrida de motocicletas através das antigas Europa e Ásia. O vencedor, além de fama e dinheiro, ganha um encontro com o recluso Adolf Hitler durante o Baile da Vitória. Yael é uma adolescente que fugiu de um campo de concentração, e os cinco lobos tatuados em seu braço são um lembrete das pessoas queridas que perdeu. Agora ela faz parte da resistência e tem uma missão: ganhar a corrida e matar Hitler. Mas será que Yael terá o sangue frio necessário para permanecer fiel à missão?” Fonte

Yael engoliu em seco. Cinco lobos. Quatro lembranças e um lembrete.




Top Ten Tuesday: Dez motivos para ler Metrópole: Despertar

ttt2013

O Top Ten Tuesday de hoje seria REWIND, mas eu estava com preguiça de escolher um tópico antigo, então pensei, que tal fazer um FREEBIE? Bem, aqui estamos. Problema 1 resolvido, vamos ao problema 2: tema.

Eis que duas coisas aconteceram essa semana. 1. Metrópole: Despertarde Melissa de Sá entrou em pré-venda na sexta-feira passada no site da Editora Draco. 2. A Melissa de Sá faz aniversário hoje (Parabéns, Mel! \o/ Comprem os livros dela para fazer uma autora feliz!). Bem, eu já queria fazer uma resenha desse livro fantástico há algum tempo (sim, eu li antes, meus amigos, eu tenho esse superpoder), então… por que não um Top Ten Tuesday-Resenha para agitar as coisas?

Então venham descobrir os dez motivos para ler Metrópole: Despertar, esse livro foda que você mal conhece, mas vai gostar pacas.

O Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish.

Continue lendo…




Resenha: O Oráculo Oculto

apolo“Como você pune um deus imortal? Transformando-o em humano, claro! Depois de despertar a fúria de Zeus por causa da guerra com Gaia, Apolo é expulso do Olimpo e vai parar na Terra, mais precisamente em uma caçamba de lixo em um beco sujo de Nova York. Fraco e desorientado, ele agora é Lester Papadopoulos, um adolescente mortal com cabelo encaracolado, espinhas e sem abdome tanquinho. Sem seus poderes, a divindade de quatro mil anos terá que descobrir como sobreviver no mundo moderno e o que fazer para cair novamente nas graças de Zeus.
O problema é que isso não vai ser tão fácil. Apolo tem inimigos para todos os gostos: deuses, monstros e até mortais. Com a ajuda de Meg McCaffrey, uma semideusa sem-teto e maltrapilha, e Percy Jackson, ele chega ao Acampamento Meio-Sangue em busca de ajuda, mas acaba se deparando com ainda mais problemas. Vários semideuses estão desaparecidos e o Oráculo de Delfos, a fonte de profecias, está na mais completa escuridão.
Agora, o ex-deus terá que solucionar esses mistérios, recuperar o oráculo e, mais importante, voltar a ser o imortal belo e gracioso que todos amam.”

O Oráculo Oculto é o primeiro livro da série As provações de Apolo, que é um spin-off de… Okay, eu já estou confusa com tantos livros que se passam no universo do Percy Jackson. Será que ele é um spin-off? Uma continuação? Mas enfim, Rick Riordan decidiu que não queria dar tchau para os semideuses e por isso voilà… Mais uma série foi criada. Eu vou ser bem sincera: eu fiquei na dúvida cruel se eu lia esse livro ou não. Sim, eu amo os personagens demais e o Apolo é um dos meus deuses favoritos mas… Em alguns momentos eu me pego refletindo se o Riordan já não deveria ter acabado a série, porque eu fico com a impressão que ela nunca vai acabar. Mas é aquela coisa: cada parte da série tem o seu final fechado e o leitor continua lendo se quiser. Eu tinha que decidir… E é claro que eu escolhi ler, se não essa resenha nem teria sido escrita! O primeiro aviso que eu dou é que, não, vocês não precisam ter lido os livros anteriores para poder ler O Oráculo Oculto. É claro que vocês vão perder muitas referências dos livros anteriores, mas o enredo é completamente compreensível. E nesta resenha eu não vou colocar spoilers dos outros livros (tirando é claro nome de personagens).

Continue lendo…




Resenha: Temporada de Acidentes

Estava bem curiosa para ler Temporada de Acidentes, de Moïra Fowley-Dowley, lançado recentemente pela Editora Intrínseca. A sinopse é muito instigante e tudo levava a crer que o livro sairia da mesmice de alguns Young Adults. Se tem algo que eu curto é quando um YA foge do lugar-comum e discute temas difíceis, em tramas mais voltadas ao suspense que ao romance. Temporada de Acidentes cumpre essa promessa? Cumpre. Mas não com o ritmo e o tipo de leitura que eu esperava.

temporadadeacidentes“Guardem as facas, protejam as quinas dos móveis, não mexam com fogo.
A temporada de acidentes vai começar.

Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram. A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores.
No meio de tudo, ainda há segredos de família e verdades dolorosas, que Cara está prestes a descobrir. Neste outubro, ela vai se apaixonar perdidamente e mergulhar fundo na origem sombria da temporada de acidentes. Por que, afinal, sua família foi amaldiçoada? E por que não conseguem se livrar desse mal?
Uma narrativa sombria, melancólica e intensa sobre uma família que precisa lidar com seus segredos e medos antes que eles a destruam.” Fonte

Continue lendo…




Resenha: O Círculo Rubi

Círculo rubi“Depois que Sydney Sage escapou das garras dos alquimistas, que a torturaram por viver um romance proibido com Adrian Ivashkov, o casal passou a viver exilado na Corte Moroi. Hostilizada por todos ao seu redor por ser uma humana casada com um vampiro, a garota quase não sai de casa e perde a noção do tempo, trocando o dia pela noite.
Mas logo Sydney se vê obrigada a abandonar seu refúgio, já que seu coração continua apertado desde que Jill Dragomir desapareceu. O sumiço da jovem princesa vampira coloca em risco toda a estabilidade política dos Moroi… Então quem estará por trás desse sequestro? Sydney precisa dar um jeito de trazer a amiga de volta — e ao mesmo tempo alcançar sua própria liberdade.”

Ah se vocês soubessem como é doloroso escrever essa resenha… Eu queria que o motivo fosse só porque esse é o último livro da série Bloodlines, que me fez ser uma fangirl como manda o figurino. Mas não, o que me dói mais é que eu não vou poder dar 5 estrelas para ele. Pois é, O círculo Rubi me decepcionou um pouco porque ele não foi o livro final que esse spin-off merecia. Se você não vai ler a resenha por causa dos spoilers (sim, ela tem spoilers dos livros anteriores da série), eu gostaria de deixa um ponto bem claro: mesmo assim, a série é uma das melhores que eu li até hoje então vale muito a pena.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...