Top Ten Tuesday: Dez livros para quem gosta de tecnologia

ttt2013

Estava meio sem ideias para o Top Ten Tuesday de hoje… Ele na verdade era para recomendar para o seu clube de leitura, mas não há muito esse costume no Brasil, então alterei um pouquinho a ideia. Como já fiz várias vezes temas aqui “dez livros para quem gosta”, foi um pouco difícil pensar nesse, mas aí lembrei de Black Mirror, lembrei de tecnologia e… aí vamos nós!

O Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish.

shada

Doctor Who: Shada, Douglas Adams e Gareth Roberts (resenha)

Como falar de tecnologia sem falar de Doctor Who? Tudo bem que a série tem mais de 50 anos e os episódios clássicos tem aqueles efeitos bizarros (mas tão divertidos!), mas mesmo antiga, ela já falava de tecnologia, no caso, alienígena (mas quanto mais contemporânea a série se torna, mais também mostra tecnologia humana, claro.) Shada é um roteiro original do Douglas Adams, que acabou não sendo gravado, e Gareth Roberts transformou nesse livro incrível. É uma história incrível do 4º Doctor, recomendadíssima!

metropole

Metrópole: Despertar, Melissa de Sá (resenha)

O livro fala sobre uma sociedade distópica que valoriza a inteligência e o estudo. Tem uma pegada futurista em alguns aspectos, além de algumas questões científicas. O ritmo é alucinante e é impossível para de ler. Sabem aquela expressão “mind-blowing“? Pois é, ela resume esse livro.

estrelas_perdidas

Star Wars: Estrelas PerdidasClaudia Gray (resenha)

E também não dá pra falar desse tema sem falar de Star Wars, que dispensa apresentações. Estrelas Perdidas é um spin-off da série principal, com outros personagens, mas que faz referências bem interessantes e é uma ótima leitura para os fãs, especialmente antes de Despertar da Força. Os personagens são cativantes e a história é incrível, a maneira como Claudia Gray narra é extremamente envolvente.

oesplendor-capa-72

O Esplendor, Alexey Dodsworth (resenha)

Outro para explodir seus miolos. Em O Esplendor temos uma sociedade alienígena que lembra a nossa própria sociedade em alguns aspectos, mas que em outras é bastante diferente. Para começar, o planeta possui 6 sóis, e por isso toda a vida e a biologia deles é adaptada para tanto. Há toda uma trama justamente sobre tecnologia que muda toda a perspectiva da sociedade. É um livro muito rico e bem construído, totalmente imperdível.

brilho

Brilho & Centelha (série), Amy Kathleen Ryan (resenhas aqui e aqui)

Duas naves deixaram a Terra, cujos recursos foram completamente esgotados, e agora viajam pelo espaço em busca de um novo mundo para viver. Imagine quanta tecnologia é preciso para manter todo um sistema de vida, com plantações etc.? O único problema é que em uma das naves não nascem mais bebês, e aí a treta começa. Quero muito o final da série, mas ele não vem!

JOGADOR_N_1_1409099951B

Jogador Nº1, Ernest Cline (resenha)

Em uma sociedade no futuro, quando o planeta está arrasado, uma empresa de realidade virtual resolve dar uma bolada em dinheiro para quem vença um jogo. Esse jogo é basicamente um escape para a dura realidade das pessoas, que acabam vivendo mais nele do que na vida real. Bastante Black Mirror, certo? Mas com o bônus de ter altas referências dos anos 80. Simplesmente leiam.

a-guerra-dos-mundos

A Guerra dos Mundos, H. G. Wells

Ainda estou lendo esse. Apesar de ser um clássico, ele foi um dos pioneiros a tratar do assunto alienígenas e, claro, nesse livro eles vêm com tudo atacar a Terra (mais precisamente, a Inglaterra) com uma tecnologia inimaginável, especialmente naquela época, para os pobres humanos.

doctor-who_12-doutores-12-historias

Doctor Who: 12 Doutores, 12 Histórias, vários autores

Doctor Who de novo, mas como não? Esse livro tem contos de diversos autores, cada um sobre um Doutor, então é certeza de encontrar várias tecnologias diferentes, humanas e alienígenas. Ainda não li todos os contos, mas dos que eu li, os melhores foram do 4.º Doutor (sempre!), do 10.º Doutor (Tennant!) e do 11.º Doutor (conto do Neil Gaiman, aliás).

operacao_cavalo_troia

Operação Cavalo de Tróia, J. J. Benitez

Apesar de se passar grande tempo num passado bem distante, mais precisamente na época da Paixão de Cristo (o que é uma das melhores partes do livro, muito interessante!), todo o começo da história é dedicado à explicação da tecnologia que possibilita viagens no tempo e do programa de viagens secreto para várias épocas da história e também para o futuro. Tem gente que lê esse livro e acredita piamente, tem gente que acha baboseira, mas o que importa é que é uma ótima história.

um-novo-comeco

Space Opera – Um novo começo, Karen Alvares e Melissa de Sá (Compre na Amazon / Editora Draco)

A minha noveleta com a Melissa de Sá também se passa no espaço e é contada por um menino que nasceu numa nave. Eles estão à procura de um planeta com condições parecidas com a Terra para viver e, quando finalmente encontram, coisas suspeitas acontecem e levam o menino a descobrir um grande segredo de sua sociedade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Aline Santos disse:

    Oii! Bom, tirando SW que eu não curto, os outros gostaria d ler sim…
    Bjs

  • Shadai disse:

    não sou muito chegado em histórias sci-fi, mas um dia lerei Shada pois além de meu irmão tê-lo, e é quase o meu nome hahaha
    Jogador nº 1 falam que é sensacional, mas, tantos livros para ler, que esse vou ver o filme mesmo.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem