Terça Livre: Bloqueios

 

Então, estou com um mega bloqueio. Tanto que não tenho postado muito aqui. Mas o lance é que… estou bloqueada.

Na verdade, existe uma série de fatores que resultaram nesse bloqueio. Trabalho, casa, saúde familiar, trabalho, compromissos da dança, trabalho… (sim, eu repeti porque é um ciclo vicioso). Todas essas atividades, quer a gente queira ou não, acabam consumindo boa parte do nosso tempo e dedicação. Normal.

Aí você consegue uma brecha e tem aquele momento SUBLIME que pensa em dedicar a alguma de suas outras atividades que estão paradas e… nada. Aí você olha pro horizonte (como é no meu quarto, não é muito longe) e fica só admirando a arte de não fazer nada.

Por 2 minutos, porque depois bate o desespero de ter tanta coisa acumulada pra fazer. E quando você não consegue se concentrar e focar em uma única atividade, tentando fazer mais de uma coisa de uma vez só, complica tudo ainda mais.

Conclusão: leituras pendentes, séries pendentes, ensaios pendentes…

Essa não é a primeira vez que isso acontece comigo e, embora eu não lembre como me recuperei anteriormente, dessa vez eu estou tentando voltar ao normal aos poucos. Larguei uma das leituras atuais e peguei outra (parece que vai fluir melhor). Estou assistindo meus doramas aos pouquinhos, e por enquanto deixo os ensaios só para os sábados (mas ainda quero realizar aquele sonho de um esquema de treinos diários – devagar e sempre).

A vida é assim mesmo. A gente leva cada empurrão, mas não dá pra ficar parada, chorando no chão com o joelho ralado. O lema “levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima” é real, mas depende muito da nossa boa vontade. Então, estou sacudindo aqui a poeira para dar o próximo passo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Beatriz Andrade disse:

    Olá, estamos em um momento em que precisamos fazer mil coisas ao mesmo tempo e haja pique pra conseguir fazer tudo. Sinto muito que esteja passando por essa situação de bloqueio e espero que as coisas melhorem para você. Quando acontece comigo eu não fico me cobrando muito, sabe? porque quanto mais eu me cobro mais irritada eu fico, menos as coisas fluem e só me resulta em ainda mais bloqueio. Eu tento mudar a rotina de leituras, assim como você fez, se um livro não funcionar eu pego outro (se se não funcionar, outro e outro e outro até acertar) e volto para o abandonado em um outro momento. Eu gosto de assistir à séries ou filmes, me distrai um pouco.

  • Karini Couto disse:

    Te entendo completamente, ando meio sem rumo. Também por motivos pessoais e principalmente de saúde. Finalmente, hoje finalizei uma das etapas para entrada na fila de cirurgia, mas aí vem mais um desânimo que é de não estar nem perto de realizar a cirurgia de urgência, com mais de 3mil pessoas em fila. Abri um requerimento que leva até 2 meses para ser respondido e me dizer em que posição da fila estou. É muito frustrante.

    Espero que você fique bem e essa fase passe. Espero que a minha fase difícil passe.
    Se precisar de algo, um ombro, uma conversa, estou aí. Me chame.. As vezes, conversar ajuda a renovar a fé, esperança..

    Também estou com leituras pendentes, além de resenhas de livros que li pendentes de inspiração para por em palavras o que senti.

    Me identifico bastante com esse post, parece que tirou alguns dos meus pensamentos..

    Beijos e paz

  • Lana Silva disse:

    Também estou bastante bloqueada principalmente em relação a leituras, isto porque trabalho em tempo integral, estou cursando faculdade e estou no meu penúltimo ano, ou seja, tem o tcc, estágio, e milhões de outras questões, fazendo com que eu esteja sempre cansada, e odeio ler cansada. Então sempre que tenho um tempo livro eu durmo, e tenho deixado de lado os livros. No entanto tenho feito como você largado um pouco aqueles livros que temos que ler por obrigação para ler aquilo que gostamos para ver se engata e desperta novamente aquela vontade imensa de ler sempre. Espero que seu bloqueio passe logo. Beijos e abraço.

  • Carolina Durães de Castro disse:

    Oi Lucy, tudo bem?
    Me identifico completamente com o seu texto. Ando tão estressada que muitas vezes, mesmo com um tempinho livre, não consigo fazer nada e fico apenas olhando a paisagem também. Infelizmente faz parte do nosso cotidiano esses momentos em que tudo fica “empacado”, mas nos recuperamos ;)
    Bjkas

  • Nina Spim disse:

    Oi, tudo bem? Eu estou na mesma que você, mas estou começando a acumular coisas que não deveria, sabe? E pior que não tenho vontade de “desacumular” essas coisas, só vou deixando. Às vezes bate uma culpa, mas aí penso que tô fazendo como posso, que não dá pra ser perfeita o tempo todo. Espero que você se recupere e bom lembrar que a gente deve tirar um tempo de descanso, sim! Por mais que não seja do modo que gostaríamos, é importante ir com calma :)

    Love, Nina.
    http://www.ninaeuma.blogspot.com

  • Debyh disse:

    Olá,
    Espero que sua inspiração volte, às vezes acontece mesmo. Tenta fazer algo diferente da sua rotina isso ajuda bastante a desbloquear. E claro tenta relaxar, eu ao menos vejo o blog como hobbie então vá no seu ritmo também! ^^

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem