Top Ten Tuesday: Dez confissões de blogueira

O tema do Top Ten Tuesday de hoje foi bem difícil: 10 confissões de blogueira. O que eu tenho pra confessar? NÃO SEI! Por causa disso, resolvi descrever um pouquinho as minhas “manias”, desde a escolha do livro até a escrita da resenha! É claro que isso não vale para todos os blogueiros, mas bem… Cada um tem a sua mania, né?

O Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish.

1. A escolha do livro. Bem, nas parcerias, eu nunca escolho um livro só porque ele é famoso e/ou sendo muito citado na mídia. Eu escolho livros que normalmente estão na minha zona de conforto, porque eu acho que fica mais justo resenhar algo em que eu sou o público alvo. Eu também estou dando muita preferência para autores nacionais, porque estou descobrindo livros maravilhosos deles (sério, eu praticamente adotei o selo Novas Páginas e meu próximo plano futuro é roubar o lugar da Cuca mwamwamwa! Mentira, estou feliz como Cuquete). Livros que não são de parceria, eu resenho os que eu gostei MUITO e preciso comentar sobre eles, ou livros que eu não gostei e por isso também preciso comentar sobre eles.

2. A ordem de leitura. Eu não sou nada metódica para a minha fila de leitura. A ordem é: o que eu estou com vontade de ler no momento. Tem livros que eu estou tão desesperada para ler, que mal chegou e eu já começo a leitura. Tem outros que eu quero muito ler, mas cadê o tempo? A única coisa que eu faço é que eu tenho uma fila que são as “leitura rápidas”. Em algumas editoras, nós só podemos pedir um livro de cada vez, então eu tento fazer essas leituras rapidamente para que outra colunista possa fazer um pedido.

livros
 

(E essa é a bagunça na minha estante, também conhecida como pilha de livros para serem lidos. Calma gente, não são só livros de parceria – porque sim, eu posso ter mil livros na fila e ainda compro mais!!! Isso sem contar os e-books… É, não é fácil escolher qual será a próxima leitura…).

3. Eu não consigo ler um livro de cada vez. Gente, não dá. Eu não fico carregando a minha leitura atual todos os dias comigo. Primeiro, porque tem livros muito pesados. Segundo, porque eu fico com medo de amassar/molhar/estragar o livro. Então, nos engarrafamentos diários, eu prefiro muito mais ler e-books e, portanto, faço as minhas leituras-sem-ser-de-parceria. Por exemplo, agora estou lendo The Secret Diary of Lizzie Bennet quando saio e Proposta Incoveniente da Patrícia Cabot em casa. Mas eu tinha começado a ler Minha vida fora de série quando o livro da Patrícia chegou…

Quando um livro está MUITO chato, ele vira o que eu chamo de “Livro de engarrafamento”: eu levo comigo não importa o peso. O motivo? Eu estou presa dentro de um ônibus e eu vou ter que continuar a leitura.

bored
Mas sendo sincera? Tem dias em que o Candy Crush ainda vence.

4. Durante a leitura. Enquanto eu estou lendo, não importa se é livro de parceria ou não, eu adquiri o hábito de sempre colar tags para marcar frases importantes ou frases que eu amei! Isso é interessante porque me ajuda na hora de fazer a resenha. Eu já sei quais frases que eu tenho que colocar na resenha ou sobre o que eu tenho que mencionar. Quando eu tenho muita coisa para falar, eu também faço anotações durante a leitura para facilitar a escrita da resenha depois.

5.  A escrita da resenha. Eu tenho que acabar de ler um livro e logo depois escrever a resenha. Não é que eu vá esquecer o que eu iria falar, mas eu gosto de permanecer com o sentimento daquela leitura. Por exemplo, eu li o primeiro livro de Fazendo meu filme e terminei muito animada. Logo depois eu li o segundo e… Achei mais ou menos. Se eu escrevesse as duas resenhas juntas, eu não iria conseguir escrever a resenha do primeiro com o mesmo sentimento, porque eu estaria sendo influenciada pela sua continuação.

6. Eu sempre tento ser o mais honesta possível. Não tem como: se eu gostei, eu gostei. Se eu não gostei, eu não gostei. Isso significa que todo mundo vai ter a mesma opinião? É CLARO QUE NÃO! Aqui mesmo no blog, se vocês forem comparar todas as colunistas, nós temos gostos diferentes. Acho que o grande desafio é você encontrar uma pessoa com o mesmo gosto que você. Eu tenho amigas que se me falarem “Mas você tem que ler o livro X”, eu compro sem nem pensar duas vezes.

7. Tem dias que eu não consigo ler e/ou eu não consigo escrever resenhas. Eu sou uma fangirl assumida, mas eu tenho um sério problema: se eu estou naquela época em que eu estou surtada com alguma coisa, eu não consigo pegar um livro para ler. Isso não é só pela vontade em si, mas também porque como eu disse no item 6, eu tento ser o mais honesta possível. Se eu estou em um momento em que só consigo pensar em um romance com um pirata e uma princesa, adianta eu ler outra coisa? Não. Pode ser o livro mais lindo do universo, que eu não vou conseguir gostar da mesma forma. Por isso, prefiro esperar passar e começar a leitura quando eu voltar a normalidade (seja lá o que isso significa).

swooning
8. Eu deveria responder mais comentários. Acreditem em mim: eu SEMPRE leio todos os comentários de vocês. Por causa da falta de tempo, eu deixo para comentar vários posts juntos, e por isso às vezes eu demoro… Mas saibam que eu fico muito feliz com cada um dos comentários de vocês (mesmo se vocês não concordam com a minha opinião – todo mundo tem direito a gostar ou não de um livro).

thank-you
8. Eu sempre quis fazer um vídeo… Mas nunca tive coragem. Sério, eu sou uma pessoa muito tímida. Demais.

shy
9. O pior tipo de livro para resenhar? Algumas pessoas acham que a resenha mais difícil é quando você gosta muito de um livro. Ou quando o livro é muito ruim. Na minha opinião, a resenha mais difícil de ser feita é daquele livro “mais ou menos”. Você não gostou dele o suficiente para declarar o seu amor por ele, mas ele também não é tão ruim que faça com que você queira jogá-lo na parede. O que falar??? Sério, é muito difícil.

10. Ter um blog é um trabalho… Que eu adoro! Sério, tem algumas pessoas que acham que ter um blog é fácil. Gente, NÃO É! Nós só conseguimos ter posts diários aqui no PEP porque somos uma equipe. E mesmo assim, se cada uma for postar a sua pilha de livros a serem lidos… É IMENSA! Nós temos que ler, resenhar, montar promoções, responder e-mails, ficar nas redes sociais… E isso tudo conciliando com as nossas profissões. Dá trabalho? Claro, mas a gente AMA compartilhar as nossas opiniões e discutir sobre livros com vocês!

(Os gifs foram retirados desse site)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Nayara disse:

    Oi Lany!!!
    Nossa, me identifiquei em vários itens! Hahaha… Principalmente em ter uma pilha enorme para ler e ainda assim, comprar mais livros e eu também sempre quis gravar um vídeo, mas sou extremamente tímida… ><
    E ah, seeempre, sempre, sempreee quis ter um blog! Eu adoro escrever… e é ainda melhor escrever sobre o que você gosta! Um hobby que se torna trabalho e que não tem cara de trabalho! hahaha 😀
    Beijos!

  • Karen disse:

    Quer dizer que você quer roubar meu posto, Cuqueteeeeeeeeee?? *sai com a machadinha atrás da Lany* hahahhahaha
    Mas tu tá lendo mais livros brasucas que eu mesmo! O.O Fico tão feliz que você esteja assim verde e amarela!!! Orgulhinho da Cuca!
    Eu também acho que o mais difícil é falar dos livros marro ou menos. Ah, e eu tenho uma confissão a fazer: EU JOGUEI ONTEM UM LIVRO NA PAREDE. Literalmente. Na parede, no chão, no teto, só não joguei na gata, tadinha. O livro tá todo amassado. Odiei.
    A segunda confissão é: eu já detestei tanto um livro que joguei Fanta Laranja nele. Fico todo manchado mas eu me senti mais feliz. Detestei também.
    Sou emotiva né! 😀

  • Douglas Fernandes disse:

    Bacana *-*
    Adoro o Top Ten Tuesday eu acho muito legal… hahahaha
    minha ordem de leitura as vezes sofre uma mudança … kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    mas é normal né… as vezes chega um livro que querendo muito ler e acabamos passando na frente…
    tem dias que fico desanimado de ler tbm… 🙁

  • Fabiana Strehlow disse:

    Falar de nós mesmos é uma tarefa difícil!
    E sendo em forma de confissão, então, o que dizer?
    Acho que você soube escolher bem os tópicos.
    E muito me alegra conhecer um pouco mais sobre você, Lany!

  • Shadai disse:

    Muito bom esse Top Ten!
    Ótimo saber um pouco mais sobre o trabalho de uma blogueira, e com isso um pouco da sua rotina e “paranoias” hehehe
    O blog está sempre excelente, parabéns!!!

  • Aline Ramos Costa disse:

    Amadorei esse post..srsr….vc teve uma ideia genial ao escrevê-lo..é maravilhoso conhecer um pouco mais os blogueiros e saber sobre essa vida, com suas nóias e rotinas..srssr.. Parabéns…bjs

  • Ale Gilos disse:

    Vamos gravar vídeos na Bienal! Vem pra cááááá :DDDD ~~

  • Vinicius Oliveira disse:

    Confesso que quando vou comprar um livro eu olho a capa, quantidade de páginas, sinopse e se for um livro desconhecido, meio que não muito comentado como esses livros de sagas. Até porque eu odeio spoiler e quanto mais famoso o livro é inevitável ler spoiler pela internet à fora. Eu também costumo ler mais de um livro por vez, geralmente é quando eu to lendo um livro mas tem outro que eu quero muito ler, ai eu não resisto e começo a lê-lo. Me identifiquei com a confissão #7. Tem dias que realmente não dá, eu acompanho muitas séries, tenho a escola e meus animes pra assistir, sem mencionar o meu vicio na Whatsapp e.e “Eu sempre quis fazer um vídeo…” Eu sempre quis ter um vlog, mas sou muito tímido também, as pessoas não acreditam, mas eu sou ;-;

  • Silvia Cristina disse:

    Adorei suas ‘confissoes’ hehehe, muito legal!

  • Michele Lopez disse:

    Gostei muito de suas confissões! E tenho que concordar, ter um blog não é fácil!
    Eu tinha um blog sobre esmaltes e infelizmente tive que desativá-lo pq eu não conseguia conciliar tudo que queria e odiava ter que deixar o blog de lado por coisas mais urgentes (tipo estudar para uma prova da facul). Me sentia horrível e então tomei a decisão de parar com ele. Pq não consigo fazer algo da qual não estou satisfeita.
    Outras confissões também achei bem legal… tipo do Candy Crash rsrsrs

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem