TTT: Dez livros com personagens que representam a diversidade

Hoje, em homenagem à semana especial “Tartarugas até lá embaixo”, eu resolvi mudar o tema do Top Ten Tuesday. Eu fiquei na dúvida em como chamá-lo, nem sei se eu fiz a melhor opção, mas no final escolhi “Dez livros com personagens que representam a diversidade”. Mas o que quer dizer “representa a diversidade”? São aqueles personagens que fogem do padrão clássico em livros, seja quanto ao físico, orientação sexual, psicológico ou a forma de encarar o mundo. Esse é um tópico que eu queria abordar já tem um tempinho e inclusive a Milena Soares deu uma sugestão bem parecida. Infelizmente, eu não consigo fazer um TTT com cada um dos temas separados, mas quem sabe no futuro?

O Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish!

1. Tartarugas até lá embaixo, John Green [Resenha] – Claro que o primeiro livro dessa lista tem que ser o homenageado da semana! Nós vamos falar um pouco mais sobre isso amanhã, mas a Aza tem TOC – e toda a parte de pensamentos obsessivos é lindamente descrita. É como realmente se você entrasse na cabeça de uma pessoa que sofre desse distúrbio. Eu nunca li um livro que tratasse de uma doença mental dessa forma. 

2. Dumplin’, Julie Murphy [Resenha] – Personagens obesos são quase raros na literatura, e quando eles existem, são aqueles amiguinhos engraçadinhos ou aquela pessoa que só quer emagrecer. Esse não é o caso de Dumplin’, que é uma leitura que todos deveriam fazer.

3. O Sol também é uma estrela, Nicola Yoon – Esse livro não só retrata personagens que possuem diferentes etnias, como também o tema central desse livro é um bastante importante: a deportação. O livro tem uma grande carga de cultura tanto coreana quanto jamaicana. Ele foi definitivamente uma das minhas melhores leituras de 2017. 

4. There’s someone inside your house, Stephanie Perkins – Esse livro é uma grande mistura de personagens que representam a diversidade. A protagonista é Americana Africana, a avó dela é negra e um dos seus amigos é transgênero (apesar da autora ter desperdiçado uma grande oportunidade em desenvolver mais o personagem). Sem contar que um menino tem cabelo rosa, totalmente quebrando os padrões! O livro no geral me decepcionou um pouco, mas no quesito diversidade, ele é nota dez!

5. Para todos os garotos que já amei, Jenny Han – A protagonista é coreana e apesar de esse não ser o tema central do livro (pelo menos não do primeiro), em algumas cenas isso fica bastante evidente. Como no caso de quando ela tinha que se fantasiar para o Halloween, e ela disse que só se fantasiava de personagens orientais porque se não as pessoas não entendiam a fantasia.

6. Como eu era antes de você, Jojo Moyes [Resenha] – Bom, esse nem preciso falar muito, porque quer seja pelo livro ou pelo filme, todo mundo sabe que o protagonista sofreu uma acidente e ficou tetraplégico e todo o enredo do livro gira em torno disso. Esse é mais um dos livros que eu acho super necessária a leitura porque ele trata de temas muito importantes que nos levam a refletir sobre as nossas próprias opiniões.

7. Série Percy Jackson (e todos os seus mil spin-offs), Rick Riordan [Resenhas] – Os semi-deuses da série Percy Jackson tem uma característica: todos eles tem TDAH, ou seja, Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade. Um dos filhos do Riordan foi diagnóstico com TDAH, e ele colocou isso no livro para mostrar que eles também são heróis! Fofo, não? Além disso, sem dar spoilers para quem não leu, temos personagens homossexuais e um outro que é bi (esse é fácil fácil de descobrir quem é).

8. Inverso/Reverso, Karen Alvares [Resenhas] – Eu escolhi essa duologia da Karen Alvares porque ela trata o tema da perda de uma pessoa de uma forma muito diferente e tocante, o que demonstra a diversidade em lidar com uma situação difícil. Mas ele não está aqui só por isso e sim porque ele se passa em qual país? NO BRASIL! Sim, e muitas pessoas ainda tem preconceito quanto a isso! Vamos ler mais livros que tenham como local o nosso país?

9. Série Diário de uma princesa improvável, Meg Cabot – Não quero dar muitos spoilers para quem só leu a série do Diário da Princesa, mas a protagonista é negra (como a gente já consegue perceber pela capa)! 

10. Fangirl, Rainbow Rowell [Resenha– Eu sei que algumas pessoas não gostaram de fangirl, mas para quem um dia já participou ou ainda participa de um fandom, esse livro é uma ótima representação. A protagonista é escritora de fanfics (assim como a melhor amiga de Aza em Tartarugas até embaixo) e ela escreve sobre um casal homossexual! Outro livro que também trata desse universo é Geekerela, da Ashley Poston.

Menção Honrosa

11. Aconteceu naquele verão, livro de contos organizado por Stephanie Perkins [Resenha] – O meu conto favorito desse livro (Lembranças – Tim Federle) tem como enredo o relacionamento entre Matthew e Keith. É lindo demais e totalmente merece aparecer aqui nessa lista (mesmo que o Top 10 não seja mais só com 10 ops).

E vocês? Tem algum livro para me indicar?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Layana disse:

    Eu li o Inverso e amei!!!
    comprei o Tartarugas até lá embaixo e assim que terminar minha leitura atual vou começar a lê-lo.

  • Nilda de Souza disse:

    Ficou ótimo o título do Top. Eu não li nenhum dos livros da lista. Tem interesse em pelo menos dois: Dumplin e O sol também é uma estrela.
    Acho que precisamos de mais livros com representatividade. Precisamos de livros com protagonistas de diferentes etnias e cores de pele. Livros com romances homossexuais, com protagonistas latinos e negros, com personagens gordos, deficientes, fora do padrão clássico de beleza.
    Há tantas questões a serem exploradas.

    Beijos

  • Fabrica Dos Convites disse:

    Acredita que não li nenhum deles ainda? Pois é, pior que alguns deles eu quero ler, inclusive O Sol Também é uma Estrela eu já tenho. Boas dicas, gostei.
    Bjs, ROse

  • Camila de Moraes disse:

    Olá!
    Quantos livros maravilhosos. Eu adorei Nicola Yoon, Fan Girl e sou suspeita quanto obras da Jojo.
    Estou bem curiosa com Dumplin’ que espero ainda ler esse ano.
    Beijos!

  • Cabine de Leitura disse:

    Dos citados por você, eu quero ler Dumplin e O Sol também é uma estrela, ainda mais agora que vi que é sua melhor leitura deste ano.
    Já li Para todos os garotos que já amei e o da Jojo, que pra mim foi de grande valia, uma vez que já me relacionei com um cadeirante. Os desafios são imensos.
    Adorei a postagem.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

  • Sara Kerolen disse:

    Oiii tudo bem ?
    Vários dos livros eu conheço mais ainda n tive a oportunidade de ler , gostei dos q você trouxe irei adicionar alguns na lista.

    Bjj

  • Alice disse:

    Oiieeee

    Eu tenho no kindle There´s someone inside your house mas estou meio que adiando a leitura, já vi algumas resenhas negativas dele que me deixaram com o pé atrás, mas acho muito legal essa diversidade inserida no livro.
    Inverso parece ser muito bom e realmente há preconceito com livros nacionais e mais ainda se estão ambientados no Brasil… precisamos mudar isso

    Beijokas

    aliceandthebooks.blogspot.com

  • Marijleite disse:

    Olá, amei o seu top 10 (11). Ainda não li nenhum dos livros, mas já fiquei com vontade de ler toooooodos. Acho mega importante termos essa diversidade, essa representatividade na literatura.

  • Milena Soares disse:

    Olá! Amei esse Top Ten Tuesday, curto muito um livro com personagens que fogem do padrão clássico, amo o livro Como eu era antes de você, Jojo Moyes.
    Bjs

  • Bruna Costabeber disse:

    Olá, tudo bem?
    Adoro essas postagens de TTT. Não conhecia esse tema, mas gostei muito da escolha dos livros. Ainda não li Tartarugas até lá embaixo, mas parece um livro incrível. Também gostei muito de ver Como eu era antes de você aqui.
    Beijos

  • Jessica disse:

    Oie!
    Li “O sol também é uma estrela” e fiquei encantada com a história! Amei ele estar no seu post. Quero MUITO ler Dumplin, só pela sinopse já se vê que é uma leitura imperdível. Espero conferir varios dessa lista em breve! Indico EXTRAORDINÁRIO, que também demonstra a diversidade de August.

  • Camila Mondaini disse:

    Adorei o Ttt da cez!! Queri muito ler O Sol também é uma estrela. E Para Todos os Garotos que já amei é fantástico!

  • Thayenne disse:

    Olá,

    Tirando Como eu era antes de você e Fangirl que eu já li, e Inverso/Reverso que não senti vontade de ler, todos os outros citados estão na minha longa lista de livros que desejo ler. Acho super bacana essas postagens, queria conseguir fazer algo do tipo lá no blog, mas sempre me enrolo toda haha.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem