Top Ten Tuesday: Dez fatos literários sobre mim

O tema do Top Ten Tuesday desse semana é bem pessoal, já que eu tenho que comentar sobre dez fatos literários que eu vivenciei. Confesso que foi difícil escrever essa coluna, mas tentei comentar sobre fatos que eu acho interessantes, porque influenciaram bastante na leitora que eu sou hoje.

Lembrando que o Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish.

1.Eu demorei um pouco para aprender a ler. Eu tinha dificuldades no famoso “juntar as letrinhas”, mas quando eu consegui eu não queria parar mais. Tanto que eu fui a oradora da minha turma na formatura de alfabetização (ainda fazem isso hoje em dia?). Eu não conseguia passar na frente de um outdoor sem tentar ler o que estava escrito em voz alta.

mingau2. Sempre me estimularam a ler, ler e ler. Eu ganhei vários gibis da Turma da Mônica quando era criança – e eu relia tanto que eu até decorava as historinhas. Eu adorava a Mônica e o Cebolinha, mas eu tinha um carinho todo especial pela Magali e o Mingau. Depois, eu fui para os livrinhos e de lá não saí mais.

3. Sim, eu era rata de biblioteca e a bibliotecária me conhecia pelo nome. Lá era um dos meus esconderijos secretos para todos os momentos. Tanto que em um dos meus aniversários, quando eu suspeitei que as minhas amigas iriam tentar puxar um “Parabéns para você” bem alto no meio do pátio, eu me escondi lá (porque eu era muito, muito, muito envergonhada).

4. As professoras sempre me colocavam para sentar lá atrás na sala no Ensino Fundamental, porque eu era muito quietinha. Mal eles sabiam que,  nas aulas chatas (ou quando eu acabava as tarefas), eu abria um livro e ficava lendo embaixo da mesa. Eu achava muito legal que a professora de Português, quando a gente acabava as provas mas não podia sair da sala, deixava a gente pegar um livro para ler (e eu acho que todos os outros professores deveriam ter seguido esse exemplo).

5. Eu conheci a série Harry Potter através de uma amiga que também sentava lá atrás e fazia a mesma HP4coisa. Ela estava lendo Harry Potter e o Cálice de Fogo e estava simplesmente surtando por causa de um tal de “Ron Weasley”. Ela recomendou tantas vezes que eu tive que pegar o livro na biblioteca. Só que adivinhem só, lá não tinha o segundo! Então eu li o primeiro, o terceiro, o quarto e depois o segundo.

6. Eu tenho que admitir: não gosto muito dos livros do John Green. Eu gostei de “A culpa é das estrelas” mas não gostei tanto assim como a maioria das pessoas. Nunca consegui terminar de ler “Procurando Alaska” e com isso totalmente desanimei de ler os outros livros dele.

7. Eu não consigo gostar de New Adult. Nem é por causa dos clichés, porque eu amo um cliché. É mais pela estrutura dos enredos mesmo. Os únicos New Adult que eu gostei são aqueles que são completamente diferentes de todos os outros! Então sim, eu fujo desse estilo, sempre quando posso.

meg8. Eu conheci a Meg Cabot depois que eu terminei de ler os livros disponíveis de Harry Potter e eu não sabia quanto tempo demoraria para lançar o quinto livro. Eu tinha começado o Ensino Médio, minha nova escola não tinha biblioteca, então eu fui juntando dinheiro do lanche até ter o suficiente para comprar um livro. Na livraria eu não sabia o que comprar, mas a capa com uma coroa e a descrição que dizia que era um filme da Disney, me chamaram a atenção. Levei O Diário da Princesa para casa e nunca me arrependi disso.

9. Eu adoro fanfics, e eu lia muita fanfic na época de Harry Potter. Foram elas que me aguentaram a suportar o longo tempo entre um livro e outro. Eu até escrevi algumas também!

10. Eu tenho coleção de marcadores de página! Sim, além de utilizá-los para marcar onde parei a minha leitura (eu nunca faço orelha em livros), eu também gosto de sempre comprar um quando vou a um lugar novo (se tiver essa opção né). Também adoro guardar marcadores dos meus livros favoritos!

E vocês, quais são as curiosidades que vocês podem contar? 😀

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Daniela disse:

    Nossa, eu não SUPORTO Meg Cabot. É ela e a Marian Keyes. Simplesmente não me descem, acho ambas um porre, mas respeito quem gosta, afinal, gosto particular.
    Não tenho e nunca tive nenhuma vontade de ler Harry Potter. Me deem Tolkien, C.S. Lewis, Bernard Cornwell, George Martin… Enfim, me deem os livros deles que eu leio, mas Harry Potter… Dispenso!
    Também não sou fã do João Verde, li apenas “A Culpa é das Estrelas” e tá bom assim. Acho ele modinha demais.

  • Milena Soares disse:

    Eu também era rata de biblioteca, ia lá todo dia tanto na época do ensino médio e principalmente na universidade, curto muito New Adult e a escrita da Mega Cabot, também coleciono marcadores, fico doida pra consegui os dos meus livros favoritos.

  • Aline Santos disse:

    Oie! Aain tbm aprendi á ler e pegar o gosto por leitura com gibs da Turma da Mônica! Achava e até hj acho um máximo!
    Adoro Harry Potter, infelizmente só vi filmes ainda não peguei livros pra ler,mas tenho mta vontade!
    Adorei o post!
    Bjs!

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem