Top Ten Tuesday: Dez garotas más em livros

ttt2013

Desculpem o atraso! >.<

Mas ainda dá tempo de vir falar na coluna queridinha aqui do Por Essas Páginas, certo? 😉 Hoje o Top Ten Tuesday é FREEBIE! Ou seja, posso escolher o tema que eu quiser! E então escolhi um tema muito divertido (e “malégno” – não sabe o que é malégno? Clique aqui)! Dez garotas más em livros! ‘Bora lá ter um encontro com muita malignidade? MUHAUHAUHAHUUAHAUHU *risada extremamente maligna – ou malégna!*

Ps.: todas essas garotas são sonserinas. Porque as sonserinas são as melhores! (e mais perversas!) #SlytherinPride

Lembrando que o Top Ten Tuesday é uma iniciativa do blog The Broke and the Bookish!

rainhama

A Rainha Má, em Branca de Neve e os Sete Anões, Irmãos Grimm (e outros livros)

Como não começar por ela, que é um clássico?! A Rainha Má provavelmente é uma das precursoras das garotas más em qualquer obra literária. Ela vai até as últimas consequências apenas para ser considerada a mais bela de todas as mulheres – e porque odeia a (insossa) da Branca de Neve (quem nunca?). Atualmente a série Once Upon a Time (que também tem livros!) fez uma releitura dela – e eu simplesmente AMO a Regina. Quem precisa de princesas, afinal? Vamos concordar: a Rainha Má é muito mais diva! #evilqueen

bellatrix

Bellatrix LestrangeHarry Potter – J. K. Rowling (resenhas)

Má, muito má, tão má que nem é possível medir sua malignidade em uma escala. E não poderia ser diferente: Bellatrix Lestrange, além de ser sonserina (YES! Melhor casa de Hogwarts! #SlytherinGirl) e vir da família sangue puro mais perversa da bruxaria – os Black -, ainda é apaixonada pelo bruxo mais cruel da história, Lord Voldemort. Tudo bem que ela faz grande parte das suas crueldades para impressionar seu amado, mas a verdade é que ela curte meeeesmo torturar menininhas boazinhas e elfos domésticos: ela é mais que malvada, é louca e sádica (e uma ótima personagem!).

beatriz

Beatriz WeissmanClube dos Herdeiros – Como nossos pais – Fabiana Madruga (resenha)

A Fabi Madruga tem o dom de criar meninas más em seus livros (aliás, ela tem o dom de criar qualquer personagem, mas tudo bem). Eu fiquei realmente em dúvida se escolhia a Beatriz ou a Pietra para esse post (ou até a Manu, porque ela também foi maligna!). Mas escolhi a Beatriz porque ela é daquele tipo de menina má, tão má e malévola, que nem precisa aparecer muito para você sentir toda a sua malignidade. Ela fica atrás das câmeras, mas, quando aparece… é uma diva e destrói tudo com meia dúzia de palavras. Ah, e também tem o fato de que ela narra o prólogo do livro, Aristocracia Perdida, e foi culpa dela que eu me apaixonei pela série da Fabi. Adoro você, Beatriz, beijo, linda! <3

Detta_Walker

Detta Walker (Susannah), A Torre Negra – Stephen King (resenha)

O alter-ego de Susannah/Odetta é mais que malvada: é uma verdadeira filha da @#$% (foi mal, pessoal, não há outra maneira de dizer isso, e a própria Detta usa essas palavras). Pra completar, ela é completamente pirada, imprevisível e violenta. E a maldita tem o péssimo costume de assumir o controle da personagem nos momentos mais frustrantes, especialmente quando há cenas bonitinhas entre Susannah/OdettaEddie Dean. Mas não podemos negar: Detta deixa tudo mais interessante em A Torre Negra, como todas as meninas más costumam fazer.

raquel

Raquel, em Super Desapegada – Jaqueline de Marco (resenha)

Como assim?! Mas a Raquel é a mocinha de Super Desapegada! Há! Engana-se quem pensa que ela é boazinha como a maioria das mocinhas (e isso é uma das coisas que eu AMO nesse livro). Raquel fez algumas coisas realmente malignas na história, coisa de menina má MESMO, ou, como diz seu melhor amigo “uma verdadeira mau-caráter”. Mas, no fundo, no fundo, foi tudo por amor (e a Raquel é uma querida, não dá pra ficar brava com ela por muito tempo).

morgana

Morgana, em As Brumas de Avalon – Marion Zimmer Bradley (e outros livros)

Há várias versões da Morgana nas lendas do Rei Arthur, e eu gosto de todas elas. Apesar de em As Brumas de Avalon ela ser bem mais humana, Morgana é maléfica em vários níveis (ou apenas incompreendida, certo?). Na verdade, pra mim, ela é só uma mulher forte, que passou por muita injustiça em sua vida, e por isso age de todas as maneiras possíveis pra atingir seus fins (típica sonserina, como eu!). Além disso, ela tinha razão em várias de suas convicções. Mas não importa a versão; seja a sacerdotisa, Senhora de Avalon, Morgana das Fadas, bruxa do Castelo Rá-Tim-Bum, a Morgana é uma das personagens que mais gosto na literatura – e isso me lembra que preciso terminar de ler As Brumas de Avalon.

tita

Tita, em Tempos de Sangue – Eduardo Kasse (resenha)

Tita não tem papas na língua, não tem freios, não tem limites. Ela ama ser uma vampira e se diverte o máximo que pode chupando o sangue de tudo que se anda pela terra – e adora “brincar” com suas presas, especialmente os homens. Má?! Não brinca! Ela é a típica garotinha malvada (inocente e encantadora à primeira vista), mas com o plus de ser a vampira mais antiga da série, cheia de experiência, força e habilidade. Coloca qualquer Harold Stonecross no chinelo! Uma ruiva quente, que vive sob o lema “Girls just wanna have fun” (e sangue!).

laura

Maria Laura, em “#BonnyRead“, Fabiana Madruga, na antologia Piratas (divulgação)

De novo a Fabi? Mas fazer o que se essa menina escreve garotas más bem demais? Maria Laura faz parte do conto #BonnyRead, e basicamente é uma socialite falida, que engana as outras socialites vendendo bolsas pirateadas. Sim, Laura é uma pirata! Além disso, ela é completamente manipuladora, ela e seu rostinho lindo. E eu adoro a frase que a define: “Esses fios se enrolaram nos meus dedos, eu juro!”.

soma

Mitsuko Soma, em Battle Royale, Koushun Takami

Eu ainda nem terminei de ler esse livro, mas já deu pra notar o quanto a Soma é EVIL. Sim, com letras maiúsculas. Ela é sádica, violenta, perversa, cruel e sanguinária. Se você cair em Battle Royale (o que já seria terrível por si só), sugiro que fique bem longe dessa garota. Porque ela é mais do que má. Sério.

megami

Megami, em Inverso – Karen Alvares (resenha)

Sim, eu também criei minha própria garota má em um dos meus livros! Megami é o lado terrível e maligno de Megan do outro lado do espelho. Bela por fora, perversa por dentro, essa garota é cheia de planos maléficos e vai até o fim para conseguir o que quer – não importa o quanto doa nos outros ou até em si mesma. Amigos, inimigos, não existe diferença pra Megami: ela passa por cima de qualquer um para atingir seu objetivo – que pode ser roubar a sua vida!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Jaqueline de Marco disse:

    Fala sério, os personagens malignos são os melhores!!! hehe
    Obrigada por colocar a Raquel nessa lista. Fico honrada de estar sendo citada junto de tantos autores tops assim! Obrigada! <3

  • Karen disse:

    Personagens malignos são divos!!!
    A Raquel é uma querida, tinha que estar na lista porque ela foi um pouquinho maquiavélica, né? rsrsrs Mas ela ainda é uma fofa (e eu gosto mais dela por ter sido maligna em alguns momentos)!!!
    Seu livro é fofo, claro que tem que passear por aqui, Jaque!

  • Douglas Fernandes disse:

    Eu confesso que gosto dos vilões, alguns… tem um certo charme e sem eles nao teria historia né verdade, ainda mais quando vc acha que ela é a mocinha e depois descobre que ela é a vilã. ‘-‘

  • Karen disse:

    Concordo, Douglas! Os vilões têm charme! E eu adoro quando os mocinhos são anti-heróis também!!!

  • Marília Sena disse:

    Eu amo de paixão os vilões, são eles que dão vida à história! Seu TTT ficou maravilhoso, e por falar em Clube dos Herdeiros, eu não vejo a hora de lê-lo! Vai demorar muito ainda para ser lançado?

  • Karen disse:

    Eeeeehhh fiquei feliz que curtiu o post, Marília! 😉
    Clube dos Herdeiros já está na gráfica, junto com meu Inverso! <3 Eles devem sair agora no começo de junho! 🙂

  • Gustavo disse:

    Aaaaaaaaaaaamo vilões, porque será que eles são tão bons e muito gostaveis? kkkk. Mas sinceramente, eu não consigo gostar da Mitsuko Soma, fiquei com tanto ódio dela no decorrer do livro, ela é tão cretina, tão vagaba, tão, tão, ah, nem sei mais, só sei que peguei um put# ódio dela, mesmo descobrindo que a história dela é muito sofrida (sério, quase chorei kkkk). Eu amei esse livro, e os vilões são os melhores para se pegar ódio kkkk.
    Enfim, queria muito ler todos os livros citados que ainda não li, principalmente Inverso, As Brumas de Avalon, Super desapegada, A torre negra (enfim, quase todos kkk)

  • Top Ten Tuesday: Meus dez tópicos favoritos de todos os tempos « Por Essas Páginas disse:

    […] Dez garotas más em livros […]

  • Top Ten Tuesday: Dez coisas que me assustam em um livro | Por Essas Páginas disse:

    […] lista de dez livros para o Halloween. Já falei de autores que gosto e muitos deles são de terror. Já falei de garotas más, de livros de terror que não li (na época), capas mais assustadoras… Enfim, para não […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem