Top Ten Tuesday: Dez autores que eu realmente quero conhecer

ttt2013
TTT na área. Mais um tópico para rachar a cabeça… é só 10 mesmo? Dez autores para bater um papo? Bom, eu apelei um pouco e coloquei alguns autores falecidos, mas nada que a gente não posso contactar através de um médium não é mesmo? Vamos conferir então quem são os falecidos (e os vivos também obviamente).

O Top Ten Tuesday é uma iniciativa do blog The Broke and the Bookish.

R.A Salvatore , bibliografia

Certamente não muito conhecido para quem não se afunda em livros de fantasia ou tem um passado RPGístico, Salvatore é um autor muito respeitado e conhecido principalmente para quem jogou D&D. A maioria de seus livros se passam nas terras de Forgotten Realms, um dos cenários da franquia, e muito do seu livro foi incorporado aà esse mundo. Seria muito bacana conversar sobre como um influência o outro e bem conversar sobre RPG em geral.

Marcelo Cassaro , biografia

Continuando com a temática RPG, Cassaro tem/teve grande influência no cenário nacional, criador da revista Dragão Brasil, do mangá Holy Avenger (quem lembra?) e atualmente como roteirista Turma da Mônica Jovem. Mais um bate papo bacana sobre RPG, mas dessa vez em terra tupiniquim.

C.S. Lewis, As Crônicas de Nárnia

Lewis é uma lenda da literatura fantástica, e apesar de não estar mais nos holofotes (depois da loucura dos filmes), ainda rende um longo papo sobre criação de mundos, mitologias, animais fantásticos…

Dante Allighieri, A Divina Comédia

Da fantasia à depressão – Dante é um cara assim, bem sinistro se você já leu A Divina Comédia. E não é só o Inferno não, tem toda uma vibe stalker rolando no Paraíso também. Mas seria interessante saber como ele imaginou e escreveu essa loucura toda.

Edgar Allan Poe, bibliografia

Continuando com autores sinistros, Poe é a definição de sinistro, só a cara dele já é puro terror. Outro maluco com uma mente insana pra escrever  os horrores que escreveu. Com esse aqui não dá pra ficar no café, vai ter que ser whisky porque não vai ser fácil de conversar.


H.P. Lovecraft , bibliografia

Se você achava Poe sinistro, não sei nem oque dizer sobre Lovecraft. Não tanto sinistro mas beirando mais à loucura porquê convenhamos pra criar deuses monstruosos e cores alienígenas do espaço o cara não bate bem das idéias. Melhor ficar na água, porquê vai que o cara tem umas idéias doidas e resolver invocar o Cthulhu ou coisa pior.

Markus Zusak, bibliografia

Pra descontrair e começar a sair de todo esse café da tristeza, um  papinho com Cameron para saber como ele anda, como está Otávia, o romance entre os dois, se ele teve filhos, como andam as escritas dele… o papo vai longe. Rende um churras com caipira a tarde toda.

Ian Livingstone, uma centena de livro-jogos

Praticamente o pai dos livro-jogos, esse autor fez parte da minha infância. Horas jogando e escolhendo diferentes rumos para a história e sofrendo pra chegar até o final. São livros para a vida toda e ainda tenho alguns deles, foram a minha primeira introdução ao RPG. Rende muito papo…

Bram StokerDrácula

O queridinho do ano. Não preciso nem falar né, vão ser algumas horas ou dias conversando sobre o nosso vampirão favorito – Drácula.

Você, Seu livro

Porque precisamos valorizar e continuar valorizando os autores nacionais e incentivar os que merecem, aqueles livros que são desconhecidos e que são muito bons. São tantos autores iniciantes e tantos outros anônimos nesse Brasil… que tal a gente conversar e você me conta sobre seu livro?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Gustavo disse:

    Que lista fantastica, adoro os autores que li e tenho muito interesse em outros, principalmente no H.P. Lovecraft. E estou louco pelo livro do Dracula.
    Eu adoraria conversar com o Raphael Draccon entre os escritores brasileiros, e os internacionais queria muito conversar com J.K Howling, Dan Brown, Carlos Ruiz Zafón, Noah Gordon (isso porque ainda só li um livro do autor), Stephen King, e vou parar por aqui antes que faça um top 10 proprio kkk

  • Douglas Fernandes disse:

    Dos autores que citou eu queria conhecer C.S. Lewis, apesar de só ter lido o primeiro livro…rsrsrs
    Stephen King tbm eu gostaria, e dos nacionais eu queria conhecer André Vianco, virei fã dos livros sobre vampiros dele…rsrs

  • Marília Sena disse:

    Seria muito bom mesmo conversar com o C.S. Lewis, teria umas perguntinhas legais para ele hahahaha. Eu realmente queria conhecer a Colleen Hoover, que escreve os livros onde encontro minhas soulmates <3

  • Shadai disse:

    tag diferente essa!
    da sua lista gosto de Poe e Stoker.
    e lógico de valorizar autor nacional.
    na minha lista incluiria Bret Easton Ellis, pois o cara deve ser muito louco!
    e o já velhinho Milan Kundera.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem