TTT: 10 Livros Para Quem Diz que Não Gosta de Ler

Olá! O tema do Top Ten Tuesday dessa semana é “Livros que você daria para quem diz que não gosta de ler“. Achei um pouco complicado escolher apenas 10 livros porque eu não recomendaria os mesmos títulos para as mesmas pessoas. Mas abaixo segue uma lista geral dos títulos que acho que a maioria das pessoas que não gostam de ler seguiriam até o final.

Lembrando que o TTT é uma iniciativa do blog The Broke and the Bookish.

Harry Potter, J. K. Rowling

Preciso mesmo dizer o motivo? O tamanho da série pode assustar – 7 livros – mas é muito difícil alguém resolver pegar a história do menino que não sabia que era bruxo e parar no meio. Escrito de forma simples e interessante, é uma leitura que flui rapidamente, e a cada página virada te faz querer chegar logo ao final e ao próximo volume para saber as respostas de diversas perguntas que sempre ficam no ar.


O Pequeno Príncipe, Antoine de Saint-Exupéry

Com apenas 85 páginas, recheado de beleza e poesia, O Pequeno Príncipe é uma pedida ideal tanto para crianças quanto para adultos. As crianças vão se deliciar e se identificar com o Pequeno Príncipe, enquanto os adultos entenderão as ironias, e quem sabe se enquadrarão em uma das descrições que o Pequeno Príncipe dá às pessoas grandes. É um livro pequeno, fácil de ler, e encantador, no qual descobrimos novas coisas a cada releitura!

Jogos Vorazes, Suzanne Collins

“Vinte e quatro crianças trancadas em uma arena lutando até a morte, e apenas uma pode sair viva.” Ao dar essa descrição da trilogia de Suzanne Collins e tentar convencer amigos a ler o livro, tudo que consegui foi que me olhassem meio torto, como quem diz “o que você bebeu hoje?” Mas Jogos Vorazes é muito mais que sua trama inicial! É um livro com uma narrativa eletrizante, que te deixa na ponta da cadeira e querendo mais quando termina. Você se apega aos personagens, ri com eles, sofre com eles, chora e se emociona com eles. É um livro que tem alma, e meu maior orgulho foi ter finalmente convencido uma colega que detesta ler a dar uma chance à Katniss e Peeta. Ela terminou os três livros em uma semana!

The Scorpio Races, Maggie Stiefvater

Eu ainda não fiz a resenha desse livro porque ele conta uma daquelas histórias que a gente precisa de um tempo pra assimilar. Intercalando a narração entre os dois personagens principais, eu acredito que The Scorpio Races agradaria meninos e meninas de todas as idades. Isso porque além de tratar de temas importantes como família, amizade e morte, The Scorpio Races também fala sobre uma corrida de cavalos super eletrizante! Tudo isso narrado na forma poética e emocionante que somente Maggie Stiefvater consegue fazer!

Anna e o Beijo Francês, Stephanie Perkins

Certo, essa indicação seria especificamente para meninas, apesar que não machucaria que alguns garotos lessem também (mas eu acho mais difícil, especialmente tratando-se de quem não gosta de ler). Mas Anna é uma leitura fácil e atraente, com a medida certa de romance, drama e comédia. É um tanto quanto difícil não se identificar com Anna ou não se apaixonar por St. Clair. Mais difícil ainda é não ficar com aquela vontade incontrolável de fazer as malas rapidamente e pegar o primeiro vôo para Paris!

The Girl Who Chased the Moon, Sarah Addison Allen

Esse foi o primeiro livro de Sarah Addison Allen que eu li (eu sei, ainda estou devendo a resenha) e que me fez cair de amores pela autora. Misturando realidade e magia, com uma pitada de sal e pimenta, Allen nos leva ao encontro do velho com o novo, numa cidade onde seus moradores são tão peculiares quanto as luzes misteriosas que aparecem à noite. Simples e emocionante, eu recomendo The Girl Who Chased the Moon para mulheres de todas as idades, e também para os homens que não têm medo de serem pegos lendo o que é considerado “literatura de mulher”.

Coraline, Neil Gaiman

A princípio, leitores podem pensar que Coraline se trata de um conto de fadas infantil; afinal, trata-se de uma garotinha que se muda para uma casa nova, cujos pais estão ocupados demais para prestar atenção nela, e numa tarde chuvosa ela descobre uma passagem secreta. Até aí tudo bem. Só que a passagem secreta leva à uma casa igual à dela, com seus “outros” pais que são iguais aos seus pais de verdade, exceto por um pequeno detalhe: eles têm botões no lugar de olhos. Irônico, eletrizante e delicioso do começo ao fim, Coraline é a pedida certa para agradar meninos e meninas de todas as idades!

O Caso dos Dez Negrinhos, Agatha Christie

Quem não gosta de um bom mistério? Para isso, nada melhor que a Rainha do Crime no que é considerado seu livro de mais sucesso. Presos em uma ilha estão dez pessoas que aparentemente não têm nada em comum além de terem sido convidadas para estar ali pela mesma pessoa. A situação – que já é estranha por si só – fica ainda mais sinistra quando as pessoas começam a morrer, uma por uma, seguindo uma velha rima pendurada num quadro na parede. E o mais impressionante é que não há ninguém na ilha além deles! Meu livro favorito da Agatha Christie, O Caso dos Dez Negrinhos é um vira-página certo mesmo para quem morre de medo do bicho papão embaixo da cama!

O Diário de Bridget Jones, Helen Fielding

Confesso que não sou muito fã de chick-lit, mas Bridget Jones… ah, quem nunca se identificou com Bridget Jones? Quem nunca fez besteira por causa do cara que gostava, e quem nunca gostou da pessoa errada? Quem nunca viveu em guerra com a balança ou tentou diversas dietas só para terminar o dia com um pote de sorvete assistindo à Orgulho e Preconceito? Quem nunca desejou ter seu próprio Mr. Darcy, e quem nunca tomou um porre e ligou para a pessoa errada às 2 da manhã deixando mensagens comprometedoras na secretária eletrônica? Se você nunca fez nada disso, minha amiga, eu recomendo não pegar o livro e sair para viver um pouquinho. Mas se você já passou por alguma dessas situações, então você vai se identificar – e se deliciar – com as aventuras de Bridget Jones!

A Menina que Roubava Livros

Eu ainda lembro do dia que uma amiga me indicou a obra de Markus Suzak. Ela deixou uma mensagem no extinto orkut, dizendo algo como “eu acabei de ler esse livro e precisava dividir com alguém, então te peço para ler!” E desde que eu segui o conselho da Bruna, eu o passo adiante, como uma corrente. A Menina que Roubava Livros é literatura do jeito que eu gosto, uma história cativante, recheada de cores e cheiros e poesia. E sangue. Porque não há como ter uma história narrada pela própria Morte sem ter sangue. Recomendado para crianças e adultos, independente de raça, credo ou sexo. Leiam, e não vão se arrepender!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Lucy disse:

    Eu acrescentaria na lista a série do Percy Jackson e algum da Meg Cabot como chick-lit, eu gosto muito de Ela foi até o fim (acho que A mediadora deve ser um ótimo YA também). Não sei pq, não me identifiquei tanto com a Bridget Jones, acho que a Lara ou a Samantha Sweet da Sophie Kinsella são mais engraçadas. rsrs Já no quesito Neil Gaiman, Stardust também é um ótimo começo e insisto para que as pessoas também pensem em ler Sherlock Holmes. hahaha

  • Karen Alvares disse:

    Parceira, adorei essa lista. Tem alguns que eu já li, obviamente, e realmente passo a indicação adiante. Outros, eu não li e fiquei doida para ler. Adorei o que você disse de Coraline e você acredita que eu ainda não li O Pequeno Príncipe? Shame on me!
    A menina que roubava livros tá na minha wishlist. Acabei de ver que tá disponível para troca no skoob, devo pegar então?
    Bridget acho que muita gente se identifica mesmo, eu tenho o meu exemplar aqui guardado com muito amor. HP, Jogos Vorazes e Agatha? Não tem nem o que falar, é se jogar de cabeça mesmo.
    Eu acrescentaria na lista, mas para quem é mais jovem, A Coleção Vaga Lume, pois foi ela quem me deu (mais) amor à leitura.
    Ótima lista!! Uma delícia de ler!

  • KIMBERLY PAVANI disse:

    Eu colocaria tambem a turma da rua quinze….

  • KIMBERLY PAVANI disse:

    AHH E TAMBEM ACRECENTARIA DESCULPE MÃE !!!

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem