TTT: Top dez livros “famosos” que eu não gostei

O tema dessa semana era completamente o oposto: eu deveria falar sobre livros que não são tão conhecidos assim e eu adorei. Só que um dos comentários do meu Top 10 melhores livros de 2016 foi exatamente que eu li livros bastante diferentes do que o resto dos blogueiros. Ou seja: essas duas listas ficariam muito semelhantes. Então resolvi bancar a polêmica e falar sobre 10 livros que são famosos, tem resenhas positivas mas que… Bleh, eu não gostei. E podem ter certeza que eu conseguiria fazer uma lista muito maior do que essa!

O Top Ten Tuesday é um meme semanal elaborado pelo blog The Broke and the Bookish!

cinquenta tons1.Cinquenta Tons de Cinza, E. L. James – Eu tenho uma seguinte teoria: todo mundo pode falar mal de qualquer obra, afinal gosto é gosto, mas com uma condição: a pessoa tem que te pelo menos tentado ler o livro. Impulsionada por um desafio feito com várias pessoas (incluindo as meninas aqui do PEP), nós resolvemos ler Cinquenta Tons de Cinza, e eu devo dizer que só consegui chegar até o final por causa da aposta. O problema não é ter sexo, o problema é a forma horrível que ele foi escrito. O que me lembra de outro livro, que é… janeiro

2. Série A Garota do Calendário, Audrey Carlan – Não sei se realmente as pessoas gostam, ou se é só o marketing pesado nesse livro, mas ele me seguia em todos os lugares. Aparecia no facebook toda hora e o aplicativo do meu leitor digital ficava me indicando! Eu tinha praticamente 100% de certeza de que não iria gostar porém fui vencida pela curiosidade, peguei o primeiro para ler e… Não gente, não dá. A escrita dele é pior do que a do Cinquenta Tons de Cinza, se é que isso é possível (Nada é tão ruim que não possa piorar, como já diz o velho ditado). E eu dei uma estrela para Cinquenta Tons, uma!!!

3. A Coroa, Kiera Cass [Resenha] Okay, eu já vi várias pessoas que não fizeram críticas muito positivas a esse livro, mas ele é “famoso” então está aqui nessa lista. Que decepção que foi esse último livro da série! O que mais dói é que eu acho que com uma edição mais elaborada os livros da Kiera seriam muito melhores… A escrita dela não é ruim, o problema é o planejamento do enredo.

3. Cartas de Amor aos Mortos, Ava Dellaira [Resenha] Para mim é muito difícil colocar esse livro nessa lista, porque eu queria muito ter gostado dele. Mas… Eu realmente acho que eu o li no momento errado. O enredo é ótimo, mas eu não consegui me conectar com a protagonista. E esse é aquele tipo de livro que essa conexão tem que acontecer para que a leitura consiga fluir.

4. Intenso Demais (Trilogia Rock Star), S. C. Stephens [Resenha] Eu me lembro que em algum post (acho que foi na Sexta do Sebo), alguém comentou sobre como a pior leitura dela no ano havia sido a Trilogia Rock Star e que ela tinha conseguido ler os três. Eu só posso dizer “Meus Parabéns”, porque se o primeiro já foi difícil… E o livro é imenso! Se vocês querem saber mais detalhes sobre a minha opinião, está tudo lá na resenha!

5. A Bandeja, Lycia Barros [Resenha] Todo mundo sabe que eu adoro autores aqui do Brasil e eu sempre fico procurando novos para conhecer. A Lycia Barros tem um número impressionante de resenhas no skoob sobre os seus livros – então é claro que eu fiquei muito curiosa para ler um livro dela. Mas A Bandeja teve TANTOS problemas de caracterização de personagem que eu não consegui gostar da leitura… Talvez eu devesse ler outro livro da autora, mas eu não fiz isso até agora.

John Green6. Qualquer livro do John Green sem ser “A Culpa é das Estrelas” – Sendo muito sincera, nem “A Culpa é das Estrelas” eu gostei tanto assim… Pelo menos não tanto quanto 90% das pessoas. Já tentei ler vários outros livros do mesmo autor mas não consegui sair dos primeiros capítulos. John Green não é para mim, definitivamente.inferno

7. Inferno, Dan Brown – Vocês vão me falar “Mas é Dan Brown Lany o que você queria?”. Podem me julgar mas eu me diverti muito com O Código da Vinci e Anjos e Demônios. Eu sei, ele segue aquela receita básica de bolo, e depois dos primeiros, todos os outros parecem ser semelhantes… Mas em Inferno ele usou uma tática para dar uma rasteira no leitor e ficar diferente que eu achei um golpe muito baixo e estou chateada até agora. Isso não se faz Dan Brown.

8. Entre o Agora e o Nunca, J. A. Redmerski [Resenha] Eu acho que esse é um dos New Adults mais famosos, e analisando aqui eu dei três estrelas, o que não é de todo o ruim… Mas o New Adult realmente não me agrada muito, e por isso que até agora eu parei de tentar encontrar algum livro desse tipo que eu realmente goste. Pode ser exatamente esse o motivo que não tenha deixado que eu gostasse tanto assim de Entre o Agora e o Nunca.SdA

9.Série O senhor dos Anéis, J. R. R. Tolkien – Antes que vocês já venham com as pedras, eu sei que O senhor dos Anéis é uma série fantástica, muito bem escrita e o autor é fenomenal. Porém, ela não funcionou para mim, e por isso eu não posso dizer que foi uma leitura divertida. Foi um sofrimento conseguir terminar os dois primeiros livros (não li o terceiro até hoje).

diários do vampiro10. Série Diários do Vampiro, L. J. Smith – Eu não sei se as pessoas realmente acabam lendo os livros, ou se a fama é só por causa da série de TV. Eu só sei que eu abandonei os dois…

E vocês, quais são os livros “famosos” que vocês não gostaram tanto assim?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Layana disse:

    só tiraria da lista os livros do John Green e acrescentaria a série “Feios”

  • Douglas Fernandes disse:

    concordo perfeitamente com o primeiro livro da sua lista, 50 tons de cinza, que livro ruim… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    dos outros da lista a maioria eu nao li, mas eu gostei de alguns dos outros livros do John Green.

  • Karen disse:

    OMG, não sou só eu que não gosto de O Senhor dos Anéis!!!!!!!! (deixa eu falar baixinho aqui senão o povo atira pedra, principalmente os escritores)
    Mas SDA não dá pra mim… eu li os três, e fiquei ainda mais chateada por isso, porque achei o final da trilogia muito fraco. E as descrições me irritam. O Tolkien não deixa o leitor pensar, é irritante.
    Lany, você deveria ler A Garota do Outro Lado da Rua (acho que é esse o título, eu fiz uma resenha aqui no PEP), da Lycia Barros. É um livro bem divertido e se parece muito com, sei lá, um da coleção Vaga-Lume, talvez, ou um da Thalita Rebouças. Talvez você mude a visão da autora. Mas eu confio totalmente no que você disse de A Bandeja; o Felipe leu outro dela, A Herança do Amor, acho, e também teve a mesma visão que você. Vai ver o negócio dela seja escrever livros infanto-juvenis, não adultos.
    Lista bem legal!
    Beijos!

  • Shadai disse:

    Carta de Amor…. sempre quis ler muito, então recentemente consegui-o em uma troca, mesmo sabendo que muita gente também não curtiu tanto.
    Intenso Demais tenho aqui, mas acho que vou demorar anos para tentar lê-lo.
    e posso opinar sobre John Green tendo lido 2 livros dele: Alasca e Cidades de Papel, achei bonzinhos para o seu público-alvo: adolescentes! então não morri de amores, não faço questão de ler mais obras dele.
    um livro muito famoso que não gostei: O Hobbit. que leitura infantil, e fantasia assim não é para mim!

  • Sabrina disse:

    Lista bastante interessante; não que concorde com toda ela, mas todos fizeram bastante sentido, e foi divertido ler 😉

    Quanto a O Senhor dos Aneis, é extremamente compreensível. Falando como uma grande fã de Tolkien, os livros são TERRÍVEIS de ler da primeira vez. Eu desisti várias vezes antes de conseguir terminar. Demorei cerca de dois anos para finalmente ler inteiros. Mas depois da primeira leitura traumática, quando você quer saber a história e fica aprendendo músicas élficas, ou sobrevivendo a descrições ridiculamente grandes de cada prato que comeram. Mas depois que você conhece tudo, acaba ficando bem divertido. Agora esses detalhes são charmosos, e não irritantes.

    Enfim, desculpe o discurso. Mas realmente vale à pena, depois de passado o trauma, reler a trilogia. Mesmo.

  • Beatriz Wanderley disse:

    O único livro que tiraria é Entre o agora é o nunca, o resto fica rsrs. Fui eu que comentei que minha pior leitura do ano passado foi a trilogia rock Stark, continua na minha opinião sendo uma leitura muito cansativa, protagonista chata é um triângulo amoroso mal trabalhado.

  • Milena Soares disse:

    Dessa sua lista só li Cinquenta Tons de Cinza e Entre o Agora e o Nunca e gostei de ambos, os outros 2, 3, 4 e 5 estão na lista de leitura, veremos se irei gostar.

  • Kemmy Oliveira disse:

    Também estou “me” desafiando a ler 50 tons de cinza haha mas tá difícil
    A garota do calendário é muito superficial! Comprei os 4 primeiros mas acabei nem lendo depois de concluir Janeiro. Acho que é puro marketing, mesmo.
    Também não consegui terminar Cartas de amor aos mortos. Achei chatíssimo!
    Tenho pra ler Intenso demais, Inferno e Entre o agora e o nunca. Inferno estou bem empolgada pra ler, pois amei O código da Vinci e o filme Inferno, já os outros dois tô em cima do muro.

    bjs

  • Nicoli Vieira disse:

    Não sei o que todos tem contra “A coroa”, pelo o que vi sou a única que gostou desse volume. A Kiera realmente poderia ter parado em “A escolha”, mas os outros volumes foram bons. E concordo com você em relação aos livros do John Green.

  • Marília Sena disse:

    O John Green saiu dos holofotes, e apesar dos seus livros não serem ruins, o único realmente bom do início ao fim é TFIOS. A Coroa também não foi uma leitura muito interessante… Tanto por eu já estar meio cansada da série, mas também pelo fato de não ter gostado da personagem. E os livros de TVD, sinceramente, foram uma grande perda de tempo! Urgh.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem