Terça Livre: Como me apaixonei por Doramas

Sabe, desde criança eu gostei de animes e assistia muitos Super Sentais nos anos 80 (sim, eu sou dos anos 80). Para quem não sabe, Super Sentai são séries voltadas para o público infanto-juvenil, em que sempre tem uma galera fantasiada e uma luta com robô gigante no final dos episódios. Tipo Power Rangers, mas estou falando dos super sentais raiz, como Changeman, Jiraya, Flashman, Jaspion, e por aí vai (trauma por não ter conseguido assistir o último episódio de Changeman até hoje).

Enfim, depois cresci, apurei mais o gosto por animes e ainda hoje eu vejo um aqui outro ali, embora não seja mais tão viciada (fiquei procurando por muito tempo Full Metal Alchemist e agora que ele está no Netflix, cadê que assisto?). Coleciono alguns títulos de mangás e talz…

E já tem quase três anos que simplesmente me apaixonei por Doramas.

Se você sabe o que são doramas, ou K-dramas, deixa eu explicar: nada mais são que séries (ou minisséries) televisivas produzidas pela Coreia do Sul.

Eu assisti uns dois que tinham disponíveis no Netflix: Lie to me e Boys before flowers (esse último é uma adaptação coreana de Hana Yori Dango, um mangá japonês). Então, “coincidentemente”, comecei a ver várias propagandas do Dramafever no facebook e uma série que chamou bastante a minha atenção, por ser de época. Era Scarlet Heart Ryeo. Eu tinha como assinar por uma semana grátis para assistir, mas acabou que… eu mantive a assinatura e ela durou até o fechamento do site, há mais ou menos uma semana.

Então eu fui assistindo um a um, ia selecionando os mais românticos, ou então alguns assustadores, como o chinês Love me, if you dare. Um dos meus favoritos em alguns quesitos (achei que deixou a desejar em alguns pontos), foi Goblin, the lonely and great god. E o meu favorito por enquanto é Descendants of the Sun, muito, muito lindo!

Agora, por que eu gostei tanto de assistir doramas? Não sei, só sei que recomendo que vocês experimentem. Sabem quando você está de ressaca literária e precisa de um romance, ou mesmo uma aventura pra ver se consegue voltar para os livros? Pois é, eu recorria ao Dramafever.

Inclusive, alguns amigos não entendem como um K-drama podia me prender tanto, já que algumas histórias chegam a ser muito “bonitinhas”, talvez até mais infantilizadas, com diálogos bem… certo, realmente bobos. E alguns personagens, geralmente os secundários, conseguiam ser muito fúteis, que era exasperador!

Além disso, os coreanos são bem conservadores no que diz respeito a toques e beijos e demonstração de carinho e afeto. Então, se você está assistindo um romance, algumas vezes torcendo para o casal dar aquele beijo… Pode esperar que eles só se beijam lá para o penúltimo capítulo da série. Tudo bem, tem séries que são mais “avançadas” e os beijos acontecem já no começo, ou ainda, temos cenas em que o casal chega a passar a noite junto, mas nunca é explícito.

Tem gente que fica impaciente com toda essa “demora”, mas eu encaro numa boa. Acho importante entendermos a cultura do povo coreano e a ambientação das histórias e respeitarmos isso tudo. Além disso, é muito bacana ver o desenvolvimento das personagens, que evoluem durante as histórias, além de permitir que o relacionamento entre os protagonistas se desenvolva não de forma meteórica, mas gradual, e como eles encaram as dificuldades que vem pela frente diante desse relacionamento (geralmente com conflitos familiares, enlaces que são feitos desde o nascimento, pessoas de classes diferentes, tem para todo o gosto!).

Não sei se consegui explicar porque eu me apaixonei tanto pelas histórias, mas com esse assunto eu quero dizer que estou ÓRFÃ! Como eu disse ali em cima, o Dramafever fechou seu site e era o canal de streaming que eu usava para assistir os doramas (ainda tem no Netflix, mas o acervo do Dramafever era muito maior, já que era exclusivamente voltado para K-dramas). E agora estou aqui, chorando as pitangas porque estava no meio de Miss Hammurabi, vendo outros canais, se vale mesmo a pena ou não assinar…

Por enquanto, estou vendo aqui que o Netflix investiu em produzir alguns doramas, mais chineses do que coreanos (nesse caso, C-drama) e que ainda tem alguns doramas no catálogo. O que comecei a assistir recentemente é uma produção do canal, Jardim de Meteoros, que também é uma adaptação do mangá Hana Yori Dango, mas é a versão chinesa.

Enfim, tem alguém aí que gosta de Dorama? Conte aqui qual o seu favorito e como está lidando com o fechamento do Dramafever! Se alguém tiver sugestão de canal de streaming voltado a doramas, estou aceitando!

Espero também com este post abrir novas possibilidade para falar mais dos doramas e recomendar para quem curtir algo diferente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Karini disse:

    Tudo bem? Eu já assiste alguns animes dos quais gostei muito. Mas faz bastante tempo que não vejo mais. Quanto aos Doramas eu não consegui entrar na “onda” ainda, tentei ver alguns que me indicaram, mas não rolou.
    Quem sabe em um futuro próximo, ando meio enjoada para tudo, leituras, séries e afins.
    Não vou dizer que seja uma ressaca, mas é um período escuro que estou, onde poucas coisas me agradam.
    Vou acompanhar seus posts sobre Doramas, quem sabe algum me anime.
    Beijos.

    Além das Páginas

  • danrley disse:

    eu também gosto bastante, meus preferidos são have you voice, marriege not dating(esse a qualquer um q vá assistir rir do 1 ao ultimo episodio), dream hight, goblin, The Girl Who Sees Smells, While You Were Sleeping, paige turne, porem tem certos cliche nos doramas que as vezes são um pouco irritantes, tipo as separações e enrolações nos 2 ultimos episodios, que as vezes é perceptível que ta forçado aquilo ali, que não é coerente, que a desculpa para fazerem aquilo é insuficiente.os doramas da roteirista Park Hye-Ryun geralmente são acima da media por saber usar bem os cliches ou quando não usa~los e por não enrolar. e um canal para assitir é o viki

  • Beatriz Andrade disse:

    Olá, tudo bem?
    Eu comecei a ver doramas esse ano e me apaixonei também, mas não tenho tido muito tempo para eles ultimamente. Sinto falta. Fiquei com dó esses dias quando descobri sobre o dorama ferver ter sido desativado. Achei os que você indicou aqui bem interessantes, espero ter tempo para vê-los.

  • Cibele Morales disse:

    Eu nunca assisti anime ou Dorama, mas tenho muita curiosidade por Doramas. Até mais que em anime.
    Peguei umas indicações com uma blogueira, e já estou ansiosa para assistir. Assim que sobrar um tempo vou assistir com certeza.
    Acho que vou amar muito, espero que minhas expectativas sejam alcançadas. Rs
    Adorei conhecer um pouco mais sobre Doramas com seu post, beijos!

  • Larissa Dutra disse:

    Olá, tudo bem? Eu nunca assisti um dorama, mas parece ser muito bom, já que muitas pessoas gostam, hahaha. Depois dessa tua postagem, sem dúvidas vou procurar um para ver se curto.

    Beijos,
    Duas Livreiras

  • Clayci Oliveira disse:

    Meu pai, acredita?
    Ele senta no sofá, loga na Netflix e passa o final de semana todo assistindo ahhauhauhauhau. Eu gosto muito da cultura oriental e gosto dos animes, filmes e mangás (mas confesso que por falta de $$ deixei de acompanhar os que adoro). Mesmo assim, nunca dei uma chance pra Dorama… devo mudar isso <3

  • Debyh disse:

    Olá,
    Vejo doramas já tem uns 10 anos, e como sou adepta do famoso download eu nem usava o dramafever, mas percebi que afetou muita gente. Se você prefere streaming tem o Viki que você pode usar a versão grátis com propagandas e o pago com benefícios. Sem contar que há fansubs de doramas que possuem ótima qualidade, você deve encontrar assim os que você mais gosta. Existem outros meios para se ver doramas, não desanime!

  • Dayhara Ribeiro Martins disse:

    Olá, tudo bem? Eu sempre tive amigos apaixonados por doramas mas sempre nutri aquele arzinho babaca de “eu ver dorama? Jamais” No entanto, mudei isso bruscamente nos ultimos dias, um amigo me obrigou a maratonar com ele e o resultado não poderia ter sido melhor, amei demais!

  • Ana Luiza disse:

    Oie!
    Eu nunca vi um dorama, particularmente não chamam a minha atenção. Agora os animes despertam certa curiosidade, até me arrisquei a ver Deth Note e gostei! Assim que colocar minhas séries em dia tentarei dar uma chance a um dorama!

    Beijos,
    ANA | Blog Entre Páginas
    http://www.entrepaginas.com.br

  • Ana Luiza disse:

    Oie!
    Eu nunca vi um dorama, particularmente não chamam a minha atenção ainda. Agora os animes despertam certa curiosidade, até me arrisquei a ver Deth Note e gostei! Assim que colocar minhas séries em dia (e tenho series atrasadas viu?) tentarei dar uma chance a um dorama, vai que eu gosto né?!

    Beijos,
    ANA | Blog Entre Páginas
    http://www.entrepaginas.com.br

  • cila-leitora voraz disse:

    Olá, tudo bem?
    Eu adoro doramas, vejo só os coreanos e justamente essa parte mais contida deles que me ganhou. Existe uma inocência, um romantismo ímpar, e são todos engraçados também. Das fotos, só conhecia Descendentes do Sol que amei, recomendo muito.,
    beijinhos.
    cila.

  • DIANA QUEILA OLIVEIRA BATISTA disse:

    Oi, Lucy!

    Embarquei nesse universo em março desse ano e logo fiquei viciada meeeesmo! Fiz assinatura do Dramafever (#rip) e do Viki, mas o primeiro que assisti foi na Netflix. Simplesmente amo e não sei dizer um preferido. Só recomendo que assistam e se divirtam, assim como nos livros tem diversos “gêneros” de dorama para vocês assistirem.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem