Terça Livre: Quando o Universo tem outros planos

Sabe quando você se programa para fazer alguma atividade, ou quando você tem que seguir um determinado cronograma, seja na rotina diária, seja em um dia específico e nada sai conforme o esperado?

Eu acho que esse é o resumo de janeiro.

Talvez seja apenas a minha impressão, porque afinal é o primeiro mês do ano, a gente tenta lidar com expectativas que nós mesmos colocamos em pauta (também conhecidas como metas) e aí surge algum impedimento, ou mesmo um “adiamento”.

Pra você ver, às vezes não adianta sermos super metódicos ou organizados, o Universo (ou o acaso, como preferirem rs) dá um jeito de mudar tudo o que você tinha programado.

Claro, não é algo necessariamente ruim. Como eu disse ali em cima, às vezes é só um adiamento de algo que deveria ter acontecido antes. Ou ainda, pode ser que o que você quer que aconteça, vá acontecer, mas de uma forma diferente do que foi planejado antes.

Não estou dizendo para nunca se programarem, ou se organizarem, longe disso. Apenas tentem lidar com esses acasos com leveza. Às vezes estressa. Dependendo da situação, então, affe…

Mas a vida é assim, tem que ter esses “casos fortuitos” também para desacelerar um pouco e até repensar no que estamos fazendo. Será que é a melhor forma de ser feito?

Enfim, pensem nisso! Boa semana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Carol Nery disse:

    Ótima reflexão para se ler no último dia do primeiro mês desse novo ano.Vim pra 2020 cheia de expectativas. E nem tudo ocorre do jeito que a gente planeja. Motivos mil, né? Seja no que a gente acredita. O que não podemos, é desanimar.
    Abraços

    Carol, do Coisas de Mineira

  • Joanice Oliveira disse:

    Olá

    Eu já fiquei feliz que fui mais severa comigo e consegui entrar nos eixos. Para quem não tem qualquer problema de aprendizagem ou limitação cognitiva desacelerar é algo natural e bem vindo, mas para quem tem TDAH como eu, a importância de uma rotina é decisória, pois assim consigo ser produtiva e cumprir meus compromissos.

    Beijos

  • Pollyanna Campos disse:

    Olá, tudo bom?
    Adorei a reflexão! Minha avó sempre dizia que certas coisas precisam de um tempo certo para acontecer e muitas vezes não é exatamente o nosso tempo. É bem isso, né? Aprender a lidar com planos desfeitos, ou com imprevistos faz parte da vida. E muitas vezes uma coisa acaba acontecendo em outro momento e muitas vezes de uma forma melhor que a esperada. Lidar com tudo isso é uma arte! rs
    Beijos!

  • Antonia Isadora de Araújo Rodrigues disse:

    Olá Lucy!!!
    Eis o que está acontecendo comigo, pois mesmo eu planejando ainda fico devendo coisas e fico me sentindo cansada e exausta pois me canso mentalmente e não consigo atingir aquela meta que exigir há mim alcançar.
    No entanto, vejo que não sou a única e a gente às vezes tem que parar de tanto nos cobrar e simplesmente viver.

    lereliterario.blogspot.com

  • Leitura Enigmática disse:

    Eu não planejo nada, pois me conheço e sei que irei mudar tudo no meio do caminho, então deixo a coisa fluir e ir acontecendo. Até acho legal assim, pois a vida fica recheada de surpresas.

  • Thayza Fonseca disse:

    Olá!

    Eu sou o tipo de pessoa que planeja o dia, o mês e o ano e quando alguma coisa sai dos trilhos eu dou uma surtada até me acalmar e ver que tudo bem, acontece, mas antes piro legal. Gostaria de deixar a vida me levar, mas não consigo, infelizmente. Organização e metas me matem andando e isso é muito importante para mim.

    Beijos

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem