Posts com a tag ‘Young Adult’


Resenha: Temporada de Acidentes

Estava bem curiosa para ler Temporada de Acidentes, de Moïra Fowley-Dowley, lançado recentemente pela Editora Intrínseca. A sinopse é muito instigante e tudo levava a crer que o livro sairia da mesmice de alguns Young Adults. Se tem algo que eu curto é quando um YA foge do lugar-comum e discute temas difíceis, em tramas mais voltadas ao suspense que ao romance. Temporada de Acidentes cumpre essa promessa? Cumpre. Mas não com o ritmo e o tipo de leitura que eu esperava.

temporadadeacidentes“Guardem as facas, protejam as quinas dos móveis, não mexam com fogo.
A temporada de acidentes vai começar.

Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram. A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores.
No meio de tudo, ainda há segredos de família e verdades dolorosas, que Cara está prestes a descobrir. Neste outubro, ela vai se apaixonar perdidamente e mergulhar fundo na origem sombria da temporada de acidentes. Por que, afinal, sua família foi amaldiçoada? E por que não conseguem se livrar desse mal?
Uma narrativa sombria, melancólica e intensa sobre uma família que precisa lidar com seus segredos e medos antes que eles a destruam.” Fonte

Continue lendo…




Resenha: O Círculo Rubi

Círculo rubi“Depois que Sydney Sage escapou das garras dos alquimistas, que a torturaram por viver um romance proibido com Adrian Ivashkov, o casal passou a viver exilado na Corte Moroi. Hostilizada por todos ao seu redor por ser uma humana casada com um vampiro, a garota quase não sai de casa e perde a noção do tempo, trocando o dia pela noite.
Mas logo Sydney se vê obrigada a abandonar seu refúgio, já que seu coração continua apertado desde que Jill Dragomir desapareceu. O sumiço da jovem princesa vampira coloca em risco toda a estabilidade política dos Moroi… Então quem estará por trás desse sequestro? Sydney precisa dar um jeito de trazer a amiga de volta — e ao mesmo tempo alcançar sua própria liberdade.”

Ah se vocês soubessem como é doloroso escrever essa resenha… Eu queria que o motivo fosse só porque esse é o último livro da série Bloodlines, que me fez ser uma fangirl como manda o figurino. Mas não, o que me dói mais é que eu não vou poder dar 5 estrelas para ele. Pois é, O círculo Rubi me decepcionou um pouco porque ele não foi o livro final que esse spin-off merecia. Se você não vai ler a resenha por causa dos spoilers (sim, ela tem spoilers dos livros anteriores da série), eu gostaria de deixa um ponto bem claro: mesmo assim, a série é uma das melhores que eu li até hoje então vale muito a pena.

Continue lendo…




Resenha: A Febre

A Febre foi minha primeira leitura de 2016. Eu o escolhi porque a sinopse prometia: garotas adolescentes começam a cair como moscas em uma escola. Qual seria a causa desses ataques? Teria a ver com o efeito colateral de uma vacina contra HPV ou algo muito mais sombrio? É impossível não ficar curioso. Coloquei outras opções de leitura de lado e comecei a ler. O veredito? Não é um livro ruim, mas também não é tão bom quanto eu pensava. Fica ali, no terreno incerto do “mais ou menos”.

afebre“Na Escola Secundária de Dryden, Deenie, Lise e Gabby formam um trio inseparável. Filha do professor de química e irmã de um popular jogador de hóquei da escola, Deenie irradia a vulnerabilidade de uma típica adolescente de 16 anos. Quando Lise sofre uma inexplicável e violenta convulsão no meio de uma aula, ninguém sabe como reagir.
Os boatos começam a se espalhar na mesma velocidade que outras meninas passam a ter desmaios, convulsões e tiques nervosos, deixando os médicos intrigados e os pais apavorados. Os ataques seriam efeito colateral de uma vacina contra HPV? Teriam a ver com o lago contaminado? Ou seria o início de algo muito pior?
Envoltos em teorias e especulações, o pânico rapidamente se alastra pela escola e pela cidade, ameaçando a frágil sensação de segurança daquelas pessoas, que não conseguem compreender a causa da doença terrível e misteriosa.” Fonte

Crescer parecia uma série de ‘depois’ atordoantes.




Resenha: A Princesa, O Cafajeste e O Garoto da Fazenda

Alguém disse Star Wars? \o/

starwars_ne“Ainda que a Aliança Rebelde tenha ganhado algumas batalhas contra o Império, a esperança está se esgotando. O Império está prestes a revelar a Estrela da Morte, uma estação bélica capaz de destruir planetas inteiros num piscar de olhos. Agora, o destino da galáxia está nas mãos de uma princesa,um cafajeste e um garoto da fazenda… Esta é uma versão de Star Wars: Uma nova esperança (episódio IV) como você nunca viu. A edição vem acompanhada de ilustrações incríveis e apresenta a história original a uma nova geração de leitores, assim como fornece uma perspectiva inédita para os fiéis fãs da saga. Cada parte da narrativa é contada pelo ponto de vista de um dos três protagonistas, se aprofundando nos conflitos desses heróis que se unem para combater o mal que ameaça toda a galáxia.” Fonte

Seu coração era uma estrela cuja luz, cujo calor, jamais esgotariam.




Resenha: Endgame – A Chave do Céu

Esse é um daqueles casos raros nos quais o segundo volume, surpreendentemente, é melhor que o primeiro. Sabe aquela história de “a maldição do segundo livro”? Pois é, ela definitivamente não existe aqui. Se em Endgame -O Chamado encontramos um livro inteligente, tenso e emocionante, a continuação Endgame – A Chave do Céu não só manteve o ritmo como deixou tudo ainda mais intenso e, por que não dizer, melhor!

endgame-ceu“Em Endgame: A Chave do Céu, o Jogo que definirá o futuro do planeta ganha um novo e eletrizante capítulo. No primeiro volume da série, O Chamado, conhecemos os doze Jogadores: seus medos, ensinamentos e o desejo implacável pela vitória.
Na busca pela primeira chave, alianças foram sacramentadas, segredos foram revelados e a morte inevitável chegou para alguns. Mas o Jogo continua, e agora os nove Jogadores remanescentes precisarão ser mais ágeis, inteligentes e cruéis, se quiserem salvar suas linhagens e a si mesmos. A Chave do Céu — onde quer que esteja, o que quer que seja — é a próxima meta. E nada será capaz de deter os Jogadores.” Fonte

A chave para o paraíso está dentro de cada ser humano. Somos todos deuses do universo que compartilhamos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...