Top Ten Tuesday: Dez livros românticos possíveis no mundo real

 

Queridos leitores, nosso Top Ten Tuesday de hoje, excepcionalmente, será Top Ten Thursday e nosso tema será Top Ten Livros de romance que eu acho que poderiam existir no mundo real, aka FORA DO LIVRO. Sempre lembrando que o TTT é uma iniciativa do The Broke and the Bookish, blábláblá, whiskas sachê.

Então, romances que poderiam ser reais fora do livro. Romances tirados de livros românticos. Eu tive um ataque de riso! Eu não sou a leitora mais entusiasta de romances românticos, para começo de conversa. Até pensei em passar a bomba o desafio para outra pessoa mais apta. Mas o lado Griffyndor foi mais forte e resolvi fazer esse TTT eu mesma.

Primeiro de tudo, vamos deixar uma coisa bem clara: romances tirados de livros românticos são tão possíveis fora do livro quanto situações tiradas de novelas mexicanas. Se bem que novela mexicana ainda pode ter um pouquinho de verossimilhança. Por exemplo, conheço uma guria com um estágio avançado da síndrome da coitadinha que acha que é a Maria do Bairro (e eu sou a Soraia Montenegro da vida dela, but…). Então novela mexicana não rola como comparação, pois sempre existe gente muito doida por ai. Façamos uma comparação melhor: romances tirados de livros românticos são tão possíveis quanto histórias tiradas de livros de horror sobrenatural. Ou seja: isso non ecxiste!

Então, encontrar dez livros românticos que poderiam ser possíveis no mundo real é uma missão impossível, pois, veja bem, Mr. Darcy pode ser uma gracinha em Orgulho e preconceito, mas seria um completo babaca na vida real. Jane Eyres podem até existir por ai, mas você nunca vai encontrar um Mr. Rochester. E a relação entre Scarlett e Rhett, na vida real, teria acabado em um divórcio traumático e escandaloso. “Ele é mais eu mesma do que jamais serei” é o tipo da coisa que, no máximo, sai da boca de um pré adolescente apaixonado e não correspondido.

Mas, veja bem, não estou dizendo que histórias de amor não são possíveis. Apenas que histórias de amor tiradas de livros românticos não o são. Mas existem vários exemplos de histórias de amor na literatura que seriam possíveis no nosso mundo sim. E aqui seguem dez exemplos:

  1. Rony e Hermione, de Harry Potter. Aliás, eu poderia citar todos os dez casais só com aqueles criados pela JK (não pelos famigerados autores de fanfic, pelo amor dos cachorrinhos). Então só vou citar o melhor de todos. E será que eu realmente preciso citar as razões? Eles construíram um relacionamento aos poucos, baseado em confiança e amizade (e muitas brigas devido ao fato de não saberem lidar com o que sentiam), como acontece com as pessoas normais, no mundo real. A gente constrói um relacionamento aos poucos, em meio a tropeços  e trapalhadas, coisas boas e coisas ruins.
  2. Licurgo e Maria Valéria, de O tempo e o vento. Não foi uma história de amor feliz, como muitas não são. O amor dela nunca foi correspondido, sequer foi conhecido, aos poucos tornou-se raiva, mais tarde indiferença.
  3. Jay Gatsby e Daisy, de O grande Gatsby. Outra história sem final feliz. Mais obsessão do que amor,  na minha opinião.
  4. Eddard Stark e Catelyn Tully, das  Crônicas de fogo e gelo. Um relacionamento bonito que não se formou com base numa grande paixão,  já que ela era noiva do irmão dele e o casamento foi arranjado depois da morte do mesmo. No entanto o amor deles aconteceu na medida em que foram se conhecendo. Tudo bem que o Ned chega ser absurdo e uma pessoa como ele não existe, mas ainda assim acredito que relacionamentos assim realmente existem.
  5. Susan e Roland, de A torre negra. Quem nunca teve o desprazer de topar com um casalzinho irritante assim que fique muito feliz.
  6. Maryanne e Willoughby, de Razão e Sensibilidade. Outro casal que acho que dispensa comentários.
  7. Bentinho e Capitu, de Dom Casmurro. Traiu? Não traiu? E ai? Eu nunca vou saber, nem o neurótico do marido e nem você. XD
  8. Nesse momento eu descubro que todos as outras historias que eu iria citar são meio autobiograficas (Hemingway, Bukowski, Kerouac, Henry Miller) e isso seria trapacear. Outras são meio complicadas de justificar, então… Eu não leio romances, anyway. Melhor encerrar por aqui.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Carolina disse:

    Oi Mi, amei… amei o post e fiquei pensando em quais casais que eu conheço e alguns se encaixaram nas descrições rsrs
    Só estou com uma dúvida: não sei se é porque estou lendo as seis da manhã, ou porque estou lenta mesmo, mas não achei dez casais rs
    Beijos

  • Mi disse:

    @Carolina, não tem dez casais mesmo. Eu só consegui chegar até o sétimo. Mas quem quiser me ajudar a completar a lista, que fique a vontade. 😉

  • Lany disse:

    Bem, eu acabei rindo quando fiquei sabendo que era você quem iria fazer esse TTT e fiquei super curiosa em saber quais critérios que você utilizaria!
    Eu leio muito romance e concordo com você: nem sempre os casais de livros de romance, dariam certo na “vida real”. Tem certos pontos que ficam LINDO em livro, mas… Fora disso? Não da. Acho linda as frases que o Edward falava para a Bella, mas se um cara falasse essas mesmas frases para mim, eu sairia correndo para a outra direção!
    Bom, mas se eu fosse fazer a lista, além dos casais de Harry Potter, eu também colocaria:
    1. Mia Thermopolis e Michael Moscovitz (O Diario da Princesa): A situação é a mesma que você descreveu para Ron e Hermione. O relacionamento foi construido aos poucos e com muitos altos e baixos. E a Mia cresceu muito, então acredito que esse relacionamento duraria.
    2. Anna e Etienne (Anna e o Beio Frances): Mesma razão!!!
    3. Sidney e Adrian (Bloodlines): Okay, estou usando meu lado Sonserino nesse caso, porque o livro é de romance sobrenatural. Mas mesmo tirando a parte sobrenatural, ele tinha tudo para dar certo, porque os dois se completam e se entendem MUITO bem!
    4. Eve e Roarke (série Mortal): Eu poderia aqui citar varias cenas dos dois que mostram como eles se entendem bem e como um gosta do outro. O relacionamento pode ter começado muito rapido, mas os laços criados foram muito fortes! E eles brigam muito hahaha!
    5. Miii, esse eu so me lembrei agora, e voce poderia ter colocado: Percy e Annabeth HAHAHA!

    Bem, esses são alguns hahaha!

  • Mi disse:

    @Lany, RINDO DA DESGRAÇA ALHEIA??? Isso foi tão sonserino. huahahahahahaha
    Eu não conheço nenhum dos casais que tu citou. =P Exceto Bella/Edward, que não quis mencionar no post pra evitar polêmicas, mas que não é um casal nem um pouco legal no nosso mundo, uma vez que NO NOSSO MUNDO acabaria se tornando um relacionamento abusivo e que não acabaria bem de jeito nenhum.
    Eu até pensei em Percy e Annabeth, mas acho que fora do livro não rolaria. Meninas como a Annabeth não ficam com meninos como o Percy. Não foi o único casal que acabei tirando da lista, anyway.

  • Lucy disse:

    Hahaha! Mi, adorei a sua lista! Hilário seu post, eu imagino como foi que v c criou, procurando em cada livro um casal que correspondesse à realidade. rsrs
    Vejamos… Por enquanto não tenho uma lista de casais, pq como leio mto chick-lit, a coisa fica fora da casinha (mas mesmo assim a gente suspira por eles hahah), então fico com sua lista mesmo. rsrs

  • Mi disse:

    @Lucy, foi o post mais sofrido da face da terra. Eu simplesmente não sabia mais o que colocar. Tanto que são só sete, não dez. Cada casal que eu pensava acabava por descartar ao perceber que não funcionaria fora do livro. Ainda bem que eu não sou uma pessoa romântica ou esse post teria acabado com meus ideiais. huahahahahahahaha

  • Melissa de Sá disse:

    Eu acho que Nick e Norah do livro do mesmo nome são o casal mais possível que existe! hahaha Inclusive, Mi, eu recomendo que você leia esse livro. É uma comédia romântica regada a bandas de rock. Bem legal.

  • Vania disse:

    @Melissa de Sá, nossa, AMEI Nick & Norah! Acho que meu preferido de Levithan & Conn ainda é Dash & Lily mas Nick & Norah é uma graça também.

  • Vania disse:

    Mi, o que você acha de Emma e Mr. Knightley? Depois de ler seu TTT eu fiquei pensando nos dois (porque estou relendo Emma pra fazer resenha) e estou em dúvida. I mean, acho que o meu problema é que o Mr. Knightley é certinho demais, mas eu acredito que consigo ver o amor deles na vida real. Como você citou com Ron e Hermione, não é um amor repentino, é algo que cresce e amadurece, vem com o tempo. A gente só vê que Mr. Knightley gosta da Emma quando ele passa a ter competição (e quem não adora as carrancas de ciúmes dele?), e a mesma coisa acontece com a Emma. Não sei, eu acho que apesar do Mr. Knightley ser certinho demais, eu consigo ver o romance do meu mocinho preferido da Austen transcendendo as páginas…

  • Nivia Fernandes disse:

    Caramba, Mi! Que tema medonho! huahuahuahuahuahua Nem eu saberia o que fazer. Eu leio alguns romances por esporte, dificilmente consigo imaginar casais que dariam certo na vida real…

    Bom, na minha vida de desiludida, acho que faltou um casal:

    Emma e Dexter, de “Um Dia”, porque eu acho sinceramente que pode existir aquele amor que você não consegue esquecer por mais que se envolva com outras pessoas. E eles são bem normais, enfurnados de defeitos, um casal que tem sintonia, mas que acabava indo pra lados opostos porque não sabiam lidar direito com os tropeços da vida e os próprios sentimentos, como todos nós…

    Eu pensei em um casal de “O amor nos tempos do cólera”, mas acho que o Florentino é muito obsessivo. Eu nunca vi um homem assim por uma mulher por taaaaantos anos, sabendo que ela não gosta dele na mesma intensidade, então vou esperar um dia ver pra poder dizer se realmente pode acontecer. xD

  • Ana Paula Candido da Silva disse:

    Amei demais o post muitos fofos

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem