Top Ten Tuesday: Dez melhores e piores finais de séries – FREEBIE!

ttt2013

O tema de hoje é FREEBIE! Ou seja, eu poderia escolher qualquer tema e acabei escolhendo falar sobre os melhores e piores finais de séries. Tudo bem que não sou tanto uma leitura de séries, dando uma olhada no meu Skoob percebi que sou muito mais de livros únicos, mas claro que já li algumas e vou falar delas aqui.

E notem: eu não ter gostado de um final não quer dizer que eu não goste da série.

Cuidado: podem haver alguns leves spoilers. Estão avisados!

Lembrando que o Top Ten Tuesday é uma iniciativa do blog The Broke and the Bookish!

Melhores finais

Capa A Torre Negra - Projeto economico submarino.aiA Torre Negra, Stephen King

Acho que esse é um dos finais mais brilhantes já escritos. Tudo se encaixa tão perfeitamente que até a primeira frase de O Pistoleiro (resenha), o primeiro livro da série, é a mesma frase que finaliza tudo no último livro, A Torre Negra. Essa saga épica de Stephen King representa um ciclo e mostra, como ele sempre repete em todos os livros da saga, que o ka é uma roda.

Harry Potter, J. K. Rowling

Eu amo Harry Potter… até o sétimo livro da saga. Mais especificamente, até o final do último capítulo de Harry Potter e as Relíquias da Morte (resenha). Para mim, aquele final em que o Harry quebra a Elder Wand… é brilhante! É um final que fecha completamente um ciclo, que mostra o quanto Harry amadureceu, que demonstra perfeitamente que ele realmente entendeu tudo, que ele é como o terceiro irmão do conto, que aceitou a morte como uma velha amiga. É lindo. É inteligente. É literariamente perfeito.Capa_Harry_Potter_e_as_Relíquias_da_Morte_(livro)

Mas aí vem o epílogo…

E depois esse oitavo livro…

Melhor nem comentar mais nada.

Trilogia Jogos Vorazes, Suzanne Collins

Apesar de ser devastador, o final da trilogia Jogos Vorazes (resenhas) é extremamente crível (do livro, obviamente, porque o filme… afff). É assim que uma guerra funciona. Pessoas boas e inocentes morrem. Ninguém é poupado. E é impossível manter a sanidade e ser a mesma pessoa de antes. Há momentos de felicidade, mas algo se partiu para sempre e nunca será remendado.

ultimoturnoDetetive Bill Hodges, Stephen King

Stephen King de novo? Óbvio! O cara sabe como dar bons finais às suas obras e, como não poderia deixar de ser, também às suas séries. A série policial do Detetive Bill Hodges (leia as três resenhas livro #1, livro #2 e livro #3) tem um final poderoso, empolgante e, por fim, triste, mas muito verdadeiro. Mostra a jornada de um grande personagem em seu “último turno” e também como ele marca a vida de várias pessoas a seu redor e a evolução desses personagens como seres humanos. Extremamente marcante.

Card Captor Sakura, CLAMP

Tive que colocar uma série que não é de livros aqui, mas sim de um mangá. Quase todo mundo já ouviu falar de Sakura Card Captors, o anime, que é até muito fiel ao mangá (aliás, é interessante ler o mangá e assistir o anime, pois é um dos poucos que possui fillers que realmente acrescentam à obra). É claro que é uma obra simples, infanto-juvenil, mas traz uma mensagem bonita, de amor, amizade e família, e tem um final simplesmente emocionante e de arrancar lágrimas de muita gente.

Piores finais

O Senhor dos Anéis, J. R. R. Tolkien

Eu já não sou muito fã de O Senhor dos Anéis (não me matem!), por vários motivos, especialmente pelo fato de a escrita de Tolkien não permite ao leitor imaginar quase nada, o que é muito frustrante. O universo é dele, e Tolkien deixa isso muito claro durante sua obra (e todas as extensões dela). Mas outro motivo para meu desgosto com essa obra (que, entretanto, reconheço sua importância na história e influência na literatura) é mesmo o final. Aquilo para mim foi extremamente frustrante. Ficou a impressão de que vivi uma jornada imensa ao lado dos personagens, especialmente ao lado de Frodo, para, no final, ele não fazer NADA!RUINA_E_ASCENSAO

Trilogia Grisha, Leigh Bardugo

Eu amo a trilogia Grisha. Adoro o mundo, os personagens, a forma como Leigh Bardugo narra suas histórias com magia e paixão. Porém, acho que ela se perdeu no final, ou pior, se acovardou. Toda a série é brutal e o final parece um mundo de unicórnios e arco-íris. Fiquei muito decepcionada. E já adianto que estou lendo o spin-off da série, Six of Crows, e estou detestando. O livro dá sono. De alguma maneira, a autora perdeu o encanto.

Percy Jackson (e…?), Rick Riordan

Adoro Percy Jackson e os Olimpianos. Sério! Mas então, por que a série está aqui? Porque ela não tem final! Eu achei que tivesse acabado uma série (de 5 livros! Já não é o bastante?), mas então veio outra, e livros em cima de livros, e séries correlacionadas, e crossovers, e claro que em algum momento desse monte de coisa, o tio Rick se perdeu e está entregando as mesmas histórias que já lemos, só que agora cheia de furos. Eu me senti enganada e, apesar de ter lido até A Marca de Athena, abandonei oficialmente Percy Jackson e talvez qualquer coisa que Rick Riordan escreva. Porque me senti completamente enganada.

Divergente, Veronica Roth

Fiquei em dúvida se colocava essa série nos melhores ou nos piores finais (resenhas). Porque, apesar de ser uma série que eu acho extremamente pobre, o final, contrariando uma base enorme de fãs, me pareceu até bastante digno (digo, aquilo que aconteceu com a Tris e que enfurece quase todo mundo). Mas pensei melhor e o panorama do final, o mistério por trás de Chicago, do “fim do mundo” e as tramas políticas, tudo foi muito tolo, mal-elaborado, então esse único fato que me agradou não é o suficiente para que Divergente seja um dos melhores finais.

Bridget Jones, Helen Fielding

Não li o terceiro livro da série pelo simples fato de que não aceito que o Mark Darcy morreu. Aliás, para mim nem precisava desse terceiro livro, a série já estava de bom tamanho como uma duologia, mais pra quê? Crie uma nova heroína, pelo amor de Deus! Novas histórias! Mas não, tinha que matar o Darcy. Horrível. Ridículo. Argh!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Milena Soares disse:

    Interessante essa Top Ten Tuesday, dos melhores só conheço o Harry Potter e Trilogia Jogos Vorazes, também gostei muito desses, dos piores ainda não li nenhum desses

  • Marília Sena disse:

    Só li HG e Divergente, mas tenho que concordar com você quanto à Convergente, que final horrível.
    Ah, e o novo livro da Veronica, ansiosa para ler?

  • Karen disse:

    Putz, eu acho que não vou não o livro novo dela… Primeiro porque, como eu disse, pra mim a saga Divergente não foi uma boa leitura. E segundo porque eu já li coisa sobre o livro na net, já li sinopse no site da editora, já li orelha do livro na livraria… E até agora não entendi do que ele se trata! E se você não consegue deixar a sinopse atrativa, pra mim perdeu.
    Você vai ler?

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem