Top Ten Tuesday: Os dez melhores livros que eu li em 2012

 

Olá,

Estamos em Dezembro então não tem como fugir da famosa lista dos “Melhores do Ano”. O Top Ten Tuesday dessa semana não poderia ser diferente: Os 10 melhores livros que eu li em 2012.  Cada semana, uma pessoa da  equipe do blog fica responsável pelo TTT e eu fiz a mesma lista no ano passado (que coincidência, não?).

Primeiramente, os livros que eu vou colocar nessa lista não significa que são aqueles com os melhores enredos ou com uma escrita diferenciada. Mas são livros que eu amei e que eu realmente senti algo enquanto estava lendo. E em alguns casos esses livros nos pegam realmente de surpresa e por isso, eles podem não agradar da mesma forma a todo mundo…

E os livros estão realmente por ordem de preferência (assim a lista fica mais complicada de ser feita!).

Lembrando que o Top Ten Tuesday é um meme do blog The Broke and the Bookish!

 10) One Hundred Names, Cecelia Ahern (sem tradução no Brasil) – Justamente um dos livros mais famoso da Cecelia, PS Eu te Amo, foi o que eu menos gostei! Eu demorei um pouco para consegui “entrar” realmente na história, mas eu gostei de como a autora uniu os personagens principais e eu amei a mensagem que o livro nos passa. Na minha versão do e-book, no final, tem uma parte de “Perguntas e Respostas” com a autora, o que tornou ainda o livro mais interessante. Quando perguntada sobre como ela teve a ideia para o título, Cecelia disse que estava assistindo televisão (mas sem prestar muita atenção) e passou uma entrevista com a Jennifer Lawrence. A atriz começou a falar sobre o seu novo filme, One Hundred Names. E a Cecelia ficou triste, porque esse realmente era um bom nome para um livro… E então ela percebeu que o nome do filme era The Hunger Games

 9) Lola e o Garoto da Casa ao Lado, Stephanie Perkins – Eu adoro romances e livros young adult.  Ano passado eu li Anna e o Beijo Francês e eu AMEI! Lola pode não ter o charme de Paris, mas também tem personagens maravilhosos e o livro é absolutamente lindo! A Vania fez a resenha desse livro logo quando ele foi lançados nos EUA.

8) Meet me at the Cupcake Café, Jenny Colgan (sem tradução no Brasil) – A Jenny Colgan, infelizmente, não é muito conhecida no Brasil… Bom, eu estava andando em uma livraria quando um título e uma capa muito rosa me chamou atenção: “Meet me at the Cupcake Café”. Na capa ainda tinha uma frase da Sophie Kinsella indicando o livro! Não pensei duas vezes antes de comprar. O livro é muito fofo, os personagens são cativantes e para quem gosta de cozinhar, tem várias receitas e dicas para fazer cupcakes! Esse é literalmente um romance doce!

 7) Just Listen, Sarah Dessen – Eu já fiz a resenha desse livro aqui no blog e eu realmente gostei muito dele ! Adorei como a Sarah escreveu sobre um assunto delicado de uma forma tão bonita e ao mesmo tempo, tão real.

 6) Size 12 and Ready to Rock, Meg Cabot (sem tradução no Brasil) – O que seria da minha lista sem a Meg né? Li os dois livros dela lançados esse ano (o outro foi Underworld), mas,  eu tenho que dizer: eu ADORO a Heather Wells e o Cooper! Na época a Meg lançou um clipe de umas das músicas da Heather (Sugar Rush) e eu ficava lendo e cantando…

 5) A Seleção, Kiera Cass – Eu fiquei completamente encantada com esse livro! Sociedade no futuro e uma seleção para descobrir quem vai ser a nova princesa do reino? Não teria como ficar fora da minha lista! Estou muito curiosa para saber como continua… Para mais detalhes, leiam a resenha!

4) A Marca de Atena, Rick Riordan – Eu fico realmente triste em colocar esse livro em quarto lugar porque eu gosto muito mesmo dessa série (como disse a Karen, eu sou a Lany-doida-pelo-tio-Rick!!!). Eu gostei muito de diversas cenas, mas eu achei que realmente falou alguma coisa no meio do livro (como eu disse na resenha). Mas o final foi de ficar desesperada, como o Rick sabe fazer muito bem! E tem o Percy com o seu humor irônico e o Leo mostrando que nada é impossível com um pouco de criatividade!

3) Fiquei com o seu número, Sophie Kinsella – Como eu disse na resenha, o começo do livro não me prendeu. Mas o final foi tão lindo e a história foi tão bem escrita, que eu fico com um sorriso no rosto todas as vezes que eu me lembro dele. Um dos melhores livros da Sophie, com certeza! Poxa, queria encontrar um celular também (com um dono bonitão, claro!).

2) A Culpa é das Estrelas, John Green – Tem muitos livros que eu gosto mas que eu não recomendo para todo mundo. A Culpa é das Estrelas não faz parte desse grupo: eu realmente acho que TODO mundo deveria ler essa linda história. Esse livro realmente deixou uma marca em mim como leitora e que nenhum outro livro fez igual (um caso parecido foi com o livro “Eu sou o Mensageiro”, do Markus Zusak). Eu realmente não consigo colocar em palavras o que eu sinto sobre esse livro, então eu deixo uma mensagem: LEIAM. Se vocês ainda não se convenceram, leiam a resenha da Vania.

(Somente de curiosidade, antes de ler esse livro, eu tentei ler Looking for Alaska mas não consegui chegar nem na metade. Então mesmo que você não goste dos outros livros do John Green, LEIA A culpa é das Estrelas!)

1)The Golden Lily, Richelle Mead (sem tradução no Brasil) – POR FAVOR, não feche a página, me dê uma chance para explicar!

Muitas pessoas devem estar se perguntando “Mas como assim Richelle Mead em primeiro lugar?”. Se eu tivesse lido somente a série Vampire Academy, eu também não acreditaria nisso (eu adorei, ficaria na minha lista de favoritos, mas não nessa posição). Vocês podem perceber que a Richelle está na frente de muitos autores que eu AMO (e de livros maravilhosos, como o do John Green). Mas é que… AGH, eu estou tentando colocar em palavras um sentimento que eu não consigo, porque… Não tem como explicar! The Golden Lily me pegou completamente de surpresa porque eu nunca imaginei que eu fosse gostar tanto desse  livro. Vocês não imaginam o sorriso bobo que eu fiquei no rosto enquanto durante a minha leitura. Normalmente, isso passa depois que eu acabo de ler, mas eu fiquei  SEMANAS assim… E eu estou com o mesmo sorriso enquanto escrevo esse texto!!!

Eu fico muito feliz em como a Richelle cresceu como autora, porque ela conseguiu mostrar a evolução de um romance em que o leitor realmente sente que aquilo tudo é real. E o Adrian… Ele me conquistou tanto que ele está na minha categoria de personagens favoritos junto com Remus Lupin e Michael Moscovitz !

Para vocês terem uma noção, eu já estou fazendo contagem regressiva para o próximo livro da série. Mais animada do que isso, somente por causa de Harry Potter. Sério!

(Eu tenho esse livro em e-book, o que é muito prático para marcar trechos. Teve um capítulo que eu queria marcar todas as frases, então achei mais prático marcar o capítulo inteiro!).

E a Vania também gostou do livro!

 Eu vou fazer aqui duas Menções Honrosas,  que são dois livros que eu amei mas que não puderam entrar na lista porque ultrapassaria os 10:  The Raven Boys, Maggie Stievfater  (a poesia desse livro é fantástica! Realmente eu acho que vai ser uma série excelente!) e Através do universo, Beth Revis (apesar de ela ter cometido um erro grave no primeiro livro, eu gostei de como a parte biológica é descrita no futuro!).

E para vocês, quais foram as melhores leituras de 2012? Contem para a gente, assim a nossa lista de livros para 2013 vai aumentar ainda mais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem