Top Ten Tuesday: 10 personagens favoritas de todos os tempos

O Top Ten Tuesday de hoje é uma delicinha de fazer. Por quê? Quer coisa mais legal do que ficar aqui viajando nas minhas personagens favoritas (lembrando que pode ser homem, mulher, elfo, bicho, entidade, fantasma… tá valendo de tudo!)? É como se eu escolhesse dez queridinhos do mês e colocasse tudo em um post só. Aliás, vão aparecer alguns queridinhos meus aqui e com certeza outros que ainda falarei em outras ocasiões da outra coluna. Fazer o quê, se eu amo esse pessoal?

E aí, preparados?

Lembrando que o TTT é uma iniciativa do blog The Broke and the Bookish.

Harry Potter, da série Harry Potter, por J. K. Rowling.

É marmelada falar dele de novo, já que ele já apareceu aqui no blog como meu queridinho do mês de fevereiro, mas eu não consigo ficar sem falar desse garoto! Ele é meu primeiro preferido, super top, de todos os tempos. Meu amor é incondicional. E ele dispensa apresentações, como eu já disse uma vez. Todos sabem o seu nome. E simplesmente não tem como não amar essa personagem, que de menino órfão e tímido, evoluiu para um homem de caráter e valores morais elevados, que realizou grandes feitos – como disse que o faria lá no começo o Sr. Olivanders. Muita gente cresceu com Harry. E não importa a idade, acompanhar a sua história, lado a lado, como se estivéssemos de braços dados com um grande amigo, é apaixonante.

Dexter Morgan, da série Dexter, por Jeff Lindsay.

Eu já falei um pouco sobre Dexter aqui na resenha do primeiro livro da série. Ele é o lobo em pele de cordeiro, um assassino em série disfarçado de bom moço. E completamente irresistível. Conheci-o na série de tevê, porém ele é tão ou mais charmoso ainda nos livros. É uma personagem tão complexa e bem construída, que mesmo sendo um serial killer, é difícil não gostar dele. Pelo contrário, ele insere na cabeça do leitor a possibilidade de achar correto o que ele faz – matar assassinos, sob o código de conduta do seu pai, Harry – e vai além quando nos faz questionar se é possível amar um assassino, e um assassino amar.

Eddie Dean, da série Torre Negra, por Stephen King.

A Torre Negra é basicamente a saga de Roland Deschain para se encontrar, e encontrar a Torre. Porém, ele não é meu favorito, não mesmo. Eddie Dean, seu companheiro de viagem e membro do ka-tet, composto por Roland, Eddie, Suzanna, Jake e Oy, é a personagem mais cativante de toda a história- na minha opinião. É ele quem traz mais sentimento, risadas e lágrimas por todas as (muitas) páginas dos livros de King. Foi ele também que tornou a saga interessantíssima, ao entrar no segundo livro – A Escolha dos Três – e animar a história toda. Porque vamos combinar que o Roland é muito chato, e só ele na história,  não tem graça. E só o Eddie consegue lutar completamente nu.

Katniss Everdeen, da série Jogos Vorazes, por Suzanne Collins.

Essa é com toda a certeza a personagem feminina mais espetacular que eu já tive a oportunidade de ler, e uma das melhores personagens que eu já li. Katniss já é admirável em Jogos Vorazes, quando a conhecemos sacrificando tudo por sua família, mas principalmente por sua irmã, Prim. Ela é forte, valente, sensível e claro, tem seus defeitos como qualquer um, é uma cabeça-dura ao extremo. Mas tudo isso só a qualifica como ainda mais humana e próxima do leitor. Não bastasse isso, ela evolui durante a saga, aprendendo a duras penas, mas se tornando uma pessoa ainda melhor – e uma personagem cada vez mais interessante. É o que poderíamos esperar de alguém que tem como apelido “a garota em chamas”, não?

Percy Jackson, da série Percy Jackson e os Olimpianos, por Rick Riordan.

Eu adoro o Percy, e um dos maiores motivos por eu adorá-lo é a narrativa dele. Ele tem um jeito delicioso e sarcástico de contar as aventuras mais mirabolantes, as maiores furadas que ele caiu, e ainda assim ser divertido e irônico. Já li o primeiro livro da saga dos Heróis do Olimpo e adorei, mas acho que nada para mim substitui as aventuras do próprio Percy, e o ponto de vista fantástico que ele tem. E, para completar, ele também é uma personagem cativante, daquele jeito que você acaba sempre gostando, de um jeito ou de outro, e que no final se torna um cara mais esperto, mais sensível e, sim, mais legal – se bem que ele sempre foi um cara muito legal.

Miss Marple, por Agatha Christie.

Miss Jane Marple é adorável. Quando eu era mais nova, e eu e minha irmã líamos quase sempre um livro de Agatha Christie, ela me perguntava “como assim você gosta mais da Miss Marple do que do Poirot?”. A resposta é simples: ela é inteligente, perspicaz, e ainda por cima, humilde. Miss Marple apesar de ser brilhante, sempre resolve seus casos de mansinho, na dela, sem a extravagância de Poirot, sem se achar a mais especial das criaturas. Ela apenas é o que é. E digo que ela é muito, é porque ela é mesmo; essa simpática senhora já resolveu inúmeros casos cabeludos apenas “observando o comportamento das pessoas”.

Samwise Gamgee, da série O Senhor dos Anéis, por J. R. R. Tolkien.

Ou apenas Sam, é o motivo para eu ter lido Senhor dos Anéis até o fim. Claro que a obra de Tolkien é fantástica, porém, para o meu gosto, é lenta e arrastada demais. Mas o motivo para eu ter chegado até o final foi o Sam, porque eu me importava demais com ele e queria saber o que aconteceria. Sam é um hobbit, como Frodo – que acho que é o mais conhecido de todos, não? -, e foi o companheiro de toda a jornada de Frodo para destruir o Um Anel. Ele foi amigo, companheiro e protetor, e por inúmeras vezes, o responsável pela jornada ter sido completada. Aliás, se não fosse o Sam, o Frodo teria ficado pelo caminho mesmo. Além de amigo fiel, Sam – apesar do que é descrito no livro – na minha opinião é o mais inteligente, pois foi ele quem percebeu que Gollum não era de confiança. Ah, e Sam sabe cozinhar batatas como ninguém.

Mônica, dos quadrinhos da Turma da Mônica, por Maurício de Souza.

Baixinha, gorducha e dentuça? Dona da Lua? Acho que a descrição que o Cebolinha dá para a Mônica está um pouco abaixo do que ela merece. Porque ela é muito mais que isso. Primeiro, ela é a melhor amiga de muitas e muitas crianças brasileiras. Mas também de adultos que cresceram com ela, e continuam acompanhando-a, mesmo não sendo mais baixinhos. Se Harry Potter cresceu comigo até tornarmo-nos adultos, foi com a Mônica que eu tive minha infância, adolescência e bem, eu ainda não a larguei. Eu até a levei comigo no meu casamento, vestida de noiva. E agora ela está crescendo também, tornando-se adolescente e quem sabe adulta (já foi divulgado que os estúdios Maurício de Souza estão trabalhando em quadrinhos da turma adulta). Mônica é tudo que eu sempre quis ser: forte, determinada, destemida (ela só tinha medo de insetos nojentos), mas ao mesmo tempo, sensível, companheira e protetora das pessoas que ama. É tão bom fazer parte da sua turminha… (porque todos os leitores fazem!)

Sakura Kinomoto, do mangá Card Captor Sakura, por Clamp.

Essa foi difícil de escolher, porque eu fiquei em dúvida entre a Sakura e o Shoran, e no final decidi que os dois são como feijão com arroz: não dá pra separar. Mas precisava escolher apenas um, então ficou a Sakura, que é o motivo de toda a história, pra início de conversa. Sakura é uma menina comum, que abre um livro de magia e liberta sem querer o mal no mundo. A partir daí, ela descobre que é uma maga e que precisa reunir as cartas. Mas Sakura tem muito mais que magia: ela também é adorável. É uma personagem alegre, romântica, sensível e companheira, sem deixar de ser forte – quando necessário, mesmo que seja muito medrosa também. Ela é uma distraída, que não percebe durante todo o mangá (e anime) que a pessoa que ela mais ama está ao seu lado (mas vem cá, quem nunca passou por isso, né?). Enfim, ela é tão meiga, que é difícil não se apaixonar e querer saber cada vez mais de suas histórias cheias de magia.

Capitão Gancho, dos livros de Peter Pan, por James Matthew Barrie.

Você pode dizer que ele é mau como um pica-pau, pode dizer que é um dos piratas mais temidos e malignos que já viajaram pelos sete mares (e ficou atracado por muito e muito tempo na Terra do Nunca), mas eu jamais vou deixar de gostar dele. O Capitão James Gancho (ou James Hook) é chamado assim porque Peter Pan cortou uma de suas mãos e a deu de comer para um crocodilo (e como ele se chamava antes disso? Só “James”?). Ele pode ser malvado e tudo mais, mas para mim o Pan também é um pestinha, e o Gancho não é tão ruim assim… Ele só é carente e solitário. Prova disso é que ele fala muito sozinho (às vezes se referindo a si mesmo na terceira pessoa) e às vezes, bem às vezes, mostra que tem alguns sentimentos (além de raiva de Peter Pan e os meninos perdidos). Ah, coitadinho do Sr. Gancho…

Acho que se eu continuasse falando, ainda existiriam muitos mais personagens queridos. O top se estenderia indefinidamente, com nomes como Ginny Weasley, Luigi (eu sei que ele é de um videogame, mas ele já esteve em quadrinhos, viu?), Cebolinha (lembra o que eu disse do feijão com arroz?), Shoran Li (feijão com arroz, oi?!) e mais um monte de gente. Mas, bem, eu tentei me manter dentro dos dez permitidos e tentei mostrar um de cada saga diferente, ou corria o risco de falar aqui só de Harry Potter, por exemplo.

E vocês? Quem são seus 10 eleitos para personagens mais queridos de todos os tempos?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Sabrina Inserra disse:

    Oi Karen!! Tudo bem??
    Gostei bastante das suas escolhas!!
    Eu fiquei em dúvida entre o Harry e a Hermione, mas entre os dois eu sempre acabo optando por ela, hehehe…
    Eu até gosto da Katniss, mas nem tanto assim… Apesar de ela ser uma personagem bem forte, me irritei um pouquinho com as indecisões delas em alguns momentos. Mas não deixa de ser uma ótima escolha! 😉
    Quanto à Miss Marple… Ela é uma fofa!! Mas ainda sou mais o estilo do Poirot! =p
    Beijocas!!!

  • Lucy disse:

    hahaah! Tinha q ter o Harry e tinha que ter alguém de Stephen King! Claro, na minha lista tb nao faltaria o Sherlock Holmes, então te entendo perfeitamente. hahaha
    E adooooro a Sakura! Tb ficaria na dúvida entre ela e o Shaoran!
    Linda a sua lista, Kakazinha!
    bjos

  • Nivia Fernandes disse:

    Que lista sublime! *-*

    Tirando os livros que não li, acho que faria as mesmas escolhas! huahuahuahua É, com a Lucy, embutiria o Holmes, com certeza. xD
    Entre o Harry e a Hermione, era capaz que comentasse dela por identificação. Mas realmente, não teve como não crescer com ele, como você disse no outro post sobre queridinhos! É muito marcante acompanhar desde a pré-adolescência até quase o começo da vida adulta.
    Bom, sobre Katniss, Mônica, Sakura, Mrs. Marple… elas são extraordinárias mesmo! Acho que depois do que você disse sobre elas, nem preciso falar mais nada!

    Pensei que só eu gostava mais da Mrs. Marple do que do Poirot! Muito bom saber que não.
    Sakura é muito fofa, embora eu adore o Shaoran também. Dois teimosos! huahuahuahua Penei tanto quando o desenho acabou, e nunca consegui ler os mangás. Mas foi ótimo relembrar disso agora.

    Beijos!

  • Vania disse:

    Sam Gamgee!!!! Uma das minhas primeiras paixões literárias… amo amo amo amo AMO o Sam demais da conta!! Harry nem preciso falar né… Harry é Harry, ponto final. Mas eu não tenho muita certeza de quem seriam meus outros nove. Katniss, provavelmente. Mas não sei. É difícil escolher apenas dez… não sei se consigo hahaha

  • Lany disse:

    Kakazinha, porque você fica me fazendo chorar nos seus posts hein? Quase chorei lendo o que você escreveu sobre a Mônica! Logo quando eu aprendi a ler, eu comecei a ler A Turma da Mônica. E quando eu não ganhava revistinha novas eu relia. Se não tinha nada para fazer, lia de novo. Eu totalmente cresci com essa turma! E agora, eu faço a assinatura da Turma da Mônica Jovem e não tenho vergonha nenhuma rs!
    EU ABSOLUTAMENTE AMO O PERCY! A narração dele é maravilhosa! É por isso que até hoje eu ainda não gosto muito do Jason… Simplesmente porque ele não é o Percy hahaha!
    De O Senhor dos Anéis, eu escolheria o Aragorn rs!
    E como a Ily disse, é muito difícil escolher só dez!

  • Melissa disse:

    Ai que lista difícil!!!!! Eu acho escolheria o Ron, o Eddie (ele é melhor de A Torre Negra, né?), o Jimmy (de Oryx and Crake), o Senar (Crônicas do Mundo Emerso), o Pudge (Looking for Alaska), a Katniss!!!… difícil demaaaaaaaaaaais.

    Mas eu gostei bastante da sua lista! 🙂

  • Top Ten Tuesday: Top 10 Temas de Top Ten Tuesday « Por Essas Páginas disse:

    […] 6. Dez personagens favoritas de todos os tempos: Às vezes é tão difícil selecionar as personagens que mais gostamos, assim como muitas vezes é mais difícil selecionar apenas dez. […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem